Pretos e pobres (Com mp3)              

em sábado, 21 de junho de 2014



... por sina uma bala perdida, uma súplica inouvida, um lamento de dor. Pretos pobres e pobres pretos, não estão no horário nobre...


Pretos e pobres (mp3)
Antonio Pereira Apon.


Escravos trabalhando - Debret.


São pobres e pretos,

pretos e pobres

na senzala hodierna

da preta e pobre favela.

Parindo pobres e pretos

à margem da sorte,

à margem da vida,

tendo por sina

uma bala perdida,

uma súplica inouvida,

um lamento de dor.

Pretos pobres

e pobres pretos,

não estão

no horário nobre da TV,

mas na sangrenta,

preta e pobre página policial.

Mas, racismo aqui não existe,

pobre e preto

deixa o gueto quando é carnaval,

ganha em dólar no turismo sexual.

Nessa terra

de belezas e hipocrisias;

hora ajoelha-se na igreja

outra baixa-se no terreiro,

uma vela no oratório

outra vai para a camarinha,

uma vez é do santo,

outra é do Orixá.

Mas pretos e pobres

Continuam pobres e pretos.



(Postado aqui em 06 de novembro de 2010).




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira Apon. E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Fale conosco.




Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Troféu rosa da amizade/Afeto.


Rosa da amizade/Afeto do Poetizando e encantando da Professora Lourdes..








Topo