Um dia de domingo - A arte da vida. Apon HP


Obrigado por sua visita. Boa leitura!



Clique para exibir/ocultar os posts mais recentes e mais opções do Site.

Você já conhece nosso App? Clique aqui para saber mais. Ou na animação a seguir, para baixar e instalar em seu Android..


Tudo cabe no seu App. Bom dia! Clique para baixar e instalar.

domingo, 25 de março de 2018

 

                    Um dia de domingo              

     

... Dia de tomar um bom Sundae. Que, com a margem de erro. Pode ser um picolé de manga ou um pudim de leite condensado. Dia de fórmula um e futebol, da pior...


Antonio Pereira Apon.


Andando de bicicleta ao amanhecer.


Hoje é domingo. Considerando a margem de erro, pode ser um prolongamento do sábado ou uma antecipação da segunda, último ou primeiro dia da semana. Dia de fazer de tudo, para não fazer absolutamente “nada”! Dia de praia, de parque, de circo; Dia de cinema no shopping, de pedalinho, zoológico; dia de andar de bicicleta, dar uma de atleta, correr sem pressa para lugar nenhum.


Hoje é domingo. Dia de acordar mais tarde, de lembrar de Deus; dia de missa, de culto, de doutrinária... Dia de vestir a domingueira e ir rezar. Dia de “ficar de prega”, deitar na rede e ficar de pernas pro ar. Para alguns, é dia de feijoada, para outros, macarronada; pizza, churrasco... Dia de gandaia para aqueles, de soneira para aqueloutros.


Hoje é domingo. Dia de tomar um bom Sundae. Que, com a margem de erro. Pode ser um picolé de manga ou um pudim de leite condensado. Dia de fórmula um e futebol, da pior programação vespertina na TV; dia de arrumar as coisas da semana...


Hoje é domingo. Dia de lembranças com sabor de infância: O vendedor de tabocas tocando seu triângulo, a buzina do pipoqueiro, do carrinho de algodão doce, o sino do sorveteiro, o balaio de vime do baleiro, recheado de coloridas gostosuras... A matinê, a patinete, empinar arraia...


“Hoje é domingo, pé de cachimbo,

o cachimbo é de ouro, que dá no besouro,

o besouro é valente que dá no tenente

O tenente é rufino,

que dá no menino,

o menino é chorão,

que deita no chão”.


Hoje é domingo. Dia de assistir o "Fantástico". Que, dentro da margem de erro. Pode ser o “Domingo espetacular”, “Silvio Santos”... Dia de resmungar pela segunda-feira que ameaça logo chegar.


Mas. Domingo que vem tem mais!



Postado aqui em 12 de outubro de 2014.



   
 
 

4 comentários:

  1. Olá, Apon, como vai? Eu achei muito bom seu texto, hahaha, Ah, essa margem de erro é o que tira um pouco do brilho de domingo. Talvez por isso sábado seja meu dia preferido, porque não há margem de erro, sábado é bom de qualquer forma... principalmente porque não antecede a segunda... a não ser o de ontem, porque hoje estou de folga devido ao feriado antecipado em minha cidade do dia do professor, hahaha. Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo. E dentro da margem de acerto. O sábado e até mesmo a sexta, não sobressaltam com o "fantasma" da segunda. Rs rs rs...

      Um abração e uma boa semana.

      Excluir
  2. Curto muito o final de semana. De sexta em diante começo a desacelerar para fazer, em geral, o que mais gosto. Nem sempre consigo. Há também a margem de erro...
    Feliz Domingo de Páscoa!
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apesar da "margem de erro", domingo é domingo! Que possamos e saibamos aproveitar.

      Um abraço e uma feliz páscoa.

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.



Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira Apon. E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Fale conosco.



Clique na imagem para ler um texto sorteado pelo sistema:
Textos para todos os dias. Curta a arte da vida!




Fique mais um pouquinho. Leia também...



Livros e vídeos:


Capa da segunda edição de : Essência.

>

Esse livro propõe uma incursão na alma humana, garimpando sentimentos e emoções, revelando-os em versos que retratam o homem moderno em sua incansável procura de si mesmo; seu contexto social, político e cultural em um mundo em transição.


Depois de 14 anos, atendendo a pedidos, estamos republicando Essência. Nessa segunda edição, incluímos o subtítulo: O livro do poema: A pedra. O distraído nela tropeçou... Numa referência ao nosso poema integrante dessa publicação, que, absurdamente, tem aparecido na internet com o nome de autores famosos: Fernando Pessoa, Renato Russo, Chaplin... Ou plagiadores. No endereço: (http://aponarte.com.br/apedra), o amigo leitor encontra todos os esclarecimentos, inclusive algumas das formas de como o plágio tem se apresentado.

Capa da segunda edição da : Coleção
                            Graziela.

>

Aqui, pais e professores encontram uma forma prazerosa e divertida, de abordar temas como: Cidadania, comportamento, respeito ao outro e à natureza... Em sete contos, compondo um jogo de arte e educação, onde lúdica e naturalmente aos pequeninos são apresentados conceitos de: Ecologia, solidariedade, diversidade, coletividade, tempo, responsabilidade, motivação, interatividade, participação...


Textos que parecem se renovar a cada dia, conservando impressionante atualidade e sintonia. Espero que gostem.

Capa de Um dedo de prosa e poesia. A arte da
                vida.

São 125 páginas com 89 títulos em verso e prosa de Literatura Nacional, num livro prefaciado pelo professor, escritor, poeta e trovador Orlando Carvalho. Crônicas, mensagens, poesias... amor, humor, reflexão, arte, cotidiano, atualidades, auto-ajuda, espiritualidade...