Ciúme, perigosa flecha - A arte da vida. Apon HP

Bom estar com você aqui no A ARTE DA VIDA. APON HP!


Siga-nos

Dê um toque. Leia um escrito especialmente sorteado para você. Clique na figura abaixo.
Clique aqui, para ler um texto aleatoriamente selecionado pelo sistema.

Ciúme, perigosa flecha

Publicado em segunda-feira, 4 de maio de 2020



... Alveja o amor a seta incerta, a vã porfia do desconfiar, insana vilã em vão delírio; averso amar. Sufoca a flor, o bem-me-quer do bem querer para colher miragens, daninhas ervas, vis quimeras...



Mal-me-quer. #PraCegoVer

O ciúme qual flecha louca,
transloucada,
solta, desarvorada;
deixar do arco sem pra que,
sem um porque de ser.
Desatinar sem rumo,
vagar na desrazão,
acerta um alvo: a ilusão.
Alveja o amor a seta incerta,
a vã porfia do desconfiar,
insana vilã em vão delírio;
averso amar.
Sufoca a flor,
o bem-me-quer do bem querer
para colher miragens,
daninhas ervas, vis quimeras...
Perigosa, a ciumenta, virulenta flecha.

Dê uma espiadinha em nossas postagens mais recentes:



4 comentários:

  1. Bom dia:- Numa relação não é mau ter um pouco de ciúme. É mau é um ciúme doentio, que massacra, fere, dilacera. Esse sim, é intolerável.
    .
    Uma boa semana
    Cuide-se

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde abençoada, amigo Antonio!
    Mais uma postagem frisando a erva daninha do ciúme, realmente é um sentimento negativo e insistente.
    Gostei dos dois posts que li agora cheio de muito boas imagens que exemplifica a questão.
    Tenha dias abençoados!
    Abraços fraternos

    ResponderExcluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.




Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Troféu rosa da amizade/Afeto.


Rosa da amizade/Afeto do Poetizando e encantando da Professora Lourdes..



|Siga-nos|Livros|Clima e cotações|Faça uma doação|



Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira Apon. E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Fale conosco.





Follow
View My Stats

DMCA.com Protection Status


@INSTAGRAM