Bom estar com você aqui no APON NA ARTE DA VIDA!


Hoje é dia de quê? - Pensamento do dia.

Leitura sorteada - Nossos vídeos - Nossos escritos mais recentes
Ofertas e promoções.

Encontre aqui

Brinquedo do tempo

Publicado em quarta-feira, janeiro 24, 2024


O tempo rege o destino que brinca com quem não sabe brincar; a vida não é brinquedo, é ensejo de melhorar, ressignificar a dádiva de se oportunizar.


O Senhor Tempo regendo o destino que movimenta gente qual marionetes enquanto algumas pessoas observam incapazes. Ilustração gerada por inteligência artificial Microsoft. #PraCegoVer #ParaTodosVerem

Enquanto a gente brinca,
ele,
que não é de brincadeira: vai!
Modela as nossas formas,
cada fase da nossa vida;
rabisca sorrisos e lágrimas,
risca as rugas do rosto;
pinta,
repinta os cabelos;
coreografa os passos,
escreve,
reescreve conosco;
ou a nossa revelia,
sentencia.
O que pra nós muito importa,
pra ele, desemporta.
Faz-se a porta,
que aparta o cá de dentro do de lá de fora.
Quase tudo é quase nada;
uma mesmidade,
uma cilada.
O tempo ditando o tempo;
uma tragicomédia,
triste piada.
Brincar com quem não é de brincadeira;
bobeira.



No Youtube, se ainda não se inscreveu, inscreva-se em nosso canal Apon na arte do viver., clique no sininho para escolher receber nossas notificações, ser avisado(a) dos vídeos novos. E não esqueça de dar seus likes. Conto com você! Obrigado.


Esse e muitos outros vídeos, você também encontra em nosso canal no Dailymotion.


4 comentários:

  1. Bom dia de Paz,, amigo Antônio!
    O tempo tem suas armadilhas.
    Ele é sorrateiro...
    Quando menos percebemos, já estamos perto das de juntar os ponteiros numa badalada fúnebre.
    Tenha uma nova semana abençoada!
    Abraços fraternos

    ResponderExcluir
  2. António, sinceramente vi-me baralhada quando abri o blog
    e vi-me aflita para encontrar o ''fio da meada''...
    O amigo é especialista em complicar o acesso às suas mensagens... É adepto do Tarot?
    Deixou de apreciar as minhas publicações, porque estou doente? Não esperava tal atitude de si.

    Quanto ao tempo, fez uma bela e interessante reflexão poética que dá gosto ler e ouvir.
    Ótimo Fevereiro. Abraço
    ~~~~~~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É justamente o contrário, descompliquei completamente; o visitante já cai direto na postagem, tendo apenas alguns poucos links no topo.

      Não sabia que já tinhas voltado a postar, tão somente por isso, não comentei.

      O tempo é sábio, precisamos nós, aprender com ele.

      Um abraço. Tudo de bom.
      APON NA ARTE DA VIDA 💗 Textos para sentir e pensar & Nossos Vídeos no Youtube.

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

Quem sou eu

Minha foto
Autor do poema: A pedra. O distraído nela tropeçou... Procurando escrever em prosa e verso com a arte da vida.

Se você deseja contribuir com nosso Blog/Site Apon na arte da vida ou com nosso canal Apon na arte do viver. Pode fazer um PIX de qualquer valor. No app do seu banco ou carteira digital, basta copiar e colar a chave abaixo.



Siga-nos

Dê um toque. Leia um escrito especialmente sorteado para você. Clique na figura abaixo.
Clique aqui, para ler um texto aleatoriamente selecionado pelo sistema.

Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Troféu rosa da amizade/Afeto.


Rosa da amizade/Afeto do Poetizando e encantando da Professora Lourdes..



|Siga-nos|Livros|Ofertas e promoções.|Clima e cotações|Faça uma doação|Nossos escritos mais recentes|



Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira Apon. E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Fale conosco.



A pedra. Poema de Antonio Pereira Apon.

Esse meu poema: A pedra. Continua aparecendo na Internet em versões equivocadas: Primeiro o “Autor desconhecido” e os plagiadores, depois, como de Chaplin, Fernando Pessoa... Agora surge como de Renato Russo ou sem citar a autoria (Sobretudo no Instagram). Peço ao amigo leitor. Que divulgue, alerte e esclareça em seu Blog, Site, Rede social, Grupo, Lista...O real autor é Antonio Pereira Apon.
Para mais esclarecimentos:

Clique aqui, para ler todos os esclarecimentos.

View My Stats

DMCA.com Protection Status


@INSTAGRAM