Por um feliz natal e ano novo - A arte da vida. Apon HP


Obrigado por sua visita. Boa leitura!



Clique para exibir/ocultar os posts mais recentes e mais opções do Site.

sábado, 8 de dezembro de 2012

 

                    Por um feliz natal e ano novo              

     

... o mundo externo só mudará, quando modificarmos nosso mundo interior e contagiarmos positivamente o outro com nosso exemplo acendendo um rastilho de luz, iniciando um ciclo virtuoso rumo a natais verdadeiramente felizes e anos novos prósperos e fecundos...


Antonio Pereira Apon.


O planeta preso entre os prédios da cidade.


Desejamos para nós e para os que nos cercam, um feliz natal e um ano novo repleto do bom e do melhor. Mas.. O que temos feito para concretizar esses anseios? Qual tem sido a nossa colaboração, para que a vida possa conspirar favoravelmente a nós? Temos feito a nossa parte? Temos desempenhado bem o papel que nos cabe no grandioso palco do existir?


Viver é somar possibilidades, multiplicar esperanças, dividir oportunidades, subtrair diferenças. Recebemos aquilo que damos, colhemos o que plantamos:


Hoje somos mais tolerantes e menos preconceituosos do que ontem?

Tornamo-nos mais fraternos, honestos, altruístas?

Damos mais importância ao ser? Ou ao ter?

Estamos preocupados com a preservação do meio-ambiente?

Valorizamos nosso voto e nossa cidadania? Ou aguardamos que outros façam o que a acomodação, e a indiferença nos impediram de fazer?


A felicidade, a paz e todo o bem que queremos, fazem parte de uma grande construção que começa em cada um de nós, o mundo externo só mudará, quando modificarmos nosso mundo interior e contagiarmos positivamente o outro com nosso exemplo acendendo um rastilho de luz, iniciando um ciclo virtuoso rumo a natais verdadeiramente felizes e anos novos prósperos e fecundos. Sem esse mergulho interior e a determinação em fazer acontecer, reeditaremos a cada ano; desejos não realizados, promessas não cumpridas, sonhos adiados, efêmeros costumes, estéreis formalidades.


Pense nisso! Tenha um Natal (com Noel), mas com muito mais Cristo e que a semeadura desse novo ano, seja o presságio de fartas colheitas nos anos vindouros.



(Postado aqui em 05 DE DEZEMBRO DE 2007).


Clique na imagem abaixo para ler outro post de fim de ano, sorteado pelo sistema:


Clique aqui.


Ou clique num dos links abaixo para ler outro post de fim de ano, já escolhido aleatóriamente pelo sistema:



Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

   
 
 

5 comentários:

  1. Apon, acho que são esses os questionamentos que devem permear nossas vidas. Até que ponto estamos fazendo a nossa parte para tornar nossa vida melhor? Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. è isso mesmo. O que temos feito? Reclamar, lamentar... Ou fazer a diferença?

      Obrigado Bia.

      Um abração e uma boa semana.

      Excluir
  2. OLá Anntonio querido, boa noite !!

    De fato, a verdadeira mudança no mundo se inicia com a nossa mudança do nosso mundo íntimo, da nossa postura e compreensão ante a vida.

    Que estejamos dispostos a encarar a nós mesmos, e promover o encontro com nossos próprios sentimentos, área ainda de nós tão pouco trabalhada.

    Feliz Natal hoje, amanhã e todos os dias, poeta.

    Beijos da LU...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esperar que os outros assumam a parte que nos cabe no cultivo da vida, é retardar um mundo melhor que começa em cada mente e coração.

      Obrigado Lú. Feliz natal para ti também.

      Um abração e uma boa semana.

      Excluir
  3. Boa noite amigo!
    Essa do Poetizando e Encantando, edição nª 15, resolvi postar nessa noite, para facilitar participação de todos. Esse e o da próxima semana que será o último de 2017 anteciparei uma vez que nas festas de fim de ano, reunimos familiares, e amigos pois são datas especiais e nada mais justo participarmos do poetizando dias antes e nessa edição o tema está propicio a data.
    Espero que gostem e desde já ficarei grata com sua participação que tanto valoriza esta brincadeira.
    Que neste Natal e em todos os dias do próximo ano, possamos fazer de Jesus nosso melhor amigo, pois Ele é o maior motivo do Natal e da nossa existência. Feliz Natal e um novo ano cheio de amor, paz, amizade, humildade e sabedoria.

    ResponderExcluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.



Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira Apon. E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Fale conosco.



Clique na imagem para ler um texto sorteado pelo sistema:
Textos para todos os dias. Curta a arte da vida!




Fique mais um pouquinho. Leia também...



Livros e vídeos:


Capa da segunda edição de : Essência.

>

Esse livro propõe uma incursão na alma humana, garimpando sentimentos e emoções, revelando-os em versos que retratam o homem moderno em sua incansável procura de si mesmo; seu contexto social, político e cultural em um mundo em transição.


Depois de 14 anos, atendendo a pedidos, estamos republicando Essência. Nessa segunda edição, incluímos o subtítulo: O livro do poema: A pedra. O distraído nela tropeçou... Numa referência ao nosso poema integrante dessa publicação, que, absurdamente, tem aparecido na internet com o nome de autores famosos: Fernando Pessoa, Renato Russo, Chaplin... Ou plagiadores. No endereço: (http://aponarte.com.br/apedra), o amigo leitor encontra todos os esclarecimentos, inclusive algumas das formas de como o plágio tem se apresentado.

Capa da segunda edição da : Coleção
                            Graziela.

>

Aqui, pais e professores encontram uma forma prazerosa e divertida, de abordar temas como: Cidadania, comportamento, respeito ao outro e à natureza... Em sete contos, compondo um jogo de arte e educação, onde lúdica e naturalmente aos pequeninos são apresentados conceitos de: Ecologia, solidariedade, diversidade, coletividade, tempo, responsabilidade, motivação, interatividade, participação...


Textos que parecem se renovar a cada dia, conservando impressionante atualidade e sintonia. Espero que gostem.

Capa de Um dedo de prosa e poesia. A arte da
                vida.

São 125 páginas com 89 títulos em verso e prosa de Literatura Nacional, num livro prefaciado pelo professor, escritor, poeta e trovador Orlando Carvalho. Crônicas, mensagens, poesias... amor, humor, reflexão, arte, cotidiano, atualidades, auto-ajuda, espiritualidade...