O dito e o grito - A arte da vida. Apon HP

Bom estar com você aqui no A ARTE DA VIDA. APON HP!


Siga-nos

Dê um toque. Leia um escrito especialmente sorteado para você. Clique na figura abaixo.
Clique aqui, para ler um texto aleatoriamente selecionado pelo sistema.

O dito e o grito

Publicado em sexta-feira, 31 de janeiro de 2020



... Tolice, culpar à Deus, à natureza; tragédia é a nossa dureza, crueza de não saber viver. O deflorar de fauna e flora, desflorar, grana que desarvora, desumano proceder. Querer se faz bonança ou tempestade, tristeza ou felicidade; ventura, desventura do escolher. A natureza posta à parte, cedo ou tarde pede aparte; repreende forte, reclama, o homem que então clama...




Raios de sol entre nuvens. #PraCegoVer

O desiderato a gente traça,
nas escolhas que abraça,
no fazer e desfazer.
O que a gente dita a vida grita,
faz eco à nossa escrita;
a estiagem, o chover.
Nuvens vagam ao sopro do destino,
passam, tardam...
Marcam o atinar, o desatino.
Chove dor ou alegria,
desventura ou poesia,
meteorologia do humano escrever.
A estufa e seu efeito,
defeito a poluir;
o construir que mais destrói,
a cobiça que corrói,
progresso a regredir.
O que a gente dita a vida grita,
responde alto e eloquente,
incoercível e bem fluente.
Tolice,
culpar à Deus, à natureza;
tragédia é a nossa dureza,
crueza de não saber viver.
O deflorar de fauna e flora,
desflorar, grana que desarvora,
desumano proceder.
Querer se faz bonança ou tempestade,
tristeza ou felicidade;
ventura, desventura do escolher.
A natureza posta à parte,
cedo ou tarde pede aparte;
repreende forte, reclama,
o homem que então clama,
escuta da lida:
É tarde.

Enquanto é tempo, é bom aprender:
O que a gente dita a vida grita.

16 comentários:

  1. Respostas
    1. Brilhante inspiração é perceber a realidade da vida para fazer do viver uma poesia.

      Um abraço e bom fim de semana. Tudo de bom.
      A ARTE DA VIDA. APON HP 💗 Textos para sentir e pensar.

      Excluir
  2. Olá, Tonico!

    Tuas palavras poéticas estão certas e mto agradáveis de se lerem. O jogo que tu fazes com as palavras, me encanta.

    A natureza dá sempre a resposta às nossas atitudes, e, "quem semeia ventos, colhe tempestades", como diz o provérbio.

    Um dia, o coração do universo nos porá na ordem, disso não tenho dúvidas, mas até lá, vamos fazendo disparates atrás de disparates.

    Desculpa eu aparecer poucas vezes por cá, mas tu sabes que meu tempo é reduzido e para escrever: Lindo ou sublime, não faz meu género.

    Já fui top comentarista do teu blog, mas creio que isso aconteceu em 2011, 12 e 13, mas depois as coisas mudam e o tempo parece k diminuiu. Entretanto, tive, ainda tenho, mas menos, o problema das minhas mãos, que em 2011 estavam ótimas, agora já passaram por duas cirurgias.

    Gosto da imagem que escolheste, que sinceramente não sei se representa o nascer ou o pôr do sol. Sei k gosto mto, isso eu sei.

    Beijos, um big abraço e bom final de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Raios de sol atravessando as nuvens de um alvorecer ou entardecer, a poética beleza da natureza que o ser desumano está destruindo e sentenciando a si mesmo para morrer. Sim, o tempo muda, as coisas mudam e as dificuldades vão nos furtando oportunidades. Mas, vez por outra, é bom dar uma fujidinha desse círculo vicioso que a cronologia vai nos impondo.

      Por fim essa música que pode representar nessa sua borboleta, cada ser humano que precisa salvar para ser salvo:

      https://www.youtube.com/watch?v=6psdVWoaJ6g

      Proteção às borboletas
      Benito di Paula
      Eu sou como a borboleta
      Tudo o que eu penso é liberdade
      Não quero ser maltradado,
      Nem exportado desse meu chão
      Minhas asas, minhas armas,
      Não servem para me defender
      As cores da natureza pedem
      Ajuda pra eu sobreviver
      Você que me vê voando
      Como a paz de uma criança
      Você sabe a minha idade
      Eu sou sua esperança
      A ordem da humanidade
      Não deve ser destruída
      Quando eu voar me proteja
      )Sou parte da sua vida
      Eu sou como a borboleta...


      Um abração. Tudo de bom.

      Excluir
    2. Olá, amore mio (rs-assim o post já está ficando com jeito-rs)!

      Isso mesmo! O tempo passa e novas situações, boas e más, vão acontecendo, mas eu amo a vida, apesar dos pesares.

      Que belo momento musical tu me proporcionaste! Obrigada! Lindo o vídeo, com imagens só de borboletas fabulosas e multicolores. A letra é mto realista e é tão bom ser como a borboleta, livre, linda e leve.

      Beijão e bom fim de semana.

      Excluir
    3. Viver o melhor possível é o caminho, aproveitar o melhor de tudo e de todos, valorizando, usando a dádiva do tempo em nosso favor. Já que não temos as asas físicas de uma borboleta; voemos no pensamento, nos sonhos, na esperança de dias sempre melhores.
      Um abração.

      Excluir
  3. Boa noite de muita paz, amigo Antonio!
    Nós mesmos fizemos o estrago, agora é colher os desastres.
    Mesmo consciente de nossa responsabilidade, oro pedindo a Deus clemência.
    Tenha um final de semana abençoado!
    Abraços fraternos de paz e bem

    ResponderExcluir
  4. Teu blog não gosta dos meus comentários, Tonico-rs rs rs. O que aqui deixei, ontem, ainda não está visível e já são aqui quase 15:00. Provavelmente, e após publicar esse, aparece o de ontem. É sempre assim. Me parece, por outro lado, k teu blog quer sempre mais e mais-rs.

    Bisous et bom week-end.

    ResponderExcluir
  5. Agora, tá tudo no lugar certo, ou seja, como nós queremos e gostamos.

    Inté!

    ResponderExcluir
  6. «O que que a gente dita, a vida grita»
    E ditou-se de mais...

    Cabe-nos a tarefa de nos insurgirmos.
    Depois de muita luta, só agora os dirigentes mundiais se reuniram para estudarem o aquecimento global...

    Excelente poema de intervenção cívica.
    APLAUSOS.
    Bom e feliz fim de semana.
    Abraço amigo.
    ~~~~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ditou-se, editou-se e reeditou-se demais e indevidamente. Agora, é correr atrás do prejuízo e ter juízo! Pois, de que vai adiantar tanta grana se se não tiver como e onde gozar? Triste e burro capitalismo antropofágico.

      Um abraço. Tudo de bom.
      A ARTE DA VIDA. APON HP 💗 Textos para sentir e pensar.

      Excluir
  7. Coucou, meus comentários sumiram de novo. Inté!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você e o blog ficam brincando de esconde-esconde que nem duas crianças. Rs rs rs...

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.




Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Troféu rosa da amizade/Afeto.


Rosa da amizade/Afeto do Poetizando e encantando da Professora Lourdes..



|Siga-nos|Livros|Clima e cotações|Faça uma doação|



Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira Apon. E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Fale conosco.





Follow
View My Stats

DMCA.com Protection Status


@INSTAGRAM