Felicidade. Sonho florido entre pedras - A arte da vida. Apon HP


Obrigado por sua visita. Boa leitura!



Clique para exibir/ocultar os posts mais recentes e mais opções do Site.

domingo, 26 de novembro de 2017

 

                    Felicidade. Sonho florido entre pedras              

     

... dali e daqui, ressurgir ressorrir; reflorir! Do inusitado, inesperado… Das pedras... Do lodo, o puro, lindo lírio, do desesperar à esperança, pós-tempestade...


Antonio Pereira Apon.


Entre pedras nasceu uma flor onde uma borboleta vem pousar.


No blog Filosofando na vida, a professora Lourdes nos convida a escrever uma frase, verso, poesia, pensamento, mensagem… Sobre uma imagem postada a cada domingo. Acima, a imagem dessa semana. Abaixo, a minha décima primeira participação nessa “brincadeira” intitulada: Poetizando e encantando.


Entre pedras áridas,

um versar de flor;

para fazer feliz minha felicidade,

que tem andado triste;

tentando desdoer a dor,

despetrificar a vida,

ressuscitar o amor.

Reencarnar de flor,

nesse eterno peito.

Descartando o vão,

a desrazão, desnoção...

Perdido desvivido,

“desavido” até então.

A poesia a florir,

dali e daqui,

ressurgir ressorrir;

reflorir!

Do inusitado, inesperado…

Das pedras...

Do lodo, o puro, lindo lírio,

do desesperar à esperança,

pós-tempestade;

bonança.

A borboleta, flor com asas,

cata um sonho pra voar.

E a felicidade triste,

se alegra em ressonhar.


Nossas participações mais recentes:






Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

   
 
 

34 comentários:

  1. Ressurgir, reflorir... Que linda ficou tua poesia! Valeu! abraços, lindo dia! chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renascer a cada dia e todo instante, reinventar-se ante as adversidades. Eis a vida.

      Um abraço e uma boa semana.

      Excluir
  2. Bom dia amigo Antônio! Que bela poesia!

    Entre pedras áridas,
    um versar de flor;
    para fazer feliz minha felicidade,
    que tem andado triste;
    tentando desdoer a dor,

    Ressurgir, florescer outra vez e ser feliz. Que você consiga desder a dor e ser só felicidade. Parabéns amigo poeta, você sempre nos encanta com tanta beleza. Muito obrigada por mais uma vez ter a consideração de participar. tenha um dia de muita paz. Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desdoer a dor para amar e viver. Tocar em frente, desmentir o improvável, afrontar o impossível. Existir.

      Um abraço e uma boa semana.

      Excluir
  3. Temos realmente que ressurgir das hecatombes da vida, pois ficar feito "moribundo vivo" não vale a pena! Ótima e motivadora sua participação!
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em frente sempre! Sem parar, sem tardar, fazendo acontecer.

      Um abraço e uma boa semana.

      Excluir
  4. Que lindo ficou seu poema sugerido, sua participação é impar!
    Lindo, bem como é a vida, ressurgir, reflorir, restabelecer o encanto que é viver!
    Amei ler, parabéns!
    Abraços apertados!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O grande encanto da vida é poder transformar, recriar, fazer sempre o nosso melhor.

      Um abraço e uma boa semana.

      Excluir
  5. despetrificar a vida,

    ressuscitar o amor.

    Reencarnar de flor,

    Amigo Antônio, que linda poesia e com um otimismo encantador! parabéns amigo por mais essa bela participação. Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na vida, temos que acreditar e buscar sempre o melhor, nosso, de tudo e de todos.

      Um abraço e uma boa semana.

      Excluir
  6. Boa tarde amigo! Mais uma encantadora poesia! e que a vida continue ressurgindo e que retire pedras por pedras e que as flores brotem no osso caminho. Abraços, parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viver é fazer florir. Com pedras, sem pedras e apesar das pedras. Vida renovada sempre!

      Um abraço e uma boa semana.

      Excluir
  7. Olá, amigo Antônio!
    ... "para fazer feliz minha felicidade,

    que tem andado triste;"

    Estes versos calaram fundo ao meu coração pois a gente vive um pouco assim de vez em quando... é fato! Mesmo diante da imensa felicidade maior que norteia nosso viver... Há pedras sim e contratempos inesperados mas o florir é o que vencerá!
    Seja feliz e abençoado!
    Abraços fraternais de paz e bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo é transitório e precisa passar para a vida florir e fazer sorrir a felicidade, vencendo as dificuldades, os revezes...

      Um abraço e uma boa semana.

      Excluir
  8. Olá, Tonico!

    Nada melhor que fazer poesia pra tornar a vida mais leve, alegre e fazer acontecer o que tanto desejamos.
    Gostei, como sempre, da tua forma de poetar, com as antíteses, que tão bem sabes fazer.

    Depois do temporal, bonança sempre chega e com ela, vem também a felicidade, que já te estende os braços.

    Abracinhos e uma semana de aquisições há tanto desejadas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que assim seja! Que venham bons tempos, melhores ventos. Que a vida sorria numa melhor poesia e o amor floresça espalhando um perfume de primavera, um gosto de verão renovado, renovador, libertário.

      https://www.youtube.com/watch?v=srfP2JlH6ls

      Um abraço e uma semana com menos pedras e muito mais flores.

      Excluir
    2. Que tudo aconteça, como desejas! A amizade é isso mesmo.
      O verão está chegando aí e com ele o calor, mais intenso, a leveza, a Liberdade, os dias longos e amorosos, quentes, tórridos e tu te "derretendo" (rs).

      Esta canção á imortal. Adorei. Obrigada, meu querido amigo, mas olha que a "coisa" tem de acontecer antes das águas de março (rs). Aqui, começará a Primavera e aí o outono.

      Beijinho e abracinho.

      Excluir
    3. Mas, você tinha que lembrar desse "detalhe sórdido" do verão?! O calor! Rs rs rs... Ele já está começando a dar o ar da graça. A fornalha já está esquentando...

      Um abraço.

      Excluir
    4. "Detalhe sórdido", tens razão, pke aqui só dura três meses. Aí, na Bahia acho que nunca está, propriamente frio, portanto é primavera constante.
      O CALOR! Ó ABENÇOADO CALOR! Manda ele pra cá e tu podes vir, também, pke aqui estão 10ºg. Esfriando e regelando.

      Beijinho soprado, que é pra não fazer ainda mais calor (rs).

      Excluir
    5. Aqui, abaixo de 20º já é um frio "insuportável", é o tempo quase todo, de 29º para cima. Um calor dos infernos! Rs, rs, rs... Se eu pudesse, adotaria o frio da Europa e exilaria aí essa fornalha tropical.

      Um abraço e um bom fim de semana.

      Excluir
    6. Tu é(s) louco! Que excelente! De 29 pra cima. Vou morar para aí, não tem outro jeito. E a insegurança? Ai, tenho medo!

      Você e o frio é que eu mando exilar pra Sibéria (rs). Podes mandar pra cá, se fosse possível, essa maravilha das maravilhas, essa lareira constante.

      Aqui, é feriado hoje. Se comemora o dia da restauração. Restauração de quê, me perguntarás? Eu explico: em 1580 os espanhóis tomaram as rédeas do poder em Portugal e uniram os 2 países. Evidente, que prejudicaram um tantão os Portugueses e as coisas melhores eram para eles. Ora, essa situação "só" durou 60 anos. No dia 1 de dezembro de 1640, D. João, depois, de tornado rei como título de D. João IV (já tinha havido três reis com o nome de João) libertou Portugal das garras dos espanhóis e passou a ser feriado. Qdo o governo de direita esteve no poder, há 2 anos, achou que esse feriado, embora tendo sentido histórico, já não se justificava, mas as pessoas só querem feriados e acharam essa medida mega fascista (estúpidos, mesmo) e então os esquerdóides, o repuseram. Mas dia 8, de hoje a uma semana, vai haver outro: Dia da Padroeira de Portugal e o povinho está todo feliz. Enfim, tá tudo às avessas!

      Bisous, chéri Antoine!

      Excluir
    7. Sibéria não, não precisa exagerar. Pensei que era só o brasileiro que fosse chegado a colecionar feriados.

      Já tem post novo:
      http://www.aponarte.com.br/2017/12/mar-de-amar-mar.html

      Um abraço e uma boa semana.

      Excluir
  9. Oi, Apon, como vai? Lindo poema... enquanto deixamos essa brecha para que o amor reavive no coração, estamos vivos. Petrificados e fechados, a tristeza torna-se preocupante por dar a impressão de que não ha saída. abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flexibilidade para a vida viver, vencer a rigidez pétrea que manieta e entristece. Amar para fazer a felicidade feliz.

      Um abraço.

      Excluir
  10. Antonio!
    Renascer e ter esperança a todo momento, porque através da pedra dura e estéril, o colorido aparece.
    Lindo seus versos.

    Desejo uma ótima semana!
    “A poesia contém quase tudo que você precisa saber da vida.” (Josephine Hart)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA novembro 3 livros, 3 ganhadores, participem!
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/2017/11/divulgacao-cultural-74-11-poetizando-e.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A esperança potencializa o tempo para a vida nascer e renascer, florir, reflorir. Mesmo entre pedras.

      Um abraço.

      Excluir
  11. Meu amigo, ficou lindo este descrever de emoções e sentimentos, ressurgindo do meio das pedras encravando as raízes, para se exibir indiferente ao meio e creio que assim somos ou seremos nós.
    Bela criatividade Antonio e que esta mente esteja sempre livre na criação.
    Semana leve para você.
    Meu terno abraço de paz amigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Superar as adversidades e fazer florir o melhor de cada um, eis a grande arte do viver, do evoluir.

      Um abraço.

      Excluir
  12. Belíssima participação!! Estou ensaiando a minha, rs. Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "a imaginar múltiplos universos
      e unificar inversos no estômago do sem tempo"

      Ensaiar mais o que, Luíza? Isso é pura poesia. Não seja modesta. Venha participar, poetizar e encantar.

      Um abraço e um bom fim de semana.

      Excluir
  13. Olá boa tarde!
    Mais uma vez estou aqui para deixar o convite da 12ª edição do Poetizando e Encantando.
    A imagem dessa edição é linda é um convite para lindas poesias. Como sempre deixo uma dica.
    É uma foto de um lugar com muita água! Está muito fácil de acertar!
    O que você acha amigo, devo postar nessa noite para da mais tempo para a postagem ou continuo aos domingos pela manhã! É importante sua sugestão, ficarei grata.
    Tenha um fim de semana de muita paz, abraços com carinho da amiga Lourdes Duarte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe a demora na resposta. Considero o sábado melhor.

      Um abraço e uma boa semana.

      Excluir
  14. Linda tua poesia, um ressurgir de amor, de vida e de felicidade!
    Beijos no coração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A poesia, qual uma fênix, faz tudo ressurgir das cinzas criadas pelos pobres mortais.

      Um abraço. Tudo de bom.

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.



Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira Apon. E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Fale conosco.



Clique na imagem para ler um texto sorteado pelo sistema:
Textos para todos os dias. Curta a arte da vida!




Fique mais um pouquinho. Leia também...



Livros e vídeos:


Capa da segunda edição de : Essência.

>

Esse livro propõe uma incursão na alma humana, garimpando sentimentos e emoções, revelando-os em versos que retratam o homem moderno em sua incansável procura de si mesmo; seu contexto social, político e cultural em um mundo em transição.


Depois de 14 anos, atendendo a pedidos, estamos republicando Essência. Nessa segunda edição, incluímos o subtítulo: O livro do poema: A pedra. O distraído nela tropeçou... Numa referência ao nosso poema integrante dessa publicação, que, absurdamente, tem aparecido na internet com o nome de autores famosos: Fernando Pessoa, Renato Russo, Chaplin... Ou plagiadores. No endereço: (http://aponarte.com.br/apedra), o amigo leitor encontra todos os esclarecimentos, inclusive algumas das formas de como o plágio tem se apresentado.

Capa da segunda edição da : Coleção
                            Graziela.

>

Aqui, pais e professores encontram uma forma prazerosa e divertida, de abordar temas como: Cidadania, comportamento, respeito ao outro e à natureza... Em sete contos, compondo um jogo de arte e educação, onde lúdica e naturalmente aos pequeninos são apresentados conceitos de: Ecologia, solidariedade, diversidade, coletividade, tempo, responsabilidade, motivação, interatividade, participação...


Textos que parecem se renovar a cada dia, conservando impressionante atualidade e sintonia. Espero que gostem.

Capa de Um dedo de prosa e poesia. A arte da
                vida.

São 125 páginas com 89 títulos em verso e prosa de Literatura Nacional, num livro prefaciado pelo professor, escritor, poeta e trovador Orlando Carvalho. Crônicas, mensagens, poesias... amor, humor, reflexão, arte, cotidiano, atualidades, auto-ajuda, espiritualidade...