Amor e tempo - Apon na arte da vida

Bom estar com você aqui no APON NA ARTE DA VIDA!


Vai comprar na internet? Amazon,Americanas, Shoptime, Submarino, Positivo... As melhores lojas e os menores preços, reunidos no Apon Magazine. Aqui você encontra de tudo: de alimentos à smartphones, de livros à notebooks, roupas, eletrônicos, brinquedos, pet, utilidades, joias e muito mais. Usamos a tecnologia Lomadee para reunir tudo num só lugar.

Quer ajudar? Faça um PIX e colabore.

Siga-nos

Dê um toque. Leia um escrito especialmente sorteado para você. Clique na figura abaixo.
Clique aqui, para ler um texto aleatoriamente selecionado pelo sistema.

Amor e tempo

Publicado em quinta-feira, 18 de novembro de 2021


Coração, amor e tempo. #PraCegoVer

Duas forças incoercíveis,
fúrias que intentamos conter:
de uma, nascemos e morremos cativos;
pela outra, vivemos a nos cativar.
Mas,
tempo que desembesta ou amor desembestado;
não presta, deixa o sujeito avexado.
Sob a tutela do tempo,
pelo amor apanhado;
não tem saída!
É dar jeito no sem jeito,
um ajeitar desajeitado.
Com tempo e amor não se brinca,
senão;
complica descomplicar.
Nada é como se quer,
só um querer, o que eles querem.
Tempo e amor,
democráticos dominadores.
Não adianta fingir que não existem,
pensá-los, senti-los relativos;
quando querem,
se fazem absolutamente absolutos.
Não tem Freud que explique,
nem Einstein para os teorizar.
Amor e tempo são sobre si.
Pior!
São sobre nós.


Se ainda não se inscreveu, inscreva-se em nosso canal, clique no sininho para escolher receber nossas notificações, ser avisado(a) dos vídeos novos. E não esqueça de dar seus likes. Conto com você! Obrigado.


Antonio Pereira Apon.

Siga-nos

Dê uma espiadinha em nossas postagens mais recentes:


26 comentários:

  1. Amor e tempo são sobre si.
    Pior!
    São sobre nós.
    Linda poesia, Antônio
    Gostei imenso de ler.
    Um grande abraço
    Verena.

    ResponderExcluir
  2. Amor e tempo é uma associação muito original
    que resultou num belo poema de afinidades...
    Parabéns pelo talento e engenho, amigo. Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Agora nada é eterno!
    Porém, amei ler e ouvir o seu poema. Parabéns, Poeta!
    -
    Silêncios escutados com serenidade
    -
    Beijo e um excelente noite:)

    ResponderExcluir
  4. Olá, amigo Antonio!
    O amor tem que prestar, não se brinca com ele.
    O amor é democrático, pacífico.
    É absoluto nos puros corações.
    Sobre nós todos recaia uma chuva Amorosa de ternura.
    Deus abençoe sua vida e a da sua família com toda sorte de bençãos.
    Abraços fraternos

    ResponderExcluir
  5. Antonio, grata por sua visita em meu "Baú de Guardados"...retorne sempre, será um prazer trocar impressões literárias. Por falar de impressões, o seu poema "A Pedra", me fez lembrar uns versos meus escritos com o mesmo mote...transcrevo aqui para compartilhar:
    A VIDA É PEDRA

    A vida é pedra
    rocha dura
    que sobre areia
    grão por grão solidifica
    montanha íngreme
    que ao cume busca o céu
    seixo rolado
    a deslizar por águas doces
    fóssil-foto
    da memória dos tempos...


    A vida é pedra
    dureza exposta
    caminho escarpado
    calhau liso
    fossilífero retrato das eras...

    Saudações poéticas, Genny Xavier

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com nossas pedras, vamos construindo pontes poéticas para o transitar da vida, inspirada pelo amor e o tempo.

      Um abraço. Tudo de bom.
      APON NA ARTE DA VIDA 💗 Textos para sentir e pensar & Nossos Vídeos no Youtube.

      Excluir
  6. Sim ! não tem Freud que explique ... rs
    Gostei muito Antonio
    Obrigada da visita

    ResponderExcluir
  7. O poema é lindo. A sua declamação deslumbrante de ouvir.
    .
    Cordiais saudações … feliz fim-de-semana
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderExcluir
  8. Olá, Antonio, gostei de ouvir,
    mas, amor exige paz e o doar-se antes de tudo!
    Não há lugar para os rancores e egoísmos.
    Uma feliz semana pra você.
    Muito obrigada pela sua visita.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  9. É um bom tema o amor e o tempo, e até que são compatíveis, mas devo fazer uma observação, a que foi plenamente demonstrada na ópera Cleópatra, a qual assisti tempos atrás, com um mestre de óperas discutindo o tema após a apresentação dos alunos operísticos, e pode parecer ingênua a reflexão que o professor mostrou aos presentes, e que se trata de uma divagação entre o amor atemporal e a conveniência política, o poder, pois Cleópatra amava Cesar, mas depois se casou com Marco Antonio e ninguém garante que foram felizes, mas fizeram um império. Aliás, a ópera Cleópatra vale a pensa! Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tempo e amor suscitam combinações insuspeitas e com as mais profundas consequências.

      No post mais novo, versamos sobre as dependências:

      https://youtu.be/nUQ5cKRhV5g

      Um abraço. Tudo de bom.
      APON NA ARTE DA VIDA 💗 Textos para sentir e pensar & Nossos Vídeos no Youtube.

      Excluir
  10. Oi, Tonico!

    Amor e tempo acho que se coadunam muito bem.
    O amor desperta em cada um de nós, o melhor que temos, e o tempo dá para consolidar o referido amor.
    Gostei muito do teu poema, das tuas afirmações.

    Beijos e tudo de bom.

    ResponderExcluir
  11. A imagem está perfeita: um relógio que me parece de bolso e um coração pertinho. Excelente!

    Beijos, meu querido amigo!

    ResponderExcluir
  12. Estive escutando o vídeo, que não comentei, mas tua declamação é algo de muito belo. Tens uma dição ótima.

    Inté, meu amigo!

    ResponderExcluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.




Se desejar, você pode usar o PIX para fazer uma contribuição de qualquer valor para o nosso Site/Blog.

Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Troféu rosa da amizade/Afeto.


Rosa da amizade/Afeto do Poetizando e encantando da Professora Lourdes..



|Siga-nos|Livros|Clima e cotações|Faça uma doação|



Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira Apon. E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Fale conosco.





Follow
View My Stats

DMCA.com Protection Status


@INSTAGRAM