Professores aposentados da Bahia recebendo muito abaixo do piso nacional


Bahia nega direito de professores aposentados, desrespeitando a lei impondo proventos aviltantes e ferindo a dignidade de quem trabalhou pela educação do estado. Vergonha! Tem até professor em atividade, sem receber o piso. E o desmonte do Planserv? Triste Bahia!


Professores aposentados de mãos estendidas e com livros no chão em frente a uma escola destruída. - Ilustração produzida por Inteligência artificial da Microsoft. #PraCegoVer #ParaTodosVerem

De forma vergonhosa e ilegal, o Governo do Estado da Bahia, a 17 anos comandado pelo partido, dito, dos trabalhadores e defensor do social, vem descumprindo a lei do piso do magistério no que concerne aos professores aposentados, negando a estes o piso garantido pela legislação em vigor.


Tem aposentado com nível superior, enquadrado no regime de 40Hs, recebendo menos de 30% de um professor em atividade, humilhantes menos de dois salários mínimos. Nem estamos aqui pedindo equiparação ou coisa parecida, mas o mínimo respeito em se pagar o que é devido a quem trabalhou pela educação desse estado.


Na página de perguntas e respostas do Ministério da educação: https://planodecarreira.mec.gov.br/perguntas-frequentes#:~:text=Lei%20do%20Piso%3F-,Sim.,cada%20prefeitura%20ou%20governo%20estadual. A resposta de número nove é mais que clara:
9. “Os aposentados e pensionistas são contemplados pela Lei 11.738/2008 – Lei do Piso?”

“Sim. De acordo com o artigo 2º, parágrafo 5º, da Lei nº 11.738, as disposições relativas ao piso salarial nacional são aplicáveis às aposentadorias e pensões dos profissionais do magistério público da educação básica, de modo adequado ao regime próprio adotado em cada prefeitura ou governo estadual. Assim, o pagamento do piso nacional deve ser assegurado também aos profissionais do magistério público inativo e pensionista.”


Se lembrarmos que o atual governador foi Secretário da Educação e usou a qualidade no sistema de ensino como mote de sua campanha, o descalabro se revela ainda maior. Se fosse nos tempos do “carlismo”, os poderosos de hoje, com justa razão”, estariam bradando em nosso favor, junto com seu tentáculo sindical, a APLB e sua “eterna diretoria”. Agora fica todo mundo fazendo cara de paisagem, enquanto os professores aposentados da Bahia, padecem com seus parcos salários. Até quando? Quem vai reparar tal crime? Ou será tudo uma orquestração para advogados lucrarem com a judicialização? Perguntar não ofende; essa aposentadoria sim, ofende muito.


Antonio Pereira Apon

Autor do poema: A pedra. O distraído nela tropeçou... Procurando escrever em prosa e verso com a arte da vida.

4 Comentários

Obrigado por sua visita. Agora que terminou a leitura, que tal deixar seu comentário na caixa de comentários abaixo? Sua interação é muito importante. Obrigado.

  1. Boa noite de Paz, amigo Antônio!
    Não estamos diferentes no RJ.
    É uma grande vergonha nacional.
    Menos que dois salários mínimos é uma piada conosco.
    A sociedade depende dos professores e não se valoriza absolutamente a classe, a categoria.
    Um verdadeiro absurdo é ser aposentado no magistério e receber tal remuneração.
    Tenha dias abençoados!
    Abraços fraternos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Enquanto a sociedade deseducada briga atrás de ideologia, politiqueiros de direita e de esquerda maltratam assim o professor. Eles não gostam de professor nem querem saber de educação, apenas jogo de cena para um gado adestrado e emburrecido.

      Um abraço. Tudo de bom.
      APON NA ARTE DA VIDA 💗 Textos para sentir e pensar & Nossos Vídeos no Youtube.

      Excluir
  2. Eu saí da Bahia,mas a Bahia,jamais sairá de mim.Eu milito na esquerda,mas meu voto não é encabrestrado. Lutei mto,qd aí morava,para derrubar o Carlismo, acreditando nas promessas do Jaques ,mas tomando na cara o não cumprimento,vejo que a Bahia perpetuou com Rui Costa,e agora este tal Jerônimo. Pior, há mais de 30 anos ,um sindicato pelego.Como pode mudar,se a classe é desunida e.mtos estão recebendo seus bons proventos?




    ado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esquerda ou direita, quando chegam no poder são tudo farinha do mesmo saco. Precisamos mesmo é tomar vergonha na cara e lutarmos por nossos direitos sem tomar partido de politiqueiro de nenhum matiz ideológico. Esse sindicato e nada, é a mesma coisa. Triste situação dos professores.

      Um abraço. Tudo de bom.
      APON NA ARTE DA VIDA 💗 Textos para sentir e pensar & Nossos Vídeos no Youtube.

      Excluir
Postagem Anterior Próxima Postagem

Pular para comentários.



Pular para comentários.


Clique na imagem acima para ler uma postagem sorteada especialmente para você.


Clique para ler: A pedra.            Poema de Antonio Pereira Apon.

Clique na imagem do escultor para ler: A pedra. Nosso poema que tem sido plagiado.




Fale conosco.


Assista nossos vídeos, inscreva-se no Apon na arte do viver.



Se ainda não se inscreveu, inscreva-se em nosso canal, clique no sininho para escolher receber nossas notificações, ser avisado(a) dos vídeos novos. E não esqueça de dar seus likes. Conto com você! Obrigado.