Malmequer - A arte da vida. Apon HP

Bom estar com você aqui no A ARTE DA VIDA. APON HP!


Dê um toque. Leia um escrito especialmente sorteado para você. Clique na figura abaixo.
Clique aqui, para ler um texto aleatoriamente selecionado pelo sistema.

Malmequer

Publicado em terça-feira, 20 de fevereiro de 2018



... real bem querer que recebi. Pus na janela a flor singela, que criou asas e mais do que voou...


Antonio Pereira Apon.


Malmequer.


Malmequer, um bem-me-quer de bem querer,

diverso em versos, nomes, cores;

beijos de estudante, pajito, pampilho, papiro,

sejamos-amigos, branco ou amarelo o malmequer:

dos beijos, de Santa Maria,

pequeno, grande, da praia, do jardim, do brejo ou da campina,

da China ou de onde vier.

Margaridão, dourada margarida, maravilha!

Maria-mole, flor-das-almas,

perpétuas saudades de um girassol do mato,

artemísia-dos-ervanários, dos prados, rainha-das-ervas…

Erva-vaqueira, flor faceira que me inspirou.

Virtual o malmequer,

do real bem querer que recebi.

Pus na janela a flor singela,

que criou asas e mais do que voou.

Versejou!




10 comentários:

  1. Oi, Tonico!

    Já totalmente bem e refeito? O meu dente está "caminhando", também.

    És mesmo poeta. Imagina um malmequer, que pensei branco, e que te ofereci com todo o meu bem querer, deu origem a uma poema tão simples, quanto belo.

    Já desfolhaste um malmequer? Eu, na minha adolescência, desfolhei vários e sempre ele, o menino, que me olhava na escola gostava de mim e eu dele, claro. Eu acho que fazia alguma batota, pois sempre me dava bem querer.

    Foi um envio, um presente virtual, mas vamos imaginar que foi real e que não há oceanos a nos separar. Gostava de ver tu desfolhando um malmequer. São atitudes, que temos aos 15 ou aos 50 anos, pois o amor é sempre algo misterioso e bom.

    Bem te quero, SIM, e disso não tenhas a mais pequena dúvida.

    Uma fado-canção de Amália, que já não escutava há muito. Adorei ouvir e relembrar. Quem de ti anda a fugir (rs)? Santarém é uma cidade pertinho de Lisboa, que guarda algumas histórias de amor.

    Beijinho, querido amigo e te quero a 100% de saúde e não só.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, o malmequer criou cor, ganhou as asas dos versos e singrando as ondas modernas do mar da internet, desconsiderou o atlântico e em sua "caravela" cibernética, alada e virtual aportou por aí.

      Não, nunca desfolhei um malmequer. Mas, nunca é tarde e não há idade para o sentir. Contudo, o amor anda meio arisco para o meu lado... Rs rs rs...

      O bem querer é recíproco.

      Um abraço recuperado. Inté!

      Excluir
    2. Oi, Tonico!

      O primeiro parágrafo da tua resposta é de mestre. Que excelente metáfora, que eu nunca saberia construir.

      Adorei tua chegada na caravela real, bem melhor das que Vasco da Gama usou para descobrir a Índia (rs), pois até climatização, WC e duas enormes asas. Foi uma alegria pra ambos e ficámos conversando durante umas horas.

      És menino. Compreendo, mas olha que um dia desses o farás, nem que seja por curiosidade! Nunca é tarde para amar, não.
      Anda arisco para o teu lado? Há fases, assim, que repentinamente são ultrapassadas. O importante é escolher a pessoa, não direi certa, pois essa não existe, mas aquela que melhor nos entenda e estime.

      Muito obrigada, Noto que sim.

      Agora, vou desfolhar um malmequer virtual com cinco pétalas pra ver se me darás um beijinho ou um abracinho recuperado. Ora, vamos lá! 1- bem me quer; 2- mal me quer; 3- bem me quer; 4-mal me quer; 5-bem me quer. Viste? Eu bem te quer. E agora? Tens de me mandar um beijinho, porque deu bem me quer (rs).

      Excluir
    3. Uma caravela técno-poética. A conversa rendeu, rendeu, rendeu... Rs rs rs...

      O amor é transcendente, não se circunscreve ao amor romântico, personificado, que acontece, ou não. Com ou sem este, sobrevivemos, vivemos e poetizamos a grande poesia que é a vida. Essa sim, o que verdadeiramente importa.

      Estou mandando esse beija-flor ir aí entregar teu beijo...

      https://www.youtube.com/watch?v=fGybpOizmSU

      Um abraço de bem querer.

      Excluir
    4. Isso mesmo. Eu sei fazer render as conversas, culpa de minha imaginação (rs).

      Se me dessem a escolher: amor ou vida? Evidente que escolheria a vida, mas sem amor, que triste!

      Adorei a letra e a vozinha da menina. Beija-flor se comportou, direitinho.

      Abracinho.

      Excluir
    5. Põe imaginação nisso! Rs rs rs...

      Precisamos aprender a viver sem condicionamentos. Com, sem ou apesar de qualquer sentimento, viver.

      Eu ia mandar um pombo correio, mas, estes por vezes não se comportam, por isso mandei o beija-flor. Que, além de comportado, por si só, já é uma poesia.

      Um abraço transatlântico.

      Excluir
  2. Querido amigo, linda inspiração, que bom que a flor na janela criou asas e versejou!
    Amei ler como sempre, brincas muito bem com as palavras e rimam muito bem em versos perfeitos!
    Abraços apertados! 😘

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poetizar é dar asas aos pensamentos, às flores, a imaginação...

      Um abraço.

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.





Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Troféu rosa da amizade/Afeto.


Rosa da amizade/Afeto do Poetizando e encantando da Professora Lourdes..



Follow
View My Stats

DMCA.com Protection Status


@INSTAGRAM