T de Tráfico - Apon na arte da vida

Bom estar com você aqui no APON NA ARTE DA VIDA!



Leitura sorteada - Nossos vídeos

Postagem em destaque

Jogo de azar

Em termos de tempo, tudo é absolutamente relativo, o passado inspira o presente; escreve, reescreve o determinismo, reinventa o destino. ...

T de Tráfico

Publicado em sexta-feira, 1 de abril de 2016


Ilustração oficial do blog - Uma rosa vermelha na diagonal, sobre um fractal do por do sol, com o nome Apon em relevo, na parte inferior da imagem. #PraCegoVer

Trágico trato,

torto e tratante;

triste talante,

tergiversante,

temerário tentar.

Traficante traíra tirando a testar:

Tadeu tremeu, temeu Teseu,

topou Tiago, Tarsila...

Tonho, Tânia, Totonho, tonico;

Telma, Tereza, Terezinha...

Tadinhos,

Tadinhas.

Teimosos testaram, tentaram.

Terminaram tirados dos trilhos,

da trilha.

Tocaram, trocaram,

tragados, tornados troco:

Tiros, túmulo, trabuco, trezoitão.

Término tênebre.

Tristonha terminação.


Antonio Pereira Apon.

Siga-nos

Dê uma espiadinha em nossas postagens mais recentes:


8 comentários:

  1. Gostei, todos os versos bem colocados!
    Abraços bem apertados amigo poeta Antonio!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mal colocado é o vício, que destrói indivíduos, famílias, amigos... Até quando?

      Um abração.

      Excluir
  2. Na sequência de sua produção de texto, essencialmente realista, vê-se a vida de muitos, eliminados da esfera social, minimamente possível de sobrevivência! Infelizmente!
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Triste e devastadora escolha. Exílio voluntário e deliberado da razão e da vida. É a droga da droga.

      Um abração.

      Excluir
  3. olá, António...

    e a consoante T domina e predomina no seu extraordinário poema.
    é verdade, querido amigo, há quem leve uma vida torta, triste, trabucando ou não, mas sempre terminam tremendamente mal.

    boa semana.

    aquele abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Triste quem sobrevive sob o império do tráfico, esse epidêmico desastre humano e social.

      Um abração.

      Excluir
  4. Olá, Apon, como vai? Muito bem escrito e criativo, todo com a letra T... penso que aquele que se envolve com o tráfico tem pouquíssimas chances de sair bem. O tráfico só existe porque há pessoas que se utilizam dele. Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Triste treta topar o tráfico. Tortuosa tragédia.

      Um abração e uma boa semana.

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

@INSTAGRAM