Não é do Mordomo. O Rapaz e a Moça. É deles a culpa - A arte da vida. Apon HP
Bom estar com você!


Dê um toque. Leia um escrito especialmente sorteado para você. Clique na figura abaixo.
Clique aqui, para ler um texto aleatoriamente selecionado pelo sistema.

Não é do Mordomo. O Rapaz e a Moça. É deles a culpa

Publicado em segunda-feira, 1 de abril de 2013



O culpado é sempre o outro. Transferir responsabilidades, passar adiante... O bônus é nosso, o ônus? Empurra para qualquer um!


Dedo apontando.

Já se tornaram uma espécie de entidades da terceirização de todas as culpas. Basta surgir algo errado, lá está o Rapaz ou a moça numa quase onipresença: Se atrasou, está com a chave, perdeu a chave, não deu o recado, trocou as fichas, não repôs o produto, não entregou, esqueceu, quebrou, anotou errado, entendeu errado, não entendeu, perdeu o prazo, não falou, falou demais... Assim, o Rapaz e a Moça vão cumprindo sua sina.


Só falta culpar um deles (ou ambos): Pela crucificação de Jesus, pelo Feliciano, O Renan, O bigode do Sarney... Pela seca nordestina, o desastre em Fukushima, por Salvador e seu tardio metrô... Pela crise europeia, a não transposição do São Francisco, o empaque do PAC... Pela bolinha jogada por nossa Seleção, o “Vatilix”, o “pibinho”... ...


Haja carma, expiação para esses sujeitos (convenientemente), ocultos, indefinidos, indeterminados, dissimulados, inimputáveis...


Se você gostou e não encontrou erros de grafia ou digitação. Agradeço sua leitura. Se não gostou ou encontrou problemas. Peço desculpas. O Rapaz ou a Moça, além de não revisar com atenção. Ainda mexeu no meu texto. Pode?!



7 comentários:

  1. "Tirar o corpo fora"... é sempre assim que acontece com quem não assume suas responsabilidades... Infelizmente!
    Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitas pessoas vivem procurando um “bode expiatório”, alguém que carregue o peso dos seus erros.

      Um abração.

      Excluir
  2. Amei o texto meu amigo poeta inteligente e querido!
    De quem é a culpa? Ah, não se sabe, jamais saberemos,pois é, estamos em um mundo assim terceirizado sem nenhum culpado?!Nenhum mesmo, assim vai, cada qual tirando o corpo fora, todos ficam assim conformados. Conformados? Ai, não pode isso, temos de fazer alguma coisa, mas por onde começar? Pois é, por onde começar?!
    Abraço apertado pra você e uma boa semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada um buscando fazer a sua parte, construir o seu melhor. Esse já é um bom começo. “Fazer aos outros o que queremos que façam conosco”, eis uma antiga e importante lição.

      Obrigado Ivone. Um abração.

      Excluir
  3. Esse rapaz está merecendo um corretivo!!!

    E se ele mexeu no seu queijo, pior ainda!

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  4. Oi Antonio,

    Seus textos sempre muito bem elaborados, extremamente criativos e agradaveis.
    Gosto muito!
    Beijos!

    ResponderExcluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.





Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Troféu rosa da amizade/Afeto.


Rosa da amizade/Afeto do Poetizando e encantando da Professora Lourdes..



Follow
View My Stats

DMCA.com Protection Status


@INSTAGRAM