Salvador. A sempre “Cidade da Bahia” - A arte da vida. Apon HP



Obrigado por sua visita. Boa leitura!


Pensamento do dia:





Para exibir/ocultar os posts mais recentes e mais opções do Site Clique aqui.

sexta-feira, 10 de março de 2017

 

                    Salvador. A sempre “Cidade da Bahia”              

     

Ode a Salvador, capital primeira do Brasil. Fundada às margens da Baía de Todos os Santos em 29 de março de 1549.


Antonio Pereira Apon.



Farol da Barra, pintura de José Pancetti.


Proverbial Cidade do Salvador,

encanto de Todos os Santos,

encontro de todos os credos.

Miscigenada por essência,

brasileira terra afro-lusitana;

morena mátria da pátria,

capital primeira,

recanto primaz do Brasil.

Pictórica e arquitetônica,

sinfônica e popular;

tempero, dendê e dengo,

“dim dom dom” de berimbau.

Escunas “bordando” o mar,

saveiros na rampa do mercado,

do recôncavo um ancestral recado,

“reconvexa” Bahia!

Passado e presente,

gente, suor e poesia,

magia no enredo da vida,

a lida, sem perder a canção.

Onde o singular é plural

e a recíproca se impõe verdadeira;

na Baixa,

no Alto,

no requebro da ladeira.

Atabaques e guitarras,

eletrônica e tambores,

urbe de carnavais e louvores.

Cidade em dois andares,

o Lacerda a transportar,

faróis de seus olhares

monumentos dos tempos idos

celebrar do cuidar bem-vindo,

preservar pra quem virá.

Salve Salvador!

Eterna “Cidade da Bahia”.


Lavadeiras do Abaeté, pintura de José Pancetti.



Postado aqui em 29 de março de 2016.


Show de imagens de Salvador.




Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

   
 
 

4 comentários:

  1. Que linda homenagem a Salvador, amei quando a conheci, já fui duas vezes por aí, espero ir mais!
    Deixo aqui os meus parabéns, que continue linda!
    Abraços apertados meu amigo querido Antonio!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salvador sofreu anos de maltrato e descaso, mas pouco a pouco, vem resgatando sua dignidade e beleza.

      Um abração.

      Excluir
  2. Olá, António...

    como está...

    cheguei cá rapidinho. assim é excelente e muito prático. muito lhe agradeço.

    PARABÉNS A SUA CIDADE E A TODOS OS QUE AÍ NASCERAM E AÍ VIVEM.

    S. Salvador da Bahia tem uma história muito importante e muito própria. considero-a uma das cidades mais emblemáticas do Brasil, e mesmo não a conhecendo, a acho um pouco diferente, para melhor, das demais.

    seu poema faz jus as minhas palavras, sem dúvida. Carnaval próprio, figuras importantes das Artes e das Letras nasceram aí e foi primeira capital do seu país. Parabéns, mais uma vez.

    aquele abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salvador é uma cidade singular, por muito tempo foi descuidada pelos poderes públicos e pela própria inconsciência de sua população. Mas, pouco a pouco, a coisa parece que vai mudando para melhor. Infelizmente, sofremos os reflexos da crise nacional com calamitosas consequências na segurança, saúde, educação e emprego. Fora isso, tudo vai bem e Salvador continua linda demais.

      Um abração.

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

Fale conosco:






Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira Apon. E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Fale conosco.



Clique na imagem para ler um texto sorteado pelo sistema:
Textos para todos os dias. Curta a arte da vida!




Fique mais um pouquinho. Leia também...



Livros e vídeos:


Capa da segunda edição de : Essência.

>

Esse livro propõe uma incursão na alma humana, garimpando sentimentos e emoções, revelando-os em versos que retratam o homem moderno em sua incansável procura de si mesmo; seu contexto social, político e cultural em um mundo em transição.


Depois de 14 anos, atendendo a pedidos, estamos republicando Essência. Nessa segunda edição, incluímos o subtítulo: O livro do poema: A pedra. O distraído nela tropeçou... Numa referência ao nosso poema integrante dessa publicação, que, absurdamente, tem aparecido na internet com o nome de autores famosos: Fernando Pessoa, Renato Russo, Chaplin... Ou plagiadores. No endereço: (http://aponarte.com.br/apedra), o amigo leitor encontra todos os esclarecimentos, inclusive algumas das formas de como o plágio tem se apresentado.

Capa da segunda edição da : Coleção
                            Graziela.

>

Aqui, pais e professores encontram uma forma prazerosa e divertida, de abordar temas como: Cidadania, comportamento, respeito ao outro e à natureza... Em sete contos, compondo um jogo de arte e educação, onde lúdica e naturalmente aos pequeninos são apresentados conceitos de: Ecologia, solidariedade, diversidade, coletividade, tempo, responsabilidade, motivação, interatividade, participação...


Textos que parecem se renovar a cada dia, conservando impressionante atualidade e sintonia. Espero que gostem.

Capa de Um dedo de prosa e poesia. A arte da
                vida.

São 125 páginas com 89 títulos em verso e prosa de Literatura Nacional, num livro prefaciado pelo professor, escritor, poeta e trovador Orlando Carvalho. Crônicas, mensagens, poesias... amor, humor, reflexão, arte, cotidiano, atualidades, auto-ajuda, espiritualidade...