Reendereço; sentimento da emoção, alquimia da poesia

br />

O poema de cada dia; reendereçar o destino de sentires e pensares na alquimia do viver e lidar. Por alma nas palavras pra vida versar, ressignificar. Todo dia, fazer ser, dia da poesia.


Livro aberto com amarelecidas folhas outonais caídas sobre ele. #PraCegoVer #ParaTodosVerem

A poesia tem um quê de feitiço,
uma espécie de magia;
alquimia do versar.
Ela põe alma nas palavras,
faz o pensamento voar.
Ao melhor da vida inspira,
convida a lida a se inspirar.
Reúne o amor e a confiança,
convoca a resiliente esperança,
bota fé pra ninguém desesperar.
Versa a tempestade e a bonança,
pinta sorrisos de criança,
lembra, relembra e confirma:
Todo mal vai passar!
Tece versos do destino,
trama nas tramas do tempo,
pro existir o tino,
desmentido desatinar.
Metrificada ou livremente versada,
rimada ou em versos brancos arrumada,
estudada, improvisada,
encantada musa.
No seu dia, que se refaz todo dia;
Verseja a tudo e todos:
os rancores e apreços,
as flores nascidas dos lodos,
os fins e os começos,
o humano reendereço,
poético futuro reendereçar.



Antonio Pereira Apon

Autor do poema: A pedra. O distraído nela tropeçou... Procurando escrever em prosa e verso com a arte da vida.

13 Comentários

Obrigado por sua visita. Agora que terminou a leitura, que tal deixar seu comentário na caixa de comentários abaixo? Sua interação é muito importante. Obrigado.

  1. Foi nessa idade que a poesia me veio buscar
    Não sei de onde veio
    Do inverno, de um rio
    Não sei como nem quando
    Não, não eram vozes
    Não eram palavras
    Nem silêncio
    Mas da rua fui convocado
    Dos galhos da noite
    Abruptamente entre outros
    Entre fogos violentos
    Voltando sozinho
    Lá estava eu sem rosto
    E fui tocado.
    (Pablo Neruda)

    Amigo Antônio, boa tardinha de Poesia!
    Feitiço, magia, alquimia...
    Você, uma vez mais, colocou alma nas palavras.
    "Bota fé pra ninguém desesperar."
    Sensacional!
    Li algo uma vez, que nunca me esqueci: Deus é Poeta.
    Lembrei agora quando li o verso que recortei acima.
    Fui percorrendo cada linha do seu poema com serenidade e avidez ao mesmo tempo... devido ao fato de que sabia viria um lindo desfecho.
    Reendereçar nosso futuro pela Poesia é magnânimo.
    Sua participação fez diferença em nossa homenagem à Musa do mês.
    Seja muito feliz e abençoado!
    Abraços fraternos com carinho de gratidão e estima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde António,
      O seu poema é fantástico!
      Disse tanto sobre poesia.
      Ela solta-se e tantas vezes imaginamos o que vai abarcar.
      Como a vida é melhor levada nas asas da poesia! Torna-se leve e nos arrasta com ela,como se fossemos simples plumas ao vento.
      Como sempre bela participação neste convívio poético de Rosélia.
      Beijinhos,
      Emília

      Excluir
  2. Lindo poema com muita criatividade e magia do realizado pela poesia. Abraços. Parabéns.

    ResponderExcluir
  3. Tonico, meu amigo!
    Quero e espero que estejas bem. Por aqui vamos caminhando.
    Que belo poema que fala da magia da poesia. Ela é tudo e está em todos os lugares.
    Beijos e bom mês de março.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ubíqua poesia, bem que podia inspirar gente melhor. Ela está aí para todos os que a querem, infelizmente, muitos preferem a despoesia do mal.

      Por aqui, tudo em poética tranquilidade, desentulhando sempre.

      Um abraço. Tudo de bom.
      APON NA ARTE DA VIDA 💗 Textos para sentir e pensar & Nossos Vídeos no Youtube.

      Excluir
  4. Caro Antônio Apon
    Embrenhei-me nesta definição da Poesia, que lava a Alma.
    Nela nos comprazemos nos momentos mais difíceis mas
    também nos de alegria e felicidade.
    Adorei a sua participação nesta Festa da Poesia, que a nossa
    amiga Rosélia promoveu, durante este Mês.
    Grande abraço
    Olinda

    ResponderExcluir
  5. Que maravilha,Antonio!
    Ficou belíssima tua participação em mais essa iniciativa da querida Roselia!
    abração, chica

    ResponderExcluir
  6. A poesia nos envolve, nos enfeitiça e nos torna magos das palavras fazendo o elixir da alquimia em versos se transformar
    Uma inspiração belíssima
    Meus aplausos para sua obra poética
    Beijinhos

    ResponderExcluir
Postagem Anterior Próxima Postagem

Pular para comentários.


Clique na imagem acima para ler uma postagem sorteada especialmente para você.


Clique para ler: A pedra.            Poema de Antonio Pereira Apon.

Clique na imagem do escultor para ler: A pedra. Nosso poema que tem sido plagiado.




Fale conosco.


No Youtube, se ainda não se inscreveu, inscreva-se em nosso canal Apon na arte do viver., clique no sininho para escolher receber nossas notificações, ser avisado(a) dos vídeos novos. E não esqueça de dar seus likes. Conto com você! Obrigado.


Esse e muitos outros vídeos, você também encontra em nosso canal no Dailymotion.