Mágica dos números. A verdade por trás do “milagre” - Apon na arte da vida

Bom estar com você aqui no APON NA ARTE DA VIDA!



Leitura sorteada - Nossos vídeos

Postagem em destaque

Amigo Sol, amiga Lua... - 20 de julho, dia do amigo e da amizade

Amigo Sol, que vem cada dia colorir; amiga Lua, que a noite alumia com estrelas a luzir. Amigos pássaros cantantes, amigos pets brincante...

Mágica dos números. A verdade por trás do “milagre”

Publicado em quinta-feira, 27 de setembro de 2012


Dinheiro espalhado. #PraCegoVer

Índices divulgados por governantes, candidatos e políticos em geral, sempre despertam desconfiança. Mas, normalmente, não buscamos ver a “real realidade” por trás dos números. Temos sido insistentemente informados da ascensão da classe C, dos supostos 53% da população brasileira compondo a classe média. Só hoje eu entendi essa “mágica”. Quem ganha entre R$ 291 e R$ 1.019,00. Está convenientemente enquadrado entre os novos afortunados da economia nacional. Parece piada? Então ria (ou chore) mais:


“A nova classe média foi dividida entre a “baixa classe média”, com renda per capita entre R$ 291 a R$ 441, “classe média”, com ganho entre R$ 441 a R$ 641, e “classe média alta”, com rendimento entre R$ 641 a R$ 1.019...” “Além da três subdivisões de classe média, mais cinco foram feitas para enquadrar as diferenças de renda no país. A faixa “extremamente pobre”, com renda de até R$ 81, a “pobre mas não extremamente pobre”, com renda entre R$ 162 e R$ 291, a “vulnerável”, com renda entre R$ 291 e R$ 441, a “baixa classe alta”, com renda entre R$ 1.019 e R$ 2.480 e a “alta classe alta”, com renda acima de R$ 2.480. Os valores que compreendem essas denominações foram corrigidos de 2009 até abril deste ano...” Fonte: http://www.sae.gov.br/site/?p=12060.


Assim é fácil apresentar bons indicadores econômicos e “reduzir a pobreza”.


Antonio Pereira Apon.

Siga-nos

Dê uma espiadinha em nossas postagens mais recentes:


9 comentários:

  1. Amigo poeta querido Antonio!Isso só pode ser piada mesmo! Assim é mesmo possível "reduzir" a pobreza, matando-a de fome né!!!
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Piada de mal gosto. uma brincadeira sem a menor graça. Quanto despudor com o cidadão.

      Um abração.

      Excluir
  2. Respostas
    1. E o pior é que o povo parece gostar de ser enganado.

      Um abração e bom fim de semana.

      Excluir
  3. Com o devido respeito, penso que, igual a sair o euromilhões, é encontrar um político sincero e verdadeiro.
    .
    Saudações cordiais
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Enquanto os tolos brigam por políticos de esquerda ou direita, todos eles, manipulam números em desfavor do povo, na defesa de interesses, muitas vezes, inconfessáveis.

      Um abraço. Tudo de bom.
      APON NA ARTE DA VIDA 💗 Textos para sentir e pensar & Nossos Vídeos no Youtube.

      Excluir
  4. Bom dia de sábado, amigo Antonio!
    Um disparate que só lastimamos muito ao nos deparamos, cada vez mais, com a pobreza aos nossos pés pelas ruas espalhada.
    Está quase insustentável.
    É inconcebível!
    Tenha um final de semana abençoado!
    Abraços fraternos de paz e bem

    ResponderExcluir
  5. Que estratificação mais deprimente!
    Quem terá sido o autor?
    Ótima e bem adequada a sua ironia...
    Bom fim de semana, amigo. Abraço.
    ~~~~~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa coisa foi feita num governo de esquerda, que vive a criticar o mesmo mal feito da direita. Ou seja. São esterco do mesmo pasto, gatos do mesmo balaio, trocar seis por meia dúzia... Hoje a coisa está ainda pior, nesses tempos polarizados, a falta de opção está nos colocando entre o que não presta e o que não vale nada. Valha-nos Deus!!!

      Um abraço. Tudo de bom.
      APON NA ARTE DA VIDA 💗 Textos para sentir e pensar & Nossos Vídeos no Youtube.

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

@INSTAGRAM