Até amanhã! ... - A arte da vida. Apon HP


Obrigado por sua visita. Boa leitura!



Clique para exibir/ocultar os posts mais recentes e mais opções do Site.

domingo, 8 de outubro de 2017

 

                    Até amanhã! ...              

     

... Desapressar da pressa, desapreçar o tempo; descanso, alento... Lá fora toca o ângelus. Tristeza provisória, noite compulsória, transitória saudade...


Antonio Pereira Apon.


Paisagem do crepúsculo, homem solitário sentado na areia da praia contempla o horizonte.



No blog Filosofando na vida, a professora Lourdes nos convida a escrever uma frase, um verso… Sobre uma imagem que ela postará aos domingos. Acima, a imagem dessa semana. Abaixo, a minha quarta participação nessa “brincadeira” intitulada: Poetizando e encantando.


Crepúsculo do dia,
desfolhar da folhinha,
um até breve do sol.
Adormecer da paisagem,
anoitecida cidade;
boêmios passantes,
entre outros andantes
esvaziando a voragem.
Desapressar da pressa,
desapreçar o tempo;
descanso,
alento...
Lá fora toca o ângelus.
Tristeza provisória,
noite compulsória,
transitória saudade.
A Deus e sem adeus,
a prece do nosso;
até amanhã!
See you tomorrow!
Hasta mañana!
À demain!
Ci vediamo domani!
Sien jou môre!
Zie je morgen!
...


Selinho da semana.


Nossas participações mais recentes:





Um, até amanhã! Retrô. Versão brasileira da Música "A la Camita " do ratinho Topo Gígio.




Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

   
 
 

24 comentários:

  1. amigo Antônio, primeiramente quero me desculpar, postei sem a descrição, fiz a correção.
    Que linda poesia, como sempre você nos surpreende grande poeta. Crepúsculo do dia,
    desfolhar da folhinha,
    um até breve do sol.
    Adormecer da paisagem, Lindo demais! Parabéns, obrigada, tenha um dia feliz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a poesia da natureza a nos inspirar. Captamos e corporificamos nos versos.

      Um abraço e uma boa semana.

      Excluir
  2. Simplesmente maravilhoso,um até amanhã intenso e expressivo!Adorei! abraços, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O até amanhã! Prece nossa de cada dia, pressagiando reencontros.

      Um abraço e uma boa semana.

      Excluir
  3. A poesia do entardecer, convidando a vida para adormecer e num até amanhã! A gendar da esperança de um novo dia.

    https://www.youtube.com/watch?v=aRYxTRZjWGU

    Bom domingo. Boa semana. Até amanhã!

    ResponderExcluir
  4. Olá, Antonio!
    Desapreçar o tempo... que lindo isso!
    Eternizar momentos... belo sentimento!
    A Deus e sem adeus... maravilhoso!
    Amo ver poesias com sentido pleno de vida...
    Seja feliz e abençoado!
    Abraços fraternos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A poesia deve ter em si a plenitude dos sentidos que expressa. Em suas linhas e entrelinhas, na tessitura das palavras, senão, perde a poesia.

      Um abraço e uma boa semana.

      Excluir
  5. És um grande poeta querido Antonio, mais uma bela participação.
    Um abraço e ótima semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poeta, talvez até o seja. Mas, grande, fica por conta da sua gentileza.

      Um abraço e uma boa semana.

      Excluir
  6. Oi, Apon, linda inspiração. É um presente dar-se momentos para parar, contemplar, refletir... seu poema trouxe inúmeras reflexões. E até amanhã... a vida segue. Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Temos que nos dar tempo para tempo ter.

      Até amanhã, menina!

      Excluir
  7. ..."Ando devagar porque já tive pressa..."
    Excelente sua participação, Antonio! Inspiração total! Parabéns!
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viver a poesia declamada pela natureza em cada dia. É preciso amor, paz, tempo, calma...

      https://www.youtube.com/watch?v=-joh5RaIVEk

      Um abraço e uma boa semana.

      Excluir
  8. Uma bela releitura contemplativa , Antonio vc escreve com alma e coração, vejo muita sensibilidade e lirismo em seus versos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Toda arte é uma releitura da vida, da natureza captada pelo artista. Com a poesia não pode ser diferente.

      Um abraço e uma boa semana.

      Excluir
  9. Olá, Tonico!

    Ora, a palavra crepúsculo, te lembrou logo o fim do dia e aquilo e aqueles que passaram antes do sol se pôr! É a vida!
    Um inspirado poema, que termina com várias saudações em estrangeiro. Muito incomum. Parabéns!

    Boa semana e tudo de bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O crepúsculo e a alvorada, são dois poemas multimídia estrelados pela natureza e tão pouco aproveitados. No amanhecer, a maioria dorme ou está acordando, indisponível para assistir ao espetáculo do arrebol. No entardecer, atidos, entretidos com afazeres e ou não fazeres, passa desapercebido o show de efeitos encantadores, que convida ao meditar em qualquer parte do planeta. Assim sobrevive a humanidade.

      https://www.youtube.com/watch?v=9a8lDXH2qa0

      E um crepúsculo com essa trilha sonora? Pura poesia:

      https://www.youtube.com/watch?v=4IUkefHZDdw

      Inté! Saúde!

      Excluir
    2. Eu estava agora escutando "Tarde em Itapuã" e os meus olhos se encheram d'água. Depois de tantos anos, vim me tocar, que a última imagem que vi, foi justamente um pôr do sol...

      Excluir
    3. Os dois vídeos são muito agradáveis e te trazem boas lembranças. Hás de ver mais crepúsculos, em boa companhia. Tem confiança! O mundo, um dia, vai mudar!
      Compreendo a tua reação, mas tenta ser feliz, porque passado é para a História, da gente, naturalmente, mas nós temos de viver é o presente.

      Beijinho, menino!

      Excluir
    4. Fiquei apenas surpreso, emocionado por só agora me dar conta, não triste... Só mais de 12 anos depois, vim me tocar da última imagem e que inconscientemente e simbolicamente, esteve presente enquanto enxerguei, em diversos dos meus trabalhos.

      Excluir
  10. Antonio!
    Tão bom quando a criatividade nos inunda e produzimos versos inspiradores, transmitindo nossos sentimentos.
    Parabéns pelas lindas palavras.
    Desejo uma ótima semana produtiva!
    “Saber quando se deve esperar é o grande segredo do sucesso.” (Xavier Maistre)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE OUTUBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Criatividade, inspiração, sentimentos... Que venham e nos inundem, para que possamos inundar de arte as pessoas.

      Um abraço

      Excluir
  11. Muito profunda sua inspiração e intensa de sentimentos líricos. Amei cada verso que vai direto na nossa alma.
    Abraços afetuosos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A natureza nos inspira e os comentários gentis nos estimulam a escrever mais e mais.

      Um abraço.

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.



Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira Apon. E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Fale conosco.



Clique na imagem para ler um texto sorteado pelo sistema:
Textos para todos os dias. Curta a arte da vida!




Fique mais um pouquinho. Leia também...



Livros e vídeos:


Capa da segunda edição de : Essência.

>

Esse livro propõe uma incursão na alma humana, garimpando sentimentos e emoções, revelando-os em versos que retratam o homem moderno em sua incansável procura de si mesmo; seu contexto social, político e cultural em um mundo em transição.


Depois de 14 anos, atendendo a pedidos, estamos republicando Essência. Nessa segunda edição, incluímos o subtítulo: O livro do poema: A pedra. O distraído nela tropeçou... Numa referência ao nosso poema integrante dessa publicação, que, absurdamente, tem aparecido na internet com o nome de autores famosos: Fernando Pessoa, Renato Russo, Chaplin... Ou plagiadores. No endereço: (http://aponarte.com.br/apedra), o amigo leitor encontra todos os esclarecimentos, inclusive algumas das formas de como o plágio tem se apresentado.

Capa da segunda edição da : Coleção
                            Graziela.

>

Aqui, pais e professores encontram uma forma prazerosa e divertida, de abordar temas como: Cidadania, comportamento, respeito ao outro e à natureza... Em sete contos, compondo um jogo de arte e educação, onde lúdica e naturalmente aos pequeninos são apresentados conceitos de: Ecologia, solidariedade, diversidade, coletividade, tempo, responsabilidade, motivação, interatividade, participação...


Textos que parecem se renovar a cada dia, conservando impressionante atualidade e sintonia. Espero que gostem.

Capa de Um dedo de prosa e poesia. A arte da
                vida.

São 125 páginas com 89 títulos em verso e prosa de Literatura Nacional, num livro prefaciado pelo professor, escritor, poeta e trovador Orlando Carvalho. Crônicas, mensagens, poesias... amor, humor, reflexão, arte, cotidiano, atualidades, auto-ajuda, espiritualidade...