Canto de canto, canto de cantar - A arte da vida. Apon HP
Bom estar com você!


Dê um toque. Leia um escrito especialmente sorteado para você. Clique na figura abaixo.
Clique aqui, para ler um texto aleatoriamente selecionado pelo sistema.

Canto de canto, canto de cantar

Publicado em domingo, 8 de janeiro de 2017



Poetizo o canto de todo canto, encanto de um canto qualquer: Tudo e nada, bruxa e fada, o que se foi e o que vier. Meu canto é a poesia a cantarolar, recanto, canto que te intenta encantar.


Antonio Pereira Apon.


Caneta nos ares.


Canto de cantar, canto de lugar,

encanto de ouvir ou lá estar.

Meu canto é a Poesia quem canta,

recanto de encantar;

não canto. Escrevo!

Eu só sei poetizar.

Poetizo a vida e a lida,

verso a pedra:

tropeçada, atirada ou empreendida,

assentada,

brincada, poetizada, acertada,

esculpida, diferenciada!

Terra, água, fogo e ar,

céu e mar,

elementar!

Poetizo o canto de todo canto,

encanto de um canto qualquer:

Tudo e nada,

bruxa e fada,

o que se foi e o que vier.

Meu canto é a poesia a cantarolar,

recanto, canto que te intenta encantar.

Canto que é lavra,

palavra!

Apalavrada composição.

Poética,

peripatética;

lírica e estética versação;

versa a ação,

versar da ação.

Inspirada ação,

inspiração!

Canto de Bragi e dos aedos,

rapsodos e bardos;

arautos do versar da arte:

Versar-te,

poetizar-te,

cantar-te…

Canto, encanto,

cantar da arte.



6 comentários:

  1. Lindo canto, a canção da vida, o sentir da alma, linda inspiração!
    Abraços apertados amigo Antonio, que caminhemos juntos de novo nesse novo ano, feliz 2017!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que em todo canto, o cantar de boas novas, acorde a esperança e o bem, inspirando renovados e renovadores tempos. Sigamos em frente! Felicidades mil!

      Um abraço.

      Excluir
  2. Apon, fico encantada como seu repertório a cada dia está mais aprimorado! Lindo cartar em prosa e verso! Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Eu sei, Professor, eu sei! São palavras homónimas (risos, mas são mesmo, agora, falando sério.

    E com o canto, no teu canto, fizeste uma obra prima, um palacete poético, onde eu gostaria, também, de habitar, mas me falta aquele talento pra trocadilho, pra entrosamento, que você trem aos molhos.

    A imagem é da tua autoria. Que linda! Estás escrevendo no céu. Parece, até. Gostei muito.

    Um beija-mão, do meu metro e meio (rs)!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vez por outra, nem eu sei de onde vem esse "brincar" com as palavras, jogar com os versos... É uma coisa que flui naturalmente e até me surpreende.

      A imagem se chama Apcaneta, faz parte de uma coleção que fiz ainda quando enxergava. Hoje, com tantos recursos e eu não posso aproveitar, tenho que me limitar às palavras, não posso mais "versar" com as formas, os traços, as cores... Isso as vezes me entristece...

      Um abraço e bom fim de semana.

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.





Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Troféu rosa da amizade/Afeto.


Rosa da amizade/Afeto do Poetizando e encantando da Professora Lourdes..



Follow
View My Stats

DMCA.com Protection Status


@INSTAGRAM