Vida descalça - A arte da vida. Apon HP



Obrigado por sua visita. Boa leitura!




Para exibir/ocultar os posts mais recentes e mais opções do Site Clique aqui.

sábado, 2 de junho de 2018

 

                    Vida descalça              

     

... Viria? Virá? Se foi? O hoje, um grande, sei lá! Tudo passa e o tempo passarinho, não faz ninho, não cabe num aninho; passa nos crepúsculos e alvoradas, dias noites, madrugadas; vai, desfolhando folhinhas, sem tardar estações. E a menina vida...


Antonio Pereira Apon.


Uma jovem caminha descalça com os sapatos na mão, numa linha de trem.


No blog Filosofando na vida, a professora Lourdes nos convida a escrever uma frase, verso, poesia, pensamento, mensagem… Sobre uma imagem postada a cada fim de semana. Acima, a imagem sugerida. Abaixo, a minha trigésima oitava participação nessa “brincadeira” intitulada: Poetizando e encantando.


Selo de participação no Poetizando e encantando.

Na trilha,

no trilho,

na linha da trama,

esboço, traço,

tecendo o tecido;

desiderato.

Um ritmo,

um átimo.

Vida descalça,

descalçados passos,

no traço das mãos.

Destino que o caminho encaminha,

caminha.

Viria?

Virá?

Se foi?

O hoje,

um grande, sei lá!

Tudo passa

e o tempo passarinho,

não faz ninho,

não cabe num aninho;

passa nos crepúsculos e alvoradas,

dias noites, madrugadas;

vai, desfolhando folhinhas,

sem tardar estações.

E a menina vida amadurece,

cresce, envelhece;

fenece enfim.

Pra renascer,

pra reviver,

pra não ter fim.

Vida.

Pés descalços,

passos nas mãos,

destino e tempo;

celebração.





Nossas participações no "Poetizando e encantando":


   
 
 

28 comentários:

  1. Bom dia! Excelente participação. A imagem foi bem escolhida, parabéns!!

    Especial ... Descalça de preconceitos sigo os trilhos. [Poetizando e Encantado]

    Beijos e um excelente Domingo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos todos nos trilhos da vida e com a vida seguindo em frente.

      Um abraço e uma boa semana.

      Excluir
  2. Gostei muito António,
    fiquei mesmo emocionada por esses passos e passinhos, e saltinhos que as palavras dão pelas estações, caindo as folhas, o pular do coração ?! e no fim na celebração,
    muito agradável de ler !
    abraço
    Angela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A vida caminha, salta, saltita, corre, anda... Só não para, avança com as estações, os dias das folhas das folhinhas.

      Um abraço e uma boa semana.

      Excluir
  3. Bom dia amigo Antônio!
    Nos trilhos, na trilha da vida buscando caminhos, poetizou e encantou mais uma vez amigo. A vida é assim andamos nos trilhos e procuramos não desviar para não sofrermos as consequências. E como tão bem escrevestes poetizando,
    E a menina vida amadurece,

    cresce, envelhece;

    fenece enfim.

    Pra renascer,

    pra reviver...

    Parabéns amigo e muito obrigada pela bela participação. Seja sempre bem vindo! braços, tenha um dia feliz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos tentando caminhar nos trilhos da inspiração, intentando poetizar e encantar.

      Um abraço e uma boa semana.

      Excluir
  4. Bom dia, Antônio!
    Lindo percurso!
    Aposto no virá... mo presente... no infalível... no amor...
    A vida é uma menina... seja no prumo certo ou no irradiar confiança para vencer obstáculos constantes...
    Exige de nós trilharmos e equilibrarmos bem para não sairmos da direção correta onde somos chamados a ser feizes e a percorrermos o caminho inusitado que seja com convicção do bem querer.
    Mais um belo poema muito bem versado com conteúdo significativo de reflexão para nós que adoramos viver memso que seja driblando percalços!
    Seja muito feliz e abençoado junto ao seus amados!
    Abraços fraternos de paz e bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. P.S Adendo que julguei conveniente: andar descalço/a na vida é para quem não tem medo de vivê-la... aprendi isto na psicololgia... tenho grande facilidade de tirar qualquer calçado, amo andar despida de proteção aos pés, na areia, na grama é um paraíso a sensação experimentada... Isso me faz bem demais, o contato com o solo para ter sempre consolação (com+solo) a alma...

      Excluir
    2. Apostemos sempre no melhor, no caminho, no pensar, no sentir melhor. Trilhar nos trilhos da vida e com ela, seguirmos sempre em frente. Com a coragem, a vontade de despir os pés, vestindo o chão que se pisa, para vencer, superar e sempre avançar.

      Um abraço e uma boa semana.

      Excluir
  5. Com passinhos saltitantes arrebataste-nos neste soberbo trilho donde versejaste com uma musicalidade deliciosa neste seu poema incrível
    Beijos e um domingo de paz e alegrias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A vida segue saltitante pelos trilhos do destino, na rota do tempo, avançando sem parar.

      Um abraço e uma boa semana.

      Excluir
  6. Amigo, andar descalços na vida, as vezes é preciso. Assim como se despir do que é supérfluo e seguir apenas com o que cabe no coração. Amei sua inspiração, parabéns! Mais uma bela participação. Abraços, seja feliz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aprendermos a seguir livres e leves, sem sobre pesos, amarras; com os pés descalços e a alma despida de ilusões.

      Um abraço e uma boa semana.

      Excluir
  7. Boa tarde,Antônio
    Parabéns pela belíssima participação.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos nos trilhos da inspiração, poetizando a vida, o seu caminhar de pés descalços, na trilha do destino, no caminho do tempo.

      Um abraço e uma boa semana.

      Excluir
  8. Na irreverencia de toda menina, que teima e sabe como ser feliz.
    Uma linda construção desta menina que sonha em ser feliz e viver.
    Bonita sua inspiração Antonio.
    Uma boa semana com paz e inspiração.
    Meu abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A menina vida a nos inspirar, caminhando nos trilhos do destino, trilhando o tempo a poetizar.

      Um abraço e uma boa semana.

      Excluir
  9. olá, tonico…

    Gosto da música, que colocaste nesse post, mas ah, tanto mar, mar -rs. Vou colocar uma vogal atrás do substantivo mar e o que dá? (A) mar. Viu? Gostou?

    teu poema, mto inteligente e bem estruturado, como sempre, mostra a situação de muita gente, que anda no trilho e por vezes até caem. Não gosto de "caminhar" desse jeito, nem andar descalça. Na praia, local que não frequento há uns 7/8 anos, por isso tenho falta de vitamina D, ando de chinelos, excetuando qdo vou à beira mar ou estou deitada apanhando sol, por pouco tempo.

    Não gosto de caminhar na areia, pke meus pés se enterram e eu amo saber o "terreno", que piso. Gosto de "piso" plano, um tanto rijinho, mas nem sempre é possível, eu sei, mas me dou bem com planícies e peneplanícies. Mar, nada me diz. Sou virginiana, já se vê!

    Beijinho, minino e uma boa semana fresquinha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mar de amar, amar de mar... Caminhar nos trilhos pode até ser desconfortável, mas, é poético, simbólico, transmite um certo que de liberdade, aventura... Assim como caminhar na areia da praia, com pés descalços ou não. A vida é o grande caminho, o caminhar do existir. Destino, sonho, tempo; seguir em frente, adiante, avante...

      E por falar em mar e amar:

      https://www.youtube.com/watch?v=ccgfJaRKUE0

      Um abracito descalço.

      Excluir
    2. e o campeão dos trocadilhos, falou -rs.
      Poético, romântico, sim é, mas na vida real não é lá mto confortável e m minha opinião.

      tás imaginado uma praia, ao entardecer, um homem e uma mulher caminhando na areia e se entreolhando. Evidente k pra esse passeio acontecer, já teria de haver alg. antecedentes. E depois, rola uma carícia, um beijo e... caiu o pano, agora, vocês imaginem o k se seguiu -rs.

      Isso se chama vida com amor e é essa, que todos queremos, mas a felicidade, ainda não se pode comprar -rs.

      Qto ao vídeo, voz doce, melosa e uma letra mto realista e mto sentimental. todo o vídeo é feito numa praia ou pertinho do mar, mas o final é de "partir o coração" -rs. Na areia um coração desenhado e um te amo e já agora em francês pra fazer o gostinho ao meu cérebro: je t' aime -rsrs.

      Beijinho com abraço em solo firme.

      Excluir
    3. Amor, felicidade, sonhos, inspiração... Não se pode comprar, tomar emprestado... Acontece ou não, temos, construímos, conquistamos... Ou não.

      https://www.youtube.com/watch?v=oE-fHn4gTEk

      Um abraço estrelado.

      Excluir
    4. que pena, essas coisas boas não se puderem comprar, nem emprestar.
      temos k fazer por acontecer, então!

      O bonitão do Brasil, que beija tão bem (falo de cor, infelizmente -rs) numa canção, que fala de felicidade, e por vezes, é preciso tão pouco pra se ser feliz.

      gosto mto dele como ator. Como cantor, é razoável.

      um beijinho ensolarado. queria tanto o sol!!!!!!!!!!!!

      Excluir
    5. Felicidade é um poema interior que vamos compondo, conquistando versos, construindo rimas...

      Gosto dele tanto como cantor como ator, a filha dele é uma boa atriz. Já o filho...

      Pode ficar com o sol todinho por aí. Rs rs rs...

      Um abraço refrigerado.

      Excluir
  10. Antonio!
    Andar em cima do trilho, na trilha...na vida.
    Que lindo!
    Desejo uma semana repleta de realizações!
    “O que eu sinto eu não ajo. O que ajo não penso. O que penso não sinto. Do que sei sou ignorante. Do que sinto não ignoro. Não me entendo e ajo como se entendesse.” (Clarice Lispector)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/2018/06/divulgacao-cultural-71-38-poetizando-e.html

    ResponderExcluir
  11. Bom dia!
    Passando mais uma vez com o convite do poetizando e já comunicando que acabei de postar antecipado. Esse final de semana haverá manutenção nos cabos da internet e na minha rua não sei acontecerá a falta. Na dúvida postei. As imagens dessa edição estão motivadoras a composição de lindas poesias!
    Ficarei feliz com sua encantadora participação mais uma vez. O Poetizando ficará no decorrer de toda próxima semana a partir de hoje.
    Deixo esse pensamento que me serviu muito de reflexão e impulso para seguir, espero que goste.
    “Deslumbrante a grande arte da Vida é Acordar depois de um Sonho, levantar depois de um tombo, sorrir depois de uma Decepção e nunca se Desanimar!
    É olhar pra Frente com a esperança de Vencer.
    Lute sempre com fé e determinação em todos os momentos de sua vida.
    Só não desista nunca dos seus objetivos nem dos seus sonhos”.
    Abraços Carinhosos da amiga Lourdes Duarte.

    ResponderExcluir
  12. Tens inspiração e crias versos assim, "... vida descalça/descalçados passos..." amei!
    Adoro andar descalça, quase sempre quando estou a beira mar, adoro praia, sempre dou um pulinho por lá para arejar a mente e a alma em longas caminhadas, esqueço de tudo e vivo!
    Abraços apertados querido amigo poeta Antonio, parabéns pela bela participação!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A vida é a grande inspiração, viver é captar e poetizar a essência criadora que nos envolve.

      Um abraço e bom fim de semana.

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

Fale conosco:






Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira Apon. E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Fale conosco.



Clique na imagem para ler um texto sorteado pelo sistema:
Textos para todos os dias. Curta a arte da vida!




Fique mais um pouquinho. Leia também...



Livros e vídeos:


Capa da segunda edição de : Essência.

>

Esse livro propõe uma incursão na alma humana, garimpando sentimentos e emoções, revelando-os em versos que retratam o homem moderno em sua incansável procura de si mesmo; seu contexto social, político e cultural em um mundo em transição.


Depois de 14 anos, atendendo a pedidos, estamos republicando Essência. Nessa segunda edição, incluímos o subtítulo: O livro do poema: A pedra. O distraído nela tropeçou... Numa referência ao nosso poema integrante dessa publicação, que, absurdamente, tem aparecido na internet com o nome de autores famosos: Fernando Pessoa, Renato Russo, Chaplin... Ou plagiadores. No endereço: (http://aponarte.com.br/apedra), o amigo leitor encontra todos os esclarecimentos, inclusive algumas das formas de como o plágio tem se apresentado.

Capa da segunda edição da : Coleção
                            Graziela.

>

Aqui, pais e professores encontram uma forma prazerosa e divertida, de abordar temas como: Cidadania, comportamento, respeito ao outro e à natureza... Em sete contos, compondo um jogo de arte e educação, onde lúdica e naturalmente aos pequeninos são apresentados conceitos de: Ecologia, solidariedade, diversidade, coletividade, tempo, responsabilidade, motivação, interatividade, participação...


Textos que parecem se renovar a cada dia, conservando impressionante atualidade e sintonia. Espero que gostem.

Capa de Um dedo de prosa e poesia. A arte da
                vida.

São 125 páginas com 89 títulos em verso e prosa de Literatura Nacional, num livro prefaciado pelo professor, escritor, poeta e trovador Orlando Carvalho. Crônicas, mensagens, poesias... amor, humor, reflexão, arte, cotidiano, atualidades, auto-ajuda, espiritualidade...