Acróstico da primavera. Poesia em flor              

em domingo, 2 de setembro de 2018



A estação das flores, na poesia da vida que encanta, inspira e acorda o coração, orvalhando a alma com o perfume do sentir.



Antonio Pereira Apon.
Campo florido

Policromo mosaico florido,

Renovando a vida no reflorir dos campos.

Impar, singular poema natural.

Multicores, versos, flores,

Aromas, perfumes, odores.

Versejar do chão,

Ensejar canção.

Reencontrar encanto, redescobrir recantos,

Amor no coração.


Pintura mais que impressionista,

Obra-prima sem igual,

Enlevo e perfeição.

São pinceladas Divinas,

Inspiração do Grande Artista,

Artífice Criador.


Eis Deus; que uns dizem inexiste.

Manifesto no versar de cada flor.


Flora em festa,

Lidar da estética,

Ode de uma estação.

Renovação!


Flores rosa.



Postado aqui em 17 de setembro de 2012.



6 comentários:

  1. Antonio, lindo acróstico, amei, adoro escrever assim,parece que entramos em transe a a Vida fala por nós, que lindos versos em prelúdio à PRIMAVERA!
    Abraços amigo poeta querido!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flores, primavera e poesia. Combinam, inspiram, fazem a alma versar.

      Obrigado Ivone.

      Um abração.

      Excluir
  2. Olá Antonio!

    Lindo!Lindo!
    Sou apaixonada por flores e poesia!
    Primavera é encantamento!
    Tenha uma linda semana!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primavera tem cara de poesia e poesia tem perfume de flor.

      Obrigado Jossara.

      Um abração.

      Excluir
  3. Olá Antonio, faz tempo que aqui não venho e hoje, ao chegar, me deparo com um acróstico maravilhoso.
    É uma das formas de poesia que eu mais aprecio e rabisco sempre lá no meu blog.
    Você está de parabéns!

    Um abraço com muito carinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Majoli. Também gosto muito dos acrósticos, dão um toque especial à poesia.

      Um abração.

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira Apon. E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Fale conosco.




Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Troféu rosa da amizade/Afeto.


Rosa da amizade/Afeto do Poetizando e encantando da Professora Lourdes..








Topo