Acróstico de um Brasil “fifado” - Apon na arte da vida

Bom estar com você aqui no APON NA ARTE DA VIDA!



Leitura sorteada - Nossos vídeos

Postagem em destaque

Uma boa notícia, é sempre uma notícia boa

Nesses tempos em que sobrevivemos sob um temporal de notícias ruins, onde tudo parece perdido e até a esperança definhar, ameaçada por me...

Acróstico de um Brasil “fifado”

Publicado em sábado, 10 de maio de 2014


Ilustração oficial do blog - Uma rosa vermelha na diagonal, sobre um fractal do por do sol, com o nome Apon em relevo, na parte inferior da imagem. #PraCegoVer

Copa de múltiplos negados,

oportunidade perdida;

padrão FIFA de subordinados,

autonomia esquecida.


Dentro dos campos pode tudo até dar certo,

ouro de tolo brilhar...


Miragens infraestruturais,

ubíquo faz de conta;

nefando faz que faz,

deprimente,

obilubilante afronta.


Desavergonhada subserviência,

espetacular submissão.


FIFA ditando gabola,

uníssono amém;

tutelada nação da bola

errática terra de ninguém;

boleiro eleitor,

omisso cidadão

lega voto a quem só nega.


Negados legados a mancheias,

ofensiva enganação.


Brasil de todos os puxadinhos,

remendos e gambiarras;

armengues e mil jeitinhos

superfaturadas farras;

iludido o torcedor pagante,

lucro dá a qualquer farsante...


Bola.
Leia também:
Efeito Copa. O mito da...
“A copa do mundo é nossa”. A conta também!


Antonio Pereira Apon.

Siga-nos

Dê uma espiadinha em nossas postagens mais recentes:


6 comentários:

  1. Amigo Antonio, bem tarde o povo grita, agora não há saída, tudo já está a postos para as grandes torcidas, pois é, nada muda nesse país, povo falto do principal, Educação, tudo depende mesmo de boa educação, quem sabe para o futuro? Que sabe?
    Abraços, parabéns pelo acróstico reflexivo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que reste o legado do aprendizado de que precisamos, nas urnas fazer uma grande faxina no poder.

      Um abração.

      Excluir
  2. Olá, Antonio, tudo bem ?
    Vim até aqui, para lhe desejar um Dia das Mães, com alegria. ( domingo - 11/05 ).
    Independente, de ser ou não, um tempo de saudade ( é o meu caso ). Os meus desejos de saúde e paz.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Seu acróstico, Antonio, mostra a servidão / a escravidão / a subordinação aos poderosos, ao consumismo, à maquiagem enganadora... tudo isso em detrimento da dignidade humana! Uma vergonha!
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Toda a desvergonha, cinismo e desrespeito da politicagem estão aí demonstrados. Resta ao povo responder nas urnas.

      Um abração.

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

@INSTAGRAM