Abortados - A arte da vida. Apon HP

Bom estar com você aqui no A ARTE DA VIDA. APON HP!


Dê um toque. Leia um escrito especialmente sorteado para você. Clique na figura abaixo.
Clique aqui, para ler um texto aleatoriamente selecionado pelo sistema.

Abortados

Publicado em quarta-feira, 12 de setembro de 2018



... meninos e meninas, que terminam pagando com a vida, a conta daquele “descuido”, “vacilo”, “imprevisto”, “eventualidade”, “momento”, “loucura”… Invés de prevenir, evitar a gravidez indesejada, apelam para descriminalizar um crime, legalizar uma...


Antonio Pereira Apon.


Memorial para crianças que não nasceram, escultura de Martin Hudácek.


Nem nascidos e já mortos; abortados, desparidos, assassinados… E, no desargumento da desconversa, para justificar o injustificável e desqualificar o contraditório: improvisam o “direito da mulher sobe o seu corpo”, um tal direito, que não termina, quando começa o elementar direito do outro à vida; advogam uma solução para um suposto “problema de saúde pública”, atacam um pretenso moralismo religioso, machismo, desconhecimento, desinformação e tantos eufemismos… Assim, gente que teve respeitado o direito de nascer, sonega o mesmo direito a esses meninos e meninas, que terminam pagando com a vida, a conta daquele “descuido”, “vacilo”, “imprevisto”, “eventualidade”, “momento”, “loucura”… Invés de prevenir, evitar a gravidez indesejada, apelam para descriminalizar um crime, legalizar uma hedionda ilegalidade. Valendo-se do desgastado maquiavelismo de que “os fins justificam os meios”, para contemplar suas conveniências. Fingindo ignorar que, a partir do momento da concepção, já está estabelecida a vida de um sujeito de direito. Nos casos de estupro ou de risco para a vida da mãe, a legislação já permite autorizar a interrupção da gravidez e, em casos de má formação grave do feto, existe jurisprudência para tanto. No mais, vale aquele velho ditado: “Melhor prevenir do que remediar”. É justo, querer “remediar” com uma aniquilação? E se fosse você a criança executada?



12 comentários:

  1. Um tema muito sensível no qual nem sei o que lhe diga... Gostei de ler.


    Bjos
    Votos de uma óptima Quarta - Feira

    ResponderExcluir
  2. Boa noite!
    Este texto está feito de uma forma que nos deixa a pensar, Sempre fui contra! Salvo raras excepções.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E as exceções são contempladas pela lei. No mais, é ter mais responsabilidade e colocar a razão para dominar os instintos. Sexo é vida.

      Um abraço. Tudo de bom.
      Você conhece nosso poema que tem sido vergonhosamente plagiado?

      Excluir
  3. Olá, Tonico!

    Só engravida quem quer e só tem criança quem quer. Para os casos de violação, má formação ou risco de vida para mãe e bebé, a lei já permite a interrupção da gravidez, portanto, a mulher está salvaguardada.

    Nos restantes casos, sou contra, até pke não se justifica eles existirem, visto haver "n" métodos contracetivos. Há uns mais bem tolerados pelas mulheres, k outros, mas o homem tb pode usar métodos contracetivos, já para não falar do preservativo, k pode romper (coloquem três -rs. Ah, se perde sensibilidade!) e da pílula contracetiva para o homem.

    Não sei, isso é discutível, se no momento da união da célula masculina com a feminina, ocasionando a fecundação, já poderemos chamar ser àquela "coisinha". Há tb a chamada pilula do dia seguinte, que não tem efeitos secundários nem para a mulher, nem para o "feto". Imagina uma mulher k se relacionou sexualmente com um homem hoje, e não usaram qualquer método, então surge o medo de uma gravidez indesejada. Então, no dia seguinte, amanhã, a mulher ou o homem vai comprar a pílula do dia seguinte e pronto, tudo como dantes em 90% dos casos. Nos 10% restantes, há k conhecer nosso corpo e sobretudo ter a cabeça no lugar.

    Portugal tem baixa taxa de natalidade e há municípios k dão incentivos monetários a casais para terem filhos e poucos são os k aproveitam.

    O Brasil está precisando há mto de uma política contrária, ou seja, um ou dois filhos por casal no máximo. Caso não cumprissem, pagariam um imposto elevadíssimo e se ainda assim continuassem, tinha de se estudar rapidamente a hipótese de tratamento cirúrgico aos órgãos sexuais do homem e da mulher. Jair Bolsonaro propõe a castração, mas esse termo é mto forte para as pessoas, todavia, militar não sabe dizer de outro jeito, mas k é preciso é.

    Quem mais pobre é, quem tem já filhos com deficiências, tenta outra vez e outra vez para ter mais filhos. É um erro crasso, visto que os filhos devem ser colocados no mundo, qdo há possibilidades razoáveis para eles.

    Se eu fosse a abortada, provavelmente, e se fosse coisa recente, não iria sentir nem pensar nada, julgo eu.

    Beijinho e durma bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As pessoas não se previnem, não se cuidam, copulam qual animais no cio, depois querem abortar. Sexo com responsabilidade é a solução mais simples.

      No momento da concepção, todos os elementos para a formação do indivíduo estão ali postos, a vida está instalada, só aguardando o desenvolvimento do organismo para se assenhorear dos sentidos e do seu desiderato.

      Para nós que acreditamos, o espírito preexiste ao corpo e sobrevive a este. Assim, sofre, sente o aborto. Dependendo de seu grau de entendimento ou atraso, pode mesmo passar a obsidiar a mãe buscando vingança.

      https://www.youtube.com/watch?v=UjqXKgk5b18

      Sexo é bom, é saúde, vida, poesia... Mas, com discernimento e muita responsabilidade. Senão...

      https://www.youtube.com/watch?v=O4CmhxooWaY

      Depois... Abortos e mais abortos.

      Um abraço em favor da vida.

      Excluir
    2. Penso como tu.

      Isso é discutível. Uns dizem k sim, outros k não.

      Para a doutrina espírita, o espírito existe antes do corpo e fica depois do corpo se ir. Vingança? A idade Média já lá vai - rs.

      Os vídeos refletem bem tuas palavras. Sexo e mais sexo, vá de abanar o bumbum e como se pode viver sem sexo -rs?

      Beijinho, menino.

      Excluir
    3. Seja como for, interromper a vida em formação, não é direito nem alternativa, ressalvados os casos previstos em lei.

      Sexo, sexo e mais sexo. Com ainda mais e mais responsabilidade.

      https://www.youtube.com/watch?v=P3O2a5QUFc0

      Um abraço. Bom fim de semana.

      Excluir
    4. Oi, minino!

      Deixei, ontem aqui um comentário. Cadê ele? Vou me zangar com o Google.

      Beijinho pra ti e não pró Google-rs

      Excluir
  4. Ah, já apareceu! Vou escutar o vídeo.

    De facto, não é, mas tanta gente o faz.

    Não consegui entender tudo o k a criança falou, mas tirei a ideia geral.

    Tudo de bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a vida pedindo para viver, a humanidade tentando tocar o coração humano, o sentimento suplicando por existir.

      Um abraço de fim de semana.

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.





Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Troféu rosa da amizade/Afeto.


Rosa da amizade/Afeto do Poetizando e encantando da Professora Lourdes..



Follow
View My Stats

DMCA.com Protection Status


@INSTAGRAM