Redes sociais. Seguir, curtir, compartilhar - Apon na arte da vida

Bom estar com você aqui no APON NA ARTE DA VIDA!


Vai comprar na internet? Amazon,Americanas, Shoptime, Submarino, Positivo... As melhores lojas e os menores preços, reunidos no Apon Magazine. Aqui você encontra de tudo: de alimentos à smartphones, de livros à notebooks, roupas, eletrônicos, brinquedos, pet, utilidades, joias e muito mais. Usamos a tecnologia Lomadee para reunir tudo num só lugar.

Quer ajudar? Faça um PIX e colabore.

Siga-nos

Dê um toque. Leia um escrito especialmente sorteado para você. Clique na figura abaixo.
Clique aqui, para ler um texto aleatoriamente selecionado pelo sistema.

Redes sociais. Seguir, curtir, compartilhar

Publicado em quinta-feira, 9 de agosto de 2018


Ilustração oficial do blog - Uma rosa vermelha na diagonal, sobre um fractal do por do sol, com o nome Apon em relevo, na parte inferior da imagem. #PraCegoVer

Ansiedade, grande a tentação,

o dedo coça,

clica ou toca sem noção.


A tudo curte, compartilha,

de recado de quadrilha,

a corrente sem razão.


Que importa a verdade?

A real realidade?

Popularidade e a grande sacação.


Disfarçadas farsas,

politicagens, pirraças,

reles, inútil e vão.


Futilidade explícita,

alienação implícita,

desvalores, inversão.


O “politicamente correto”,

o errado e o incerto,

excessiva desocupação.


Tanto ódio e preconceito,

exaltação ao mal feito,

mentes em conturbação.


“Apropriação cultural”,

plágio e tanto mal,

medíocre distorção.


O bolso a celebrar,

aos dados móveis o respeito;

Wi-Fi e cerebrar,

não é a todos direito.


Quero ver é você viralizar esse poema,

tornar meme, popular;

passar adiante sem dilema,

seguir, curtir, compartilhar.


No Book do seu Face,

Whatsapp, Twitter, Instagran, Pinterest…

Sem retoque ou sem disfarce,

só algo que conte e preste.


Não às piada sem graça,

fofoca, aberração;

não retratar desgraça,

pouca graça, desinformação.


Internet não é penico,

não é fossa existencial;

só o pensar nanico,

exalta o vil e tão banal.


Respeito é bom e de gostar,

denota inteligência;

a si e aos outros respeitar,

reflete consciência.


Desenho, mãos - Drawing Hands, litografia de MC Escher.



Postado aqui em 08 de maio de 2017.


Antonio Pereira Apon.

Siga-nos

Dê uma espiadinha em nossas postagens mais recentes:


3 comentários:

  1. Olá, António
    Gostei deste seu poema, forte, incisivo, "sem papas na língua" - se é que se pode dizer isto de um poema.
    Infelizmente, nas redes sociais há muito lixo, e algumas pessoas parece sentirem-se nele "como peixe na água"...
    Frequento pouco.

    Votos de uma semana muito feliz.
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De fato, "há muito lixo" e esse prepondera. Mas também há coisa boa e as redes sociais, podem ser grandes instrumentos de comunicação, por enquanto, vamos garimpando o que presta, descartando o que não serve e e fazendo a nossa parte por uma internet melhor, mais inteligente e menos fútil.

      Um abraço e uma semana feliz para ti também.

      Excluir
  2. Bom dia Antonio! Poema soberbo, bem a cara da mentirada que circula p/redes sociais. Acho que sou anti-social, não uso Instagran, vez ou outra ento no face, e acho o sr Face um antro de fofoca que expões sem escrúpulo a dida das pessoas. A internet, sabendo usar, é uma excelente ferramenta. Adorei suas expressôes!

    Bom dia e boa semana!
    Aração!

    ResponderExcluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.




Se desejar, você pode usar o PIX para fazer uma contribuição de qualquer valor para o nosso Site/Blog.

Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Troféu rosa da amizade/Afeto.


Rosa da amizade/Afeto do Poetizando e encantando da Professora Lourdes..



|Siga-nos|Livros|Clima e cotações|Faça uma doação|



Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira Apon. E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Fale conosco.





Follow
View My Stats

DMCA.com Protection Status


@INSTAGRAM