Contribua para seu sequestro, assalto, assassinato, extorsão... - A arte da vida. Apon HP



Obrigado por sua visita. Boa leitura!




Para exibir/ocultar os posts mais recentes e mais opções do Site Clique aqui.

segunda-feira, 3 de setembro de 2018

 

                    Contribua para seu sequestro, assalto, assassinato, extorsão...              

     

... No mundo real: Grades, alarmes, cofres, travas, trancas... No virtual, portas escancaradas, janelas mais que abertas, expondo tudo e todos num “big brother” perigoso, onde o mau uso de blogs, chats, Facebook, Twitter ou qualquer outra rede social, pode te indicar para um fatídico “paredão”...


Antonio Pereira Apon.


Passeio de Ferrari.


Ponha tudo nas redes sociais: Exiba suas poses sensuais, suas fotos de viagem, da sua casa bacana, do seu carro, dos locais que frequenta... Mostre que você está podendo, que sua família tem posses, que pode pagar escola cara, que tem hábitos caros, que veste roupa de marca... Tire onda! O mundo precisa saber o quanto você pode valer.


Com todas essas informações, disponíveis para quem quiser, fica bem mais fácil a vida de: Sequestradores, assaltantes, estelionatários, golpistas e bandidos de toda a espécie. Se preservar para que? Não é?


No mundo real: Grades, alarmes, cofres, travas, trancas... No virtual, portas escancaradas, janelas mais que abertas, expondo tudo e todos num “big brother” perigoso, onde o mau uso de blogs, chats, Facebook, Twitter ou qualquer outra rede social, pode te indicar para um fatídico “paredão”.


Lembre-se. Tem gente de olho em você! Quem? Não dá para saber! Criminosos também acessam a internet.


Fractal de olhos observando um passarinho voar.



Postado aqui em 30 de setembro de 2012.



   
 
 

24 comentários:

  1. É sem dúvida uma questão preocupante. Eu vivo me policiando pra não me expor demais, mas é uma tentação, rsrsrs.
    A solução seria configurar a conta só para amigos, mas vai saber quem são os amigos dos seus amigos...

    Um abraço, Antonio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Creio que se posta muita coisa desnecessária nas redes sociais. Precisamos por um freio na ostentação e acelerar o bom senso. Normalmente, não somos tão “exibidos” no mundo real. Porque ser diferente no virtual?

      Um abração e uma boa semana.

      Excluir
  2. Oi estimado Antônio,

    Voltando, ao mundo da escrita e dos comentários, mas por pouco tempo.
    De vez em quando "darei um ar da minha graça", como me disse um seguidor.

    Tudo bem com você

    Mais um inteligente texto, a que já nos habituou. De facto, o que separa o real do virtual é ínfimo, por um lado e máximo, por outro.
    No virtual, tenho, possuo, gosto, amo, viajo, etc. etc. No real, não tenho, preciso de aumento no salário, meu casamento está fracassando, não tenho férias há um tempão e então, tudo é tão antípoda.

    Boa semana.
    Abraços da Luz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, minha querida amiga Luz.

      Comigo sta tudo bem.

      Essa dualidade real/virtual, pode representar um jogo perigoso que alimenta ilusões e delírios. Expondo a perigos inimaginados do outro lado da tela.

      Um abração e boa semana para ti também.

      Excluir
    2. Olha como tu me tratavas em 2012? "Minha querida amiga Luz".
      Agora, sou "criatura" -risos.
      Deixou de ser meigo, carinhoso e "doce", foi -RISOS?

      Bisous, mon chèri ami!

      Excluir
    3. Você sabe que não. O carinho só aumenta a cada dia. Mas, o interessante de revisitar esses posts, é perceber a passagem do tempo, as mudanças acontecidas. Interessante.

      Um abraço afetuoso, querida amiga CÉU.

      Excluir
    4. Como sei? Estou brincando. Nosso afeto está bem mais sólido a cada dia, aberto e temos mta confiança um no outro. De vez em qdo, eu "fabrico" umas nuvenzinhas, k logo passam e a relação fica mais forte.

      Um beijinho afetuoso, MEU QUERIDO AMIGO TONICO!

      Excluir
    5. Amizade é uma casinha que vai se construindo aos poucos, até ficar forte, pronta para afrontar furacões, tufões...

      https://www.youtube.com/watch?v=jNbaDVQta_E

      Excluir
  3. Apon,é assustador perceber que arma perigosa pode ser a Internet e suas redes sociais, quando fornecemos munição, dando detalhes da nossa vida, podendo de fato cair na rede de um inimígo oculto. vale a reflexão sobre seu texto ; Contribua para seu sequestro, assalto , extorsão..." A realidade as vezes pode ser chocante , quando não estamos atentos aos pequenos detalhes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mundo virtual, não é um jardim encantado. Esconde perigos reais.

      Um abração e uma boa semana.

      Excluir
  4. Exatamente concordo com você, Antonio! Se na vida real somos tão precavidos, por que não na virtual? Prudência e caldo de galinha, dizia minha sábia avó, não faz mal a ninguém! Cuidem-se!
    Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Certa a sua avó. Cuidado nunca e demais, e como diz o ditado popular: "Seguro morreu de velho".

      Obrigado Célia.

      Um abração e uma boa semana.

      Excluir
  5. Olá meu amigo,,

    de tanto falsificar o seu humano está se perdendo, de tanto mostrar, o ser humano se perdeu no meio do que parece ser... e a autenticidade virou ser em extinção.

    Belíssimo texto!

    Grande abraço para você e ótima semana

    Leila

    ResponderExcluir
  6. Antonio, meu amigo inteligente, pois é bem assim, quanto mais as pessoas precisam se expor para se sentirem bem, se sentirem aceitas na sociedade, se sentirem talvez amada ou até invejadas nem sequer se lembram dos riscos que se expõem também!!!
    É bem assim, tens toda rezão em alertar, até acho que és um ser incrivelmente lúcido, sabes viver e isso é o que te faz ser também uma pessoa maravilhosa que és!
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ivone.

      Sou apenas um observador da vida e do viver, tento colocar no que escrevo: Utilidade, positividade e arte. A internet tem muita coisa boa, mas também oferece muitos riscos. As pessoas precisam estar mais atentas, ligadas naquilo que fazem na web.

      Um abração e uma boa semana.

      Excluir
  7. OI ANTONIO!
    TENS RAZÃO, TEU TEXTO É UM ALERTA, AOS POUCOS VAMOS RELAXANDO E NOS EXPONDO MUITO E É UM PERIGO.
    ABRÇS

    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir
  8. Um post muito bom amigo como alerta para este perigoso jogo praticado pelas redes sem freio e todas esburacadas com vazios e zonas abertas onde caindo, sofre-se e paga caro. Não cabe inocência pela rede, nem bobeiras costumeiras como podemos ver. El Paredon é implacável.
    Abraços amigo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "El Paredon é implacável". Bem assim, quem não se cuida, depois, não adianta lamentar.

      Um abraço. Tudo de bom.
      Leia uma postagem sorteada...

      Excluir
  9. Boa tarde:- Reconheço que as redes sociais são um perigo. Expõe-se demais a vida privada de cada um, embora a grande maioria dos factos sejam falsos.
    .
    * De mãos dadas ... Seguimos unidos *
    .
    Feliz início de semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De fato, há muito fake news. Mas, os casos comprovados, já deviam ter servido de alerta para quem se expõe desnecessariamente na rede.

      Um abraço. Tudo de bom.
      Leia uma postagem sorteada...

      Excluir
  10. Relendo e percebendo que o tempo passa, mas muitas coisas permanecem quase iguais, principalmente nas redes sociais!
    Cuidado é sempre necessário, se expor somente por ostentação atrai não só ladrão, mas tremenda inveja, pois sabemos que essa é uma energia negativa com força destruidora!
    Abraços apertados querido amigo Antonio!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mau uso das redes sociais, como de qualquer coisa, só atrai negatividades. Discernimento e desconfiômetro ligado é sempre bom.

      Um abraço. Tudo de bom.
      Leia uma postagem sorteada...

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

Fale conosco:






Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira Apon. E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Fale conosco.



Clique na imagem para ler um texto sorteado pelo sistema:
Textos para todos os dias. Curta a arte da vida!




Fique mais um pouquinho. Leia também...



Livros e vídeos:


Capa da segunda edição de : Essência.

>

Esse livro propõe uma incursão na alma humana, garimpando sentimentos e emoções, revelando-os em versos que retratam o homem moderno em sua incansável procura de si mesmo; seu contexto social, político e cultural em um mundo em transição.


Depois de 14 anos, atendendo a pedidos, estamos republicando Essência. Nessa segunda edição, incluímos o subtítulo: O livro do poema: A pedra. O distraído nela tropeçou... Numa referência ao nosso poema integrante dessa publicação, que, absurdamente, tem aparecido na internet com o nome de autores famosos: Fernando Pessoa, Renato Russo, Chaplin... Ou plagiadores. No endereço: (http://aponarte.com.br/apedra), o amigo leitor encontra todos os esclarecimentos, inclusive algumas das formas de como o plágio tem se apresentado.

Capa da segunda edição da : Coleção
                            Graziela.

>

Aqui, pais e professores encontram uma forma prazerosa e divertida, de abordar temas como: Cidadania, comportamento, respeito ao outro e à natureza... Em sete contos, compondo um jogo de arte e educação, onde lúdica e naturalmente aos pequeninos são apresentados conceitos de: Ecologia, solidariedade, diversidade, coletividade, tempo, responsabilidade, motivação, interatividade, participação...


Textos que parecem se renovar a cada dia, conservando impressionante atualidade e sintonia. Espero que gostem.

Capa de Um dedo de prosa e poesia. A arte da
                vida.

São 125 páginas com 89 títulos em verso e prosa de Literatura Nacional, num livro prefaciado pelo professor, escritor, poeta e trovador Orlando Carvalho. Crônicas, mensagens, poesias... amor, humor, reflexão, arte, cotidiano, atualidades, auto-ajuda, espiritualidade...