O Servidor e o Encosto - A arte da vida. Apon HP



Obrigado por sua visita. Boa leitura!




Para exibir/ocultar os posts mais recentes e mais opções do Site Clique aqui.

quinta-feira, 4 de outubro de 2018

 

                    O Servidor e o Encosto              

     

28 de outubro ...O Servidor público é gente de bem, cumpridor de seus deveres e merecedor de homenagens. Já o Encosto...



Antonio Pereira Apon.


Cafezinho.

A palavra Encosto é normalmente usada para designar um espírito obsessor que "não larga do pé" do sujeito. Mas, Encosto de verdade é o que encontramos no serviço público. O Servidor público é gente de bem, cumpridor de seus deveres e merecedor de homenagens. Já o Encosto... ...


Encontramos o Encosto geralmente encostado em algum lugar: Na mesa do colega que quer trabalhar e ele fica atrapalhando, na mesa do cafezinho, comprando lingerie, bijuteria, artigo de sex shop ou qualquer muamba. Também costuma ser visto encostado numa agência de jogo do bicho (fazendo uma "fezinha"), na portaria (tomando conta da vida alheia), fingindo "serviço externo", bajulando a chefia... ... ...


Enquanto o nome do Servidor é trabalho e sobrenome compromisso, o Encosto pode bem ser chamado de: Ponto Facultativo da Silva, Feriado dos Santos, Licença Prêmio de Oliveira, Má Vontade dos Anjos, Preguiça da Anunciação, Beltrano do Enforcamento ou algo que o valha.


Mas o Encosto alcança o topo na carreira de encostado, quando arruma um "à disposição" para se encostar de verdade ou arranja uma "boquinha" num sindicato e passa a sonhar com um encostinho muito bem remunerado na política.


28 de outubro é o dia do Servidor público. Não devemos esquecer de festejar e reconhecer esses valorosos trabalhadores.


E o Encosto?


Xô coisa ruim!!!



(Postado aqui em 26 DE OUTUBRO DE 2010).


Você também vai gostar de ler:

O servidor e o servido

Fantasma na repartição pública



   
 
 

2 comentários:

  1. Olá estimado Antônio,

    É de Outubro de 2010 esse texto, mas está atualíssimo, como se pode ver.
    O Brasil tem dia pra tudo. Desde que não seja feriado, tudo bem.
    Seu texto está tão inteligentemente escrito!
    Infelizmente, há sempre gente, que se encosta e progride à custa de outros ou à custa de coisa ilegal.

    Então quando me vai visitar à "prisão"?
    Amei seu comentário e me ri, imenso. Obrigada.

    Tenha um resto de bom domingo.
    Beijo da Luz, com estima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, luz.

      “Nunca antes na História desse país”, esse texto esteve tão conectado com a realidade. Estão nos transformando numa “republica sindical”, um Estado aparelhado para servir a Deus sabe lá quem. Dia 28 de outubro, as repartições públicas não funcionam. Boa parte dos “encostos” estão no parlamento, lá eles (dizem que) trabalham quatro dias por semana, quando não tem “recesso branco”, obstruções, trancamento de pauta... ...

      Quanto ao comentário em seu blog. É que aqui no Brasil. Tortura é crime hediondo, é inafiançável. Você com seus “requintes de crueldade”... Rs rs rs....

      Um abração.

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

Fale conosco:






Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira Apon. E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Fale conosco.



Clique na imagem para ler um texto sorteado pelo sistema:
Textos para todos os dias. Curta a arte da vida!




Fique mais um pouquinho. Leia também...



Livros e vídeos:


Capa da segunda edição de : Essência.

>

Esse livro propõe uma incursão na alma humana, garimpando sentimentos e emoções, revelando-os em versos que retratam o homem moderno em sua incansável procura de si mesmo; seu contexto social, político e cultural em um mundo em transição.


Depois de 14 anos, atendendo a pedidos, estamos republicando Essência. Nessa segunda edição, incluímos o subtítulo: O livro do poema: A pedra. O distraído nela tropeçou... Numa referência ao nosso poema integrante dessa publicação, que, absurdamente, tem aparecido na internet com o nome de autores famosos: Fernando Pessoa, Renato Russo, Chaplin... Ou plagiadores. No endereço: (http://aponarte.com.br/apedra), o amigo leitor encontra todos os esclarecimentos, inclusive algumas das formas de como o plágio tem se apresentado.

Capa da segunda edição da : Coleção
                            Graziela.

>

Aqui, pais e professores encontram uma forma prazerosa e divertida, de abordar temas como: Cidadania, comportamento, respeito ao outro e à natureza... Em sete contos, compondo um jogo de arte e educação, onde lúdica e naturalmente aos pequeninos são apresentados conceitos de: Ecologia, solidariedade, diversidade, coletividade, tempo, responsabilidade, motivação, interatividade, participação...


Textos que parecem se renovar a cada dia, conservando impressionante atualidade e sintonia. Espero que gostem.

Capa de Um dedo de prosa e poesia. A arte da
                vida.

São 125 páginas com 89 títulos em verso e prosa de Literatura Nacional, num livro prefaciado pelo professor, escritor, poeta e trovador Orlando Carvalho. Crônicas, mensagens, poesias... amor, humor, reflexão, arte, cotidiano, atualidades, auto-ajuda, espiritualidade...