A arte da vida. Apon HP


Obrigado por sua visita. Boa leitura!


Clicando na imagem, você lê uma postagem sorteada pelo sistema.



Pensata. Apon HP - Pense nisso...>

Nossos escritos mais recentes:



terça-feira, 25 de outubro de 2011

Jesus no elevador



 

Você já deve ter visto um desses sujeitos, que de Bíblia em punho, berram dentro dos ônibus ou em plena via pública, dizendo eles que estão pregando a "palavra de Deus". Epitáfio era desse tipo, rapaz jovem, até algumas semanas, era ferrenho devoto da "Maria Joana", mas foi pego pela polícia e após o tratamento vip, então dispensado aos seguidores da "canabis", ele resolveu trocar a maconha pelo fanatismo e botou a boca no mundo.

 

Certo dia entrou Epitáfio num prédio antigo, desses mais velhos que promessa de político, quando foi alertado pelo porteiro:

 

- meu rapaz, esse elevador ta meio esquisito, pode parar a qualquer hora, já até chamei o técnico...

 

- tem nada não, eu sou um homem de Deus, a mão do Senhor está sobre mim, nenhum mal me alcança. – bravateou o destemido crente.

 

Ele fechou a velha porta pantográfica e o mais que velho elevador começou a subir, porém logo a luz começou a piscar e a cabine parou, o cidadão foi logo gritando:

 

- está repreendido em nome do Senhor!

Como todo fanático de carteirinha, não tardou a viajar na maionese:

 

- isso é coisa do diabo! O maligno está querendo me amedrontar, mas um homem temente a Deus, contrito no senhor, não tem o que temer. Glória a Deus! Aleluia!!!!!!!!!!

 

15 minutos se passaram, quando Epitáfio atacou de xenoglota, falava uma mistura de indiano, árabe, dialeto africano e outros trecos.

 

30 minutos e ele gritou desesperado:

 

- Jesus me ajude! Me tire daqui!

 

- calma meu filho! Já vou te tirar daí. – respondeu uma voz vinda do této.

 

- eu sabia que o senhor não me abandonaria! – respondeu o assustado cidadão.

 

Alguns minutos depois, o elevador voltava a funcionar. Deixando a cabine, Epitáfio encontrou um amigo, ao qual foi logo dizendo:

 

- você está vendo? Fica me chamando de maluco e de fanático. Eu acabo de falar com Jesus e ele me respondeu.

 

- Jesus falou com você nada rapaz! O medo de ficar preso amoleceu ainda mais seus miolos.

 

- satanás tentou me meter medo, mas resisti bravamente e Jesus veio em meu socorro.

 

- quer dizer que foi Jesus quem consertou o elevador e te tirou daí?

 

Nesse instante, a conversa foi interrompida por um senhor, que descia a escada, limpando as mãos em uma flanela. Sacando dois cartões do bolso, ele disse:

 

- fui eu mesmo que consertei o elevador. Sou Jesus dos Anjos Amado, eletricista predial, qualquer coisa é só telefonar que resolvo rapidinho.

 

 

(Postado aqui em 08 de agosto de 2007).

 

 

Gostou desse texto?
Ele está em nosso livro: Um dedo de prosa e poesia. A arte da vida.
Clique abaixo na capa para saber mais e adquirir seu exemplar.

 

São 125 páginas com 89 títulos em verso e prosa de Literatura Nacional, num livro prefaciado pelo professor, escritor, poeta e trovador Orlando Carvalho. Crônicas, mensagens, poesias... amor, humor, reflexão, arte, cotidiano, atualidades, auto-ajuda, espiritualidade...
Compre aqui!

 

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira (Apon) (Além do nome do autor, cite o link para o site http://www.aponarte.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Leia mais no Apon HP: Mensagens, poesias, artigos, crônicas, humor...

Compartilhe:

21 comentários:

  1. Querido amigo,

    SENSACIONAL!!! Adorei este texto, Antonio ( não esquecerei jamais rsrs). Bom, fato é que Jesus em carne e osso foi a salvação do Epitáfio...

    PS¹: Tive uma passadeira que costumava exorcizar e fazer pregação ao rádio da cozinheira...


    PS²Amigo, muito grata por seu comentário que em poucas palavras disse tudo! O que é preciso ser dito.


    Beijos com carinho e boa semana

    ResponderExcluir
  2. Antonio!!! Você me fez rir à beça!! Minha imagem mental pensando no coitado gritando por Jesus... E que final, hein! Você é mestre mesmo! Reverencio-me!
    Grande abraço da Célia.

    ResponderExcluir
  3. hahahaha

    Epitáfio estava certo, foi Jesus

    Muito bom, Antonio

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Olá Desnuda!

    Respeito à religiosidade de todos, mas fanáticos assim, não dá para levar a sério. Certamente o “Jesus” eletricista foi um instrumento de Jesus para socorrer o infeliz. Assim age a providencia Divina. O resto é piração e falta de discernimento.

    Um abração.

    ResponderExcluir
  5. Olá Célia!

    Mestre é o Divino Amigo. Que providenciou um xará eletricista para socorrer o patético fanático. Pena que nem sempre o fanatismo é de rir. Muitas vezes faz-se causa de intolerância, violências e tantos outros desatinos.

    Um abração.

    ResponderExcluir
  6. Olá Van!

    “Jesus” o eletricista foi um instrumento providencial do Jesus real. Mas fanático sempre espera uma intervenção direta e pessoal. Personalizada.

    Um abração.

    ResponderExcluir
  7. Olá Apon,
    Muito bom o seu texto. Adorei.
    Quase tive um acesso de riso, quando do desfecho da situação provocada por Epitáfio.
    Meu caro, o mundo está cheio deste falsos profetas. Todo cuidado é pouco.
    Um grande beijo,
    Maria Paraguassu.

    ResponderExcluir
  8. Rsrsrsrsr....adorei...é impressionante, cada um acredita no que quer rsrs.... quem é que disse que não foi o Jesus que consertou o elevador? rsrsrs
    Beijos e feliz dia amigo...
    Valéria

    ResponderExcluir
  9. Olá querido amigo virtual !!!

    Depois de uma longa ausência blogosférica, estou de volta rsrs
    Adorei o texto !!!
    Concordo que fanáticos de qualquer espécie sempre dão um jeito de deturpar as palavras ou situações de modo conveniente ou de acordo com suas crenças... Tudo bem ter fé, mas é preciso também ter discernimento e não viajar na maionese como muitos fazem bem no estilo do rapaz do texto .
    este tipo de conduta gera muitos desentendimentos e até preconceitos, por isso não sou muito fã de quem age assim, levando em conta que nunca dão ouvidos ao que falamos, prefiro manter distância rsrs

    Um abraçãoooo e como sempre foi ótimo vir visitá-lo !

    ResponderExcluir
  10. Olá Maria!

    Não foi atoa que Jesus (O verdadeiro) nos alertou: “Haverá falsos Cristos e falsos profetas”. E os fanáticos vivem suplicando para serem enganados, iludidos, mistificados...

    Um abração.

    ResponderExcluir
  11. Olá Valéria!

    Pois é. Quem foi que disse que não pode Jesus sair por aí consertando elevador? Rs rs rs...

    Um abração.

    ResponderExcluir
  12. Olá Samanta!

    Infelizmente muitos distorcem a fé, confundindo-a com o fanatismo, esse aborto da razão, esse crer alienado que gera preconceito, intolerância e ódios. Quando a religiosidade deveria irmanar as pessoas e religar-nos a Deus. O pior é que em muitos casos o fanatismo deixa de ser risível e faz-se uma fonte de crimes e lágrimas.

    Um abração.

    ResponderExcluir
  13. Muito bom! me diverti aqui lendo e estou preparando um texto sobre isso quando voltar a postar no VSE, por enquanto estou dando uma relaxada, só visitando os amigos e cuidando do visual de meus outros blogs.
    Sempre bom passar por aqui e ler excelentes textos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Boa tarde, Antônio. Eu acredito que fé é totalmente diferente de fanatismo, até mesmo porque este é falta de sabedoria, pois acaba assustando a quem quer e precisa ouvir a palavra de Deus.
    Creio que todos têm o direito de manifestar a sua crença sem ser incomodado, ou motivo de chacota, ainda que não concordemos, pois vivemos em um país "livre", onde a Constituição,nos assegura esse direito.
    O que vejo no texto que é muito interessante, é que o cristão esqueceu que as coisas ruins acontecem com todas as pessoas independentemente de sua crença.
    Quando avisado sobre o problema do elevador, deveria ter tido o bom senso em não utilizá-lo, como se estivesse imune, ou colocando Deus a prova.
    Cristãos adoecem, morrem como todas as pessoas.
    Um beijo e fique com Deus!

    ResponderExcluir
  15. Essa gente, apresenta-se, de todos os modos e de todas as maneiras
    rsrsr
    Felicidades

    ResponderExcluir
  16. Olá Patricia!

    Toda manifestação religiosa merece respeito, e como você bem citou, o direito de culto está garantido na Constituição. Existem de fato, Pregadores sérios que levam “a palavra de Deus” às criaturas. Como também existem essas caricaturas fanáticas que depõem contra a religiosidade e o mínimo discernimento.

    Um abração.

    ResponderExcluir
  17. Aleluia....Jesus não falha, até curso técnico o cara fez...

    ResponderExcluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.