Azuis do azul e muito mais              

em quarta-feira, 12 de dezembro de 2018



... Cada um é um azul sem igual, singular na plural composição humana, que vai além dos tantos azuis. Por que, até aqui, só de azuis falamos...


Antonio Pereira Apon.


Moça com Brinco de Pérola, pintura de Johannes Vermeer.


São tantos os azuis. Como caberem num só azul? É ciano, cobalto, turquesa; celeste, bebê, marinho; do Egito, da Prússia, da pérsia; azul lápis-lazúli…


Se uma cor não cabe em si mesma?! Como querer acomodar, acondicionar, tentar fazer caber; o pensamento, o sentimento: numa definição, num significado, uma palavra, em coordenadas cartesianas, numa escola, num dogma ou qualquer absoluta incerteza?


Cada um é um azul sem igual, singular na plural composição humana, que vai além dos tantos azuis. Por que, até aqui, só de azuis falamos.


Mas, diversas são as cores, inúmeros os tons na tela do viver, na arte da vida; na poesia das palavras construtivas, na melodia de cada oração, na coreografia dos gestos fraternos, no teatro da realidade bem compreendida, na cenografia de sonhos e desejos realizáveis, no roteiro dos dias melhores que podemos e devemos escrever…


Feliz azul novo! Felizes cores novas!





Leia mais escritos para seu fim de ano:


10 comentários:

  1. Belíssimo.Os azuis dependem dos olhos de quem os olha e lê.
    Adorei.

    Hoje : Insano discernimento ...
    Bjos
    Votos de uma óptima Quarta-Feira.

    ResponderExcluir
  2. Olá, meu benzinho (risos)!

    Tens toda a razão, mas o azul é a cor mais linda de entre todas as cores, eu acho, daí poder haver tantas espécies, nomenclaturas de azul.

    Ora, tenta com outras cores: verde alface, verde marinho (existe?), verde relva (existe?) e sei lá que mais, mas há coisas e pessoas, que são únicas e singulares nessa pluralidade que é o mundo.

    Gostei da inteligência e do talento com que escreveste este e todos os teus posts, tal como da pintura da "Moça com brinco de pérola". O brinco da moça não é azul, pke é uma pérola, mas ela tem uma faixa na cabeça, k é azul.

    Será o amor azul ou multicolor?

    Beijinho, beijinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvidas, o azul é a mais bela, mais diversa em tons, matizes; é a cor do céu, do mar, do planeta! E o amor, digamos, que é azul de toda cor.

      Um abraço azul.

      Excluir
  3. Ora, vê se gostas!

    VICKY LEANDROS canta L' AMOUR EST BLEU (o amor é azul).

    https://youtu.be/1EXXeuXqoqA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os clássicos dispensam comentários e, creio que essa música já bem pode ser incluída entre eles. Tem até versão em português:

      https://www.youtube.com/watch?v=iKuSjRBb5s4

      Na MPB também se descobre que o "amor é azul":

      https://www.youtube.com/watch?v=Lf39KisCB5E

      Viva o azul de todas as cores do amor, da vida, da Terra...

      Inté!

      Excluir
    2. Desconhecia, completamente, que tinha versão em Português.
      Clara Nunes, já falecida, tinha uma voz mto doce.

      A letra não sendo igual à francesa, é mto linda, também.
      Resumindo; qdo os amantes estão juntos, o amor é azul, aliás, é de todas as cores.

      O 2º vídeo é bem conhecido e acho a melodia um encanto. Juntos, tudo certo, longe, tudo cinzento.

      Até já! E viva a boa música!

      Excluir
    3. Bem assim. Viva a boa música! Que, como o amor, é azul de todas as cores.

      Bom fim de semana. Inté!

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.







Fale conosco:




Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira Apon. E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Fale conosco.



Clique na imagem para ler um texto sorteado pelo sistema:
Textos para todos os dias. Curta a arte da vida!



Fique mais um pouquinho. Leia também...



Livros e vídeos:


Capa da segunda edição de : Essência.

>

Esse livro propõe uma incursão na alma humana, garimpando sentimentos e emoções, revelando-os em versos que retratam o homem moderno em sua incansável procura de si mesmo; seu contexto social, político e cultural em um mundo em transição.


Depois de 14 anos, atendendo a pedidos, estamos republicando Essência. Nessa segunda edição, incluímos o subtítulo: O livro do poema: A pedra. O distraído nela tropeçou... Numa referência ao nosso poema integrante dessa publicação, que, absurdamente, tem aparecido na internet com o nome de autores famosos: Fernando Pessoa, Renato Russo, Chaplin... Ou plagiadores. No endereço: (http://aponarte.com.br/apedra), o amigo leitor encontra todos os esclarecimentos, inclusive algumas das formas de como o plágio tem se apresentado.

Capa da segunda edição da : Coleção
                            Graziela.

>

Aqui, pais e professores encontram uma forma prazerosa e divertida, de abordar temas como: Cidadania, comportamento, respeito ao outro e à natureza... Em sete contos, compondo um jogo de arte e educação, onde lúdica e naturalmente aos pequeninos são apresentados conceitos de: Ecologia, solidariedade, diversidade, coletividade, tempo, responsabilidade, motivação, interatividade, participação...


Textos que parecem se renovar a cada dia, conservando impressionante atualidade e sintonia. Espero que gostem.

Capa de Um dedo de prosa e poesia. A arte da
                vida.

São 125 páginas com 89 títulos em verso e prosa de Literatura Nacional, num livro prefaciado pelo professor, escritor, poeta e trovador Orlando Carvalho. Crônicas, mensagens, poesias... amor, humor, reflexão, arte, cotidiano, atualidades, auto-ajuda, espiritualidade...


Topo