O cobrador de Santo Antônio - A arte da vida. Apon HP

Bom estar com você aqui no A ARTE DA VIDA. APON HP!


Siga-nos

Dê um toque. Leia um escrito especialmente sorteado para você. Clique na figura abaixo.
Clique aqui, para ler um texto aleatoriamente selecionado pelo sistema.

O cobrador de Santo Antônio

Publicado em segunda-feira, 15 de junho de 2020



Tem casos que parecem coisa de ficção, mas, a realidade costuma aprontar das suas e o cobrador de Santo Antônio, sem prestígio, voltou de mãos vazias.



Santo António com o Menino Jesus em pintura de Stephan Kessler. #PraCegoVer

Festa de Santo Antônio naquela cidadezinha do Recôncavo Baiano, arrematados os melhores prêmios no “leilão do santo”, chegou a hora de serem leiloados os jumentos. O leiloeiro apregoou:

- Vamos lá meu povo, tirar o escorpião do bolso! Esse jumento forte e bem dotado, é pau pra toda obra! O lance mínimo é de cinquenta reais, quem dá mais?! …

cinquenta e cinco… - Sessenta! … - Sessenta e cinco! - foram os lances oferecidos. E o pregoeiro:

- temos sessenta e cinco. Quem dá mais? … Eu ouvi 70? … Quem dá mais? ... dou-lhe uma, dou-lhe duas, dou-lhe…

Professora Rosinha, que tinha tomado todas, mais algumas e já tava pra lá do whisky de São Patrik, quase falando irlandês ela gritou:

- Oitenta! Eu pago oitenta!

Assim foram um, dois, três… No dia seguinte, professora Rosinha, ao abrir a porta de casa, foi surpreendida pelos sete jumentos que tinha arrematado. Desesperada, correu até a praça da matriz, atrás de Felício, o aguadeiro da região, propondo-lhe a venda dos animais:

- Quanto o senhor dá nesses bichos?

- Eu dô dez conto fessora!

Assim, por esse preço, foram vendidos. Dois meses de pois, Benedito, tesoureiro da igreja, bateu na porta da professora:

- Vim cobrar os jumentos de Santo Antônio, que a senhora arrematou.

- Devo, não nego. Pago quando o dono vier cobrar. - respondeu professora Rosinha.

Como sempre digo: Eu até aumento, mas, não invento. Esse é mais um caso surreal da vida real.

Dê uma espiadinha em nossas postagens mais recentes:



6 comentários:

  1. Nos devaneios da vida está a beleza da sua essência.
    .
    Desejando uma terça-feira feliz
    Cumprimentos

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde de paz, amigo Antonio!
    Interessante o conto.
    Não o conhecia e deixa uma mensagem engraçada...
    Tenha dias abençoados!
    Abraços fraternos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse conto é inédito, em cima do que me contou a própria "professora Rosinha", eu o escrevi, mudando os nomes das pessoas e dando forma literária aos fatos.

      Um abraço. Tudo de bom.
      A ARTE DA VIDA. APON HP 💗 Textos para sentir e pensar.

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.




Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Troféu rosa da amizade/Afeto.


Rosa da amizade/Afeto do Poetizando e encantando da Professora Lourdes..



|Siga-nos|Livros|Clima e cotações|Faça uma doação|



Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira Apon. E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Fale conosco.





Follow
View My Stats

DMCA.com Protection Status


@INSTAGRAM