Pintura, vida e lida - A arte da vida. Apon HP



Obrigado por sua visita. Boa leitura!


Pensamento do dia:





Para exibir/ocultar os posts mais recentes e mais opções do Site Clique aqui.

sexta-feira, 10 de agosto de 2018

 

                    Pintura, vida e lida              

     

... Triste selva em tons de cinza, sem crepúsculo ou arrebol; onde a vida se improvisa e a lida tiraniza, sem ter pena ou qualquer dó. Sobreviventes, não viventes; sem pintura para além da moldura, da cerca, do cerco...


Antonio Pereira Apon.


Paisagem do entardecer no campo. Um grande lago,árvores,uma cerca e cavalos no pasto.


No blog Filosofando na vida, a professora Lourdes nos convida a escrever uma frase, verso, poesia, pensamento, mensagem… Sobre uma imagem postada a cada fim de semana. Acima, a imagem sugerida. Abaixo, a minha quadragésima oitava participação nessa “brincadeira” intitulada: Poetizando e encantando.


Selo de participação no Poetizando e encantando.

Na paisagem,
cabe a lida, cabe a vida.
E no dia que repousa,
a noite pousa,
convidando a repousar.
Em silêncio, o lago;
espelha,
reflete o tempo.
Aos cavalos,
nada apressa, nada apreça.
Pintura vespertina,
quadro,
que o artista Deus pintou…
Mas, o homem põem sua cerca,
se acerca,
emoldura;
encarcera na moldura um fragmento de ilusão,
na parede dependura sua miragem,
desconfortável,
artificiosa desilusão.
Vida e lida apressadas,
tão mal apreçadas…
Gente guardada,
resguardada em seus apês;
na janela um improviso de paisagem,
hodierno artifício,
modernagem démodé.
O silêncio calado pelo burburinho,
estrelas silenciadas pelos lumes da cidade,
furtado um bom quinhão de luar.
Triste selva em tons de cinza,
sem crepúsculo ou arrebol;
onde a vida se improvisa
e a lida tiraniza,
sem ter pena ou qualquer dó.
Sobreviventes,
não viventes;
sem pintura para além da moldura,
da cerca,
do cerco.
A janela,
a tela,
miragem que o homem engendrou.



Nossas participações no "Poetizando e encantando":


   
 
 

42 comentários:

  1. La pintura hermosa y tus letras en compañía muy bellas .. un gusto leerte.....saludos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A beleza está na inspiração da natureza. Obrigado por seu comentário, sempre afetuoso.

      Um abraço e um bom fim de semana.

      Excluir
  2. Essa paisagem bucólica te inspirou mais uma vez lindamente! Adorei! abraços, tudo de bom, lindo fds! chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A paisagem natural é sempre inspiradora, diversa das artificiosas "paisagens" desumanas. Obrigado.

      Um abraço e um bom fim de semana.

      Excluir
  3. Bom dia Antonio, Deus concedeu ao homem imagine a beleza do lago sem a feiosa moldura! Sua inspiração foi além do que seus olhos captaram. Encantou fortemente!

    Feliz findi!

    Bjs no coração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A arte humana é pálido reflexo da arte Divina. E os olhos da alma, captam para além da visão sensorial.

      Um abraço e um bom fim de semana.

      Excluir
  4. Uma inspiração fabulosa :))


    Hoje, do Gil António; Lágrimas de doce felicidade

    Bjos
    Votos de um óptimo Sábado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fabulosa é a inspiração da lida e da vida que transborda das telas, das linhas...

      Um abraço e um bom fim de semana.

      Excluir
  5. Boa tarde, amigo Antônio!
    Emudeco-me diante duma reprodução poética à altura desta tela.
    Se passar e repassar todos versos... nada a acrescentar.
    Uma leitura edificante de sentires como eles se dão em muitos lares onde uma moldura enquadra o que não há e o que é ou está...
    Gosto muito do seu poetar filosófico. Edifica seus leitores.
    Tenha dias felizes e abençoados junto aos seus amados!
    Abraços fraternos de paz e bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gosto, procuro transcender à imagem, versar o verso e o reverso da inspiração, para fazer da poesia uma mensageira de reflexões, pensares e sentires.

      Um abraço e um bom fim de semana.

      Excluir
  6. Respostas
    1. Áurea é a inspiração, a arte que nos move a escrever.

      Um abraço e um bom fim de semana.

      Excluir
  7. Olá, Tonico!

    E que poema!

    A vida é tudo isso, que tu tão bem escreveste e mais aquilo, k ainda não descobrimos. É uma lida constante, apressada e apreçada, mas ela não tem preço. Pena é que lhe coloquem "grades", "molduras (são coisas diferentes, eu sei), como tu tão bem lhe chamas e mta gente a imagina por detrás do retrato ou do quadro. C' est la vie!

    Beijinho fora de "cena" -rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A vida é um aprendizado, um jogo engendrado pelos homens, um perde e ganha sem fim, apressando e apreçando o viver. Que não tem preço, não cabe em cercas, molduras, nas caixinhas sem noção das convenções e desvalores desumanos.

      https://www.youtube.com/watch?v=UQnga_JP2UU

      E a vida se presta a muitos olhares, uma janela lateral, alternativa, diversa, pensante, cantante...

      https://www.youtube.com/watch?v=ZjUqOYse4lY

      Vida que se colore a cada primavera, mesmo para a humanidade que se põe à parte da natureza, quando é parte indissociável dela.

      https://www.youtube.com/watch?v=QRfE_9JG420

      Vida na qual só se costuma pensar, quando o outono fecha o verão, convidando o inverno a chegar.

      https://www.youtube.com/watch?v=uC-USAB530A

      Vida, enfim. Vida.

      Um abraço vívido.

      Excluir
    2. A vida se vai construindo a cada momento e o k hoje é mentira, amanhã, pode ser verdade e vice-versa. Falo, genericamente, pke os valores base, esses serão eternos. Vida é excelente, embora tenha seus "quês".

      Tanta música! E tanta mensagem, k ela encerra!

      Elis toda se abanando, o vestido é feio e ela estava gordinha da cintura para baixo. A música é bem alegre e movimentada. A vida tem de se aprender. Hoje, se ganha, amanhã, se perde. É a vida.

      Um beijo cheio de vida.

      Excluir
    3. A vida tem seus altos e baixos, em tudo uma lição, o aprendizado da arte do viver.

      Um abraço com a arte da vida.

      Excluir
  8. Boa noite amigo Toninho!
    Mais uma bela participação da qual eu agradeço muito, sua atenção e carinho em participar com tão majestosa poesia. Amigo, realmente ,a vida lida constante e nós é que vamos na labuta para colorir nossos dias. A beleza está nos olhos de quem aprecia e no estado em que nos encontramos. Parabéns! Seja sempre bem vindo! Abraços tenha uma noite de paz e um amanhecer feliz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Colorir a vida e as reais paisagens do viver, poetizando e tentando encantar.

      Ainda que Antonio, não seja Toninho, a poesia nos irmana na arte do versar.

      Um abraço e um bom fim de semana.

      Excluir
  9. Querido amigo! Você é um grande poeta e um pensador filósofo. Procurar colorir a vida, acho que fazemos isso mesmo as vezes inconscientes. Mas a vida sem brilho é como uma noite sem luar. Bela poesia, linda participação. Belas músicas. Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou simples artesão dos versos, tecelão de palavras a bordar em versos o ditado da vida.

      Um abraço e um bom fim de semana.

      Excluir
  10. Muito bonito xará este olhar profundo com uma analise critica da saudade de uma vida dura, mas que deixa uma saudade que se emoldura e eterniza, ou quem viveu toda a vida entre cimento e aço perdido em sonhos de uma vida mais próxima da natureza, que vê cada vez mais distante e cria-se a miragem e sofre uma certa decepção com o tempo, que não permite volta.
    Um belo trabalho de poesia que faz reflexão, coisa de arte mesmo das palavras.
    Um bom domingo amigo e que a semana seja inspiradora e leve.
    Meu terno abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma pintura, por mais bela, é um fragmento da realidade ou da inspiração. A natureza viva, guarda a poesia do existir, o toque divino da Criação.

      Um abraço e um bom fim de semana.

      Excluir
  11. Bom dia:- Doce e fascinante poema. Maravilhosa participação poética.
    .
    * Versos Poéticos de Amor ( Poetizando e Encantando ) *
    .
    Votos de um domingo muito feliz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fascinante é a quantidade de inspiração escondida, guardada na natureza, a poesia que a apercepção desumana está a destruir.

      Um abraço e um bom fim de semana.

      Excluir
  12. Cadê o meu comentário, menino Tonico, k deixei, aqui, ontem? Não diga k é pressa, pke não é. Já ontem, à noite, passei por cá e não o vi, mas ele ficou registado cá, disso tenho certeza.

    Ok. Vou aguardar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será que o gato comeu? Aquele da outra postagem, que você disse que ia ficar! Ele passou por aqui correndo, fugindo da portuguesita. Rs rs rs...

      Seu comentário está aí mais acima menina!

      Excluir
    2. Já vi. Mto grata, Tonico!

      Gatinho não gosta de comer comentários -rs. Esses animais gostam de toda a gente, quer seja portuguesa ou de outra nação qualquer.

      Excluir
  13. Teu blog ou tu-rs, me pregam sempre sustos e partidas (pregar partidas é pleonasmo, acho). Já o encontrei e tanto clip, k tu me ofereceste!

    Bisous, bisous. MERCI!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando não tem vídeo, uma certa pessoa reclama... Então, tome-lhe vídeo! Rs rs rs...

      Excluir
    2. Quando não tem vídeo, uma certa pessoa reclama. Então, tome-lhe vídeo! Rs rs rs...

      🤗

      Excluir
    3. Pois, tens razão, mas estamos sempre a tempo de nos aperfeiçoar.
      Não preciso de resposta dupla, mas, por vezes, acontece.

      Abraço.

      Excluir
  14. Sorry! Cliquei, sem querer.

    Do vídeo seguinte gostei da musica, mas acho a letra um pouco tétrica, embora seja realidade. Da nossa janela, podemos ver o mundo todo e claro o cemitério dele faz parte.

    Também gostei, mas eu prefiro o sol de verão, embora o da Primavera seja alegre e floral. Pois é, Professor, basta ensinar.

    E Vivaldi é sempre Vivaldi. Detesto o inverno, mas gostei da interpretação orquestral.

    Abracinho de verão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A morte faz parte da vida, assim como primavera, verão, outono e inverno, é uma de suas estações, o seu rito de passagem.

      💓

      Excluir
  15. https://poemasdaminhalma.blogspot.com
    Olá António!
    Maravilhoso e belíssimo poema, perante tal obra artesã da natureza, abstenho-me fascinada pela inspiração poética.... junto do musical resta-me aplaudir.
    Um abraço de paz e alegria.
    Luisa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A arte da natureza é que é uma maravilha, um espetáculo digno do grande artista Criador. Nós vamos copiando, emoldurando e dependurando nossos fragmentos de ilusão.

      Um abraço e uma boa semana.

      Excluir
  16. Uma dura crítica à pequenez humana que tiraniza o olhar gradeando a suntuosa paisagem que Deus tão generosamente aquarelou e nos presenteou
    Um poema magnífico que o olhar sensível descreveu com nitidez e um claro clamor da natureza tão duramente devastada em progresso
    Poetizou e encantou com a sua majestosidade
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa pequenez de um falso progresso que nos encarcera, emoldura, enquadra, cerca nos cercados da ilusão. Assim, vamos nos destruindo ao destruir a natureza. E não queremos nos dar conta disso.

      Um abraço e uma boa semana.

      Excluir
  17. Antonio!
    Ai que delícia de poema: "Em silêncio, o lago;
    espelha,
    reflete o tempo."
    Parabéns pela inspiração.
    “As religiões são caminhos diferentes convergindo para o mesmo ponto. Que importância faz se seguimos por caminhos diferentes, desde que alcancemos o mesmo objetivo?.” (Mahatma Gandhi)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/2018/08/divulgacao-cultural-112-48-poetizando-e.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A arte da vida, impressa, refletida em toda a natureza. E a poesia, espelho da inspiração...

      Um abraço.

      Excluir
  18. CONVITE PARA O POETIZANDO E ENCANTANDO
    Embasada pelo pensamento do grande Mario Quintana, chego mais uma vez com o convite para mais uma edição do Poetizando que diz,
    “A arte de viver é simplesmente a arte de conviver... simplesmente, disse eu? Mas como é difícil!”
    Mesmo no mundo virtual a convivência as vezes é difícil, mas com as nossas poesias essa convivência amiga tem acontecido com muito respeito, carinho e atenção para com todos que participam desta BC, com composições poéticas ou comentando.
    Tanto que, já estamos na 49ª edição.
    Seja mais uma vez bem vindo! Acabei de postar, para que todos fiquem a vontade para escolher a imagem para a temática.
    Abraços, tenha um fim de semana feliz e abençoado, com muita inspiração!

    ResponderExcluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

Fale conosco:






Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira Apon. E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Fale conosco.



Clique na imagem para ler um texto sorteado pelo sistema:
Textos para todos os dias. Curta a arte da vida!




Fique mais um pouquinho. Leia também...



Livros e vídeos:


Capa da segunda edição de : Essência.

>

Esse livro propõe uma incursão na alma humana, garimpando sentimentos e emoções, revelando-os em versos que retratam o homem moderno em sua incansável procura de si mesmo; seu contexto social, político e cultural em um mundo em transição.


Depois de 14 anos, atendendo a pedidos, estamos republicando Essência. Nessa segunda edição, incluímos o subtítulo: O livro do poema: A pedra. O distraído nela tropeçou... Numa referência ao nosso poema integrante dessa publicação, que, absurdamente, tem aparecido na internet com o nome de autores famosos: Fernando Pessoa, Renato Russo, Chaplin... Ou plagiadores. No endereço: (http://aponarte.com.br/apedra), o amigo leitor encontra todos os esclarecimentos, inclusive algumas das formas de como o plágio tem se apresentado.

Capa da segunda edição da : Coleção
                            Graziela.

>

Aqui, pais e professores encontram uma forma prazerosa e divertida, de abordar temas como: Cidadania, comportamento, respeito ao outro e à natureza... Em sete contos, compondo um jogo de arte e educação, onde lúdica e naturalmente aos pequeninos são apresentados conceitos de: Ecologia, solidariedade, diversidade, coletividade, tempo, responsabilidade, motivação, interatividade, participação...


Textos que parecem se renovar a cada dia, conservando impressionante atualidade e sintonia. Espero que gostem.

Capa de Um dedo de prosa e poesia. A arte da
                vida.

São 125 páginas com 89 títulos em verso e prosa de Literatura Nacional, num livro prefaciado pelo professor, escritor, poeta e trovador Orlando Carvalho. Crônicas, mensagens, poesias... amor, humor, reflexão, arte, cotidiano, atualidades, auto-ajuda, espiritualidade...