É a pedra que vai no caminho - Apon na arte da vida

Bom estar com você aqui no APON NA ARTE DA VIDA!



Leitura sorteada - Nossos vídeos

Postagem em destaque

Uma boa notícia, é sempre uma notícia boa

Nesses tempos em que sobrevivemos sob um temporal de notícias ruins, onde tudo parece perdido e até a esperança definhar, ameaçada por me...

É a pedra que vai no caminho

Publicado em terça-feira, 9 de março de 2021


Mão com pedra. #PraCegoVer

é o tropeço, a queda;
é a pedra que vai no caminho;
da palha, capim, barbante, da malha;
da sobra do que sobra,
pássaro faz o seu ninho,
enquanto a gente, acumulando o que falta,
faz faltar mais carinho.
Falta amor e empatia,
falta esperança e poesia;
acordar a alegria,
permitir à vida sonhar.
É o tropeço, é a queda,
a pedra que atrapalha o caminho.
O cada um por si,
aglomerando egoísmo,
o cavar de um abismo,
ego de per si.
Sem máscara para a distonia,
sem distância, sem filtro;
virulenta agonia.
A choradeira? A frescura? O mimimi?
O faltar da vacina,
é a cova, ´é a sina;
é o tropeço, a queda;
a insana pedra que atravanca o caminho.


Se ainda não se inscreveu, inscreva-se em nosso canal, clique no sininho para escolher receber nossas notificações, ser avisado(a) dos vídeos novos. E não esqueça de dar seus likes. Conto com você! Obrigado.


Antonio Pereira Apon.

Siga-nos

Dê uma espiadinha em nossas postagens mais recentes:


8 comentários:

  1. Bom dia, Antonio!
    Mais uma poesia incrível!
    Parabéns! Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vacinados contra o mal, retiraremos as pedras do caminho, para que dias mais poéticos possam chegar.

      Um abraço. Tudo de bom.
      APON NA ARTE DA VIDA 💗 Textos para sentir e pensar & Nossos Vídeos no Youtube.

      Excluir
  2. Oi, querido Tonico!

    Há sempre uma pedra no nosso caminho e há que a retirar para a gente passar e caminhar.
    Gostei muito do teu poema, todo bem pensado e repleto de antíteses, tua especialidade.

    Fizeste referência ao teu poema "A Pedra", que tem sido plagiado várias vezes e em diversos idiomas, quando o verdadeiro autor dele és tu.

    Mas deixa de frescura e de mimimmi -rs.

    Beijos e gostei de escutar tua voz declamando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vivemos num país empedrado pela ignorância negacionista, das frescuras e mimimis ideológicos a choradeira armada dos desamados desalmados, que fazem do poder, pasto da estupidez, onde ruminam maldades, incompetências, despreparo e desvacinada burrice. Pedras que hão de ser retiradas do caminho.

      Pois é, falando em pedra, aproveito para lembrar o meu poema e o plágio, tão infame, quanto a falta de vacina por aqui.

      Um abraço. Tudo de bom.
      APON NA ARTE DA VIDA 💗 Textos para sentir e pensar & Nossos Vídeos no Youtube.

      Excluir
  3. Abundam as pedras, vamos contornando, felizes por ainda podermos singrar...

    Mais um excelente poema, amigo António.
    Tudo pelo melhor. Abraço
    ~~~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso! Contornando, ultrapassando, vencendo, dando utilidade às pedras... Mas sem se deixar deter. Avante, sempre!

      https://youtu.be/VkNDIiEK5xA

      Um abraço. Tudo de bom.
      APON NA ARTE DA VIDA 💗 Textos para sentir e pensar & Nossos Vídeos no Youtube.

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

@INSTAGRAM