Eterno enamorar - Apon na arte da vida

Bom estar com você aqui no APON NA ARTE DA VIDA!



Leitura sorteada - Nossos vídeos

Postagem em destaque

Por onde anda você?

Você, que vaga em meus sonhos, qual a brisa de outrora; acordando sentidos, acarinhando sentimentos; exumando lembranças, memórias ...

Eterno enamorar

Publicado em domingo, 7 de junho de 2009



... quereres num só querer, o sentir a esculpir nossos momentos, enquanto fogem em revoada as quimeras, dispersas, pelo sonho que sorri em seu sorriso...
Antonio Pereira Apon.



Pombo ao alvorecer.

O amor é como sol,
Que colore meu jardim na primavera.
É como a flor,
Que o orvalho vem beijar.
Tem o frescor do alvorecer
E o calor do coração,
Marcando o compasso da paixão.
O amor é você.
Que me faz enamorado,
Um romântico inveterado,
Um Quixote da emoção.
Nossos quereres num só querer,
O sentir a esculpir nossos momentos,
Enquanto fogem
Em revoada as quimeras,
Dispersas,
pelo sonho que sorri em seu sorriso,
Fazendo meu sorrir sonhar.
Minha querida namorada,
(como cantou o poeta):
Que nosso amor “seja eterno enquanto dure”,
E que ele dure e perdure,
Fazendo-se eterno enamorar.



Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

@INSTAGRAM