A joaninha, a roseira e a videira - A arte da vida. Apon HP

Bom estar com você aqui no A ARTE DA VIDA. APON HP!


Dê um toque. Leia um escrito especialmente sorteado para você. Clique na figura abaixo.
Clique aqui, para ler um texto aleatoriamente selecionado pelo sistema.

A joaninha, a roseira e a videira

Publicado em quinta-feira, 28 de novembro de 2019



... Como o cultivador da parábola, Deus nos envia o socorro necessário, enquanto tardamos na discussão inútil e vazia, por isso ou por aquilo, nos considerando melhores que o outro; menosprezando, discriminando, julgando… O problema de um, precisa ser visto como problema de todos...




#PraCegoVer: Joaninha pousada numa flor.

Uvas e rosas costumam contrair as mesmas doenças, causadas por pragas. Mais sensíveis, as rosas apresentam primeiro os sintomas, o que serve de alerta. Assim, muitos viticultores plantam roseiras no entorno do parreiral, unindo o útil ao agradável. Porém, vez ou outra, uma roseira despeitada e uma videira invejosa, quebravam a harmonia reinante, no bate boca por conta de quem era mais isso, quem era mais aquilo; ambas se achando, sem se dar conta que se perdiam…

Certo dia, uma joaninha pousou numa dessas roseiras e puxou conversa:

- Vim resolver seus problemas. Eu te ajudo e você me ajuda…

- se assunte, seu inseto insignificante! Saia daqui com esse seu cheiro desagradável e essa cor espalhafatosa. Você ofende a delicada beleza perfumosa das minhas flores...

Ignorando os impropérios, a joaninha colocou seus ovos numa folha e voou. Enquanto outra joaninha, protagonizava discussão semelhante com uma videira próxima, ali também depositando seus ovos. Passada aproximadamente uma semana, os ovos eclodiram e as larvas começaram a devorar pulgões e colchonilhas que já enfestavam as roseiras e começavam a atacar o vinhedo. O vinicultor atento, identificara o problema e providenciara o combate natural das pragas.

Moral da história:

Como o cultivador da parábola, Deus nos envia o socorro necessário, enquanto tardamos na discussão inútil e vazia, por isso ou por aquilo, nos considerando melhores que o outro; menosprezando, discriminando, julgando… O problema de um, precisa ser visto como problema de todos. A dor que hoje visita a outrem, amanhã pode nos visitar. Enquanto perdemos tempo em querelas sem noção, a seiva da vida nos é furtada pelo orgulho, a vaidade, o egoísmo, arrogância, presunção e tantas outras pragas, sem que nos demos ou queiramos nos dar conta.

A humildade, assim como a singela joaninha, nos traz o remédio. Pensemos nisso.

12 comentários:

  1. Boa noite de paz interior, amigo Antonio!
    Ontem em nossa reunião, o tema foi humildade e acabou num algomerado de egos inflados que me deu medo e aos que, calados, ouvíamos tanta soberba reunida.
    Excelente postagem.
    Vamos ser joaninhas bondosas e felizes!
    Tenha dias abençoados!
    Abraços fraternos de paz e bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ninguém é melhor do que ninguém. Quem se acha, só se perde. Humildade é a é grandeza de verdade, o resto é resto.

      Te convido: 😎 Leia uma postagem sorteada para você.
      Um abraço. Tudo de bom.

      Excluir
  2. Boa noite meu amigo... Que maravilhosa parábola... Com um lindo ensinamento de humildade e amor... Parabéns... Gratidão sempre.

    ResponderExcluir
  3. Fantástico, como sempre! Bom dia!!

    Desculpe o atraso, estou com dificuldades em aceder aos blogues incluindo o meu, desde ontem.
    .
    Afeição aos silêncios.
    Beijo e um bom fim de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A natureza é uma transbordante fonte de lições para a vida.

      A CÉU também me relatou essa dificuldade de acesso, o Blogger parece estar apresentando instabilidades em algumas localidades.

      Te convido para ler: 😎 Disposófobo, acumulador, acumula dor.
      Um abraço. Tudo de bom.

      Excluir
  4. E as joaninhas estão em vias de extinção por conta de tantos banhos insetricidas que cobrem o mundo...
    Gostei da sua parábola, a humildade vivida e não pregada é um bem inestimável.
    Abraço, Amigo.
    ~~~~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As joaninhas, as abelhas e por extensão, a própria humanidade, envenenada pela ignorância, ambição, descaso e sobretudo, a falta de humildade.

      Te convido para ler: 😎 Disposófobo, acumulador, acumula dor.
      Um abraço. Tudo de bom.

      Excluir
  5. Boa noite Antonio.

    Gotei imenso do post, grandioso e oportuno, poucos nesse mundo conhhecem e são verdadeiramente humildes, a arrogância é abominável , enquanto isso a humildade é uma virtude luovável.
    agradecida pela visita.
    saudações.

    ResponderExcluir
  6. Existem personalidades incompatíveis, ou porque são pessoas erradas nos lugares certos,ou as pessoas certas nos lugares errados, mas equipes exigem algumas prédefinições, pontos em comum,enfim,existem muitas soluções pacíficas para uma não convivência antagonista. Pena que o meu estudo não está ao alcance da internet. Go to church again, é o que eu digo a mim mesma. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A humildade é a bússola para nos nortear para fora desse círculo estreito das incertezas. O resto é orgulho e tola vaidade.

      Te convido para ler: 😎 Disposófobo, acumulador, acumula dor.
      Um abraço. Tudo de bom.

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.




Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Troféu rosa da amizade/Afeto.


Rosa da amizade/Afeto do Poetizando e encantando da Professora Lourdes..




Follow
View My Stats

DMCA.com Protection Status


@INSTAGRAM