Metrô de Sucupira              

em quarta-feira, 18 de agosto de 2010


Como "a vida imita a arte" e a recíproca é verdadeira, Salvador está tornando-se a "Sucupira" da vida real, com seu minúsculo metrô que não se consegue inaugurar.


Na obra de Dias Gomes, Odorico Paraguaçu (O bem-amado), retrata com maestria os corruptos cheios de artimanhas que infestam e infectam a política tupiniquim. Na ficção, o caricato prefeito não consegue inaugurar o cemitério da cidade, a grande obra de sua administração.


Na inconcebível realidade de Salvador, após mais de uma década, o metrô calça curta com seus ridículos seis quilômetros não consegue ser inaugurado, revelando-se um verdadeiro cemitério de recursos públicos. Nós soteropolitanos já estamos com as barbas lavadas e enxaguadas nas águas da enrolação, postas no molho da incredulidade.



(Em junho de 2014 o "Ferrorama" soteropolitano apelidado de metrô, começou a rodar).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira Apon. E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Fale conosco.




Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Troféu rosa da amizade/Afeto.


Rosa da amizade/Afeto do Poetizando e encantando da Professora Lourdes..








Topo