A arte da vida. Apon HP


Obrigado por sua visita. Boa leitura!


Clicando na imagem, você lê uma postagem sorteada pelo sistema.



Pensata. Apon HP - Pense nisso...>

Nossos escritos mais recentes:



domingo, 19 de setembro de 2010

Esquina (Com mp3)





... a magia das estrelas... Todo brilho não tem brilho sem o brilho do seu olhar... Resta a lembrança, a saudade, que por pirraça faz-se parceira da solidão...


Esquina (mp3)
Antonio Pereira Apon.


Entardecer. Luminária apagada.


Dobrando uma esquina do tempo

ela se foi:

como sonho fugaz,

como sol que adormece

sob o mar,

mar que apaga suas pegadas;

o artifício das luzes

da cidade,

o lume dos faróis,

a ternura do luar,

a magia das estrelas...

todo brilho não tem brilho

sem o brilho do seu olhar.

... resta a lembrança,

a saudade, que por pirraça

faz-se parceira da solidão.

A memória

embriagada em seu perfume

embebeda de vazio o coração.

Contemplo o féretro das horas

que frígidas, tardam a passar

eternizando o momento

em que

dobrando uma esquina do tempo

ela simplesmente se foi.



Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

Compartilhe:

Um comentário:

  1. Olá meu caro,

    vim ler suas belas falas e deixar o meu abraço.
    Que tenha sido eterno enquanto ela esteve ao lado dele...
    Abs

    Leila

    ResponderExcluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.