Antologia de primavera - A arte da vida. Apon HP



Obrigado por sua visita. Boa leitura!


Pensamento do dia:





Para exibir/ocultar os posts mais recentes e mais opções do Site Clique aqui.

sábado, 22 de setembro de 2018

 

                    Antologia de primavera              

     

... Natureza a declamar a vida, divina lida; a criação. Poema, aria; uma canção. Cantar de pássaros, borboletas a voar; lírica, onírica composição. Aflora Flora, vai dançar com...


Antonio Pereira Apon.


Flora, pintura de Louise Abbéma.


Antologia poética;

cada flor, um poema,

cada primavera um sarau.

Tanta beleza cativa,

inspira;

um ode em cada broto,

um salmo em cada floração,

uma rima em cada gota de orvalho,

versos brancos de florais aromas,

diversos,

coloridos versos,

impressionista composição.

Natureza a declamar a vida,

divina lida;

a criação.

Poema,

aria;

uma canção.

Cantar de pássaros,

borboletas a voar;

lírica,

onírica composição.

Aflora Flora,

vai dançar com Zéfiro,

Clóris a colorir,

florir, reflorir os campos.




   
 
 

22 comentários:

  1. Parabéns! Maravilhosa participação, encantadores versos! abraços, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primavera acordando flores e poesia.

      Um abraço. Tudo de bom.
      Minha participação na edição 54 do poetizando e encantando: Está escrito.

      Excluir
  2. Respostas
    1. Brilhante a primavera que eclode em flores, cores, perfume e inspiração. Uma estação em forma de poesia, poesia em forma de estação.

      Um abraço. Tudo de bom.
      Estamos em reforma.

      Excluir
  3. Até chega aqui o odor e as cores de teu magnifico poema.
    A Primavera é a rainha das estações e coisas e pessoas renascem para o amor, para a vida, k é um lida, como tu sempre dizes.
    Uma pitadinha de mitologia ficou mesmo bem aqui

    Gostei da pintura. Mto mimosa, de facto, Tonico.

    Abracinhos e boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estação da renovação, transformação, reflorir, reflorescer... Cores, poesia, inspiração; natureza em estado de graça perfumando pensares e sentires.

      https://www.youtube.com/watch?v=W6SAVLPwq8M

      Um abraço primaveril no outono europeu.

      Excluir
    2. Tempo de renascer e de amar, outra vez. A natureza se enfeita para regalo de nossos olhos. É preciso amor e paixão, especialmente nessa estação do ano. VÊ, como tudo está e é lindo.

      Gostei da musiquinha toda primaveril, cantada por Emílio santiago, que já conheço daqui.

      Beijinho outonal, mas com alegria.

      Excluir
    3. Cada estação tem sua própria poesia e razão de ser, cabe-nos viver e aproveitar a natureza em cada uma de suas fases. Somos parte de tudo isso, ainda que nos coloquemos à parte.

      https://www.youtube.com/watch?v=nNH1uZetbro

      Feliz outono por aí.

      Excluir
    4. Tens razão, meu querido, mas a gente nem sempre sabe observar e aceitar isso.

      Ah, "As Quatro Estações de Vivaldi" são "um must". Que som agradável!

      Feliz Primavera, sem mto calor.

      Excluir
    5. A velha apercepção humana, que impede muitos de usufruírem as reais belezas do viver.

      Pois é... Primavera sim. Muito calor, Naaaaaaaaaaãooooooooooooo!

      Excluir
    6. Somos tão imperfeitos, Tonico!

      Não estejas já preocupado com o calor. Dorme nu, homi -rs!

      Excluir
  4. Ah, a música do clique é mto linda e condiz com a temática. A flauta se faz ouvir, como k anunciando ressurgimento. Mto agradável de escutar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma outra "canção da primavera". Livre, lúdica, leve e solta; com gosto de infância e todo o sabor da estação.

      https://www.youtube.com/watch?v=IpJ_8luC0gY

      Excluir
    2. Que "coisa" mais linda e ingénua! Os meninos são uma gracinha. É tudo tão belo e angelical. ADOREI! Você é luz, estrela e luar, hein!

      Bises.

      Excluir
    3. Criança e primavera combinam. Mas, cada estação guarda seus encantos. Como aí é outono...

      https://www.youtube.com/watch?v=-8XUeu7Tlws

      Um abraço.

      Excluir
    4. É verdade, tudo isso k o vídeo fala e mostra, mas aqui ainda não chegou o outono no tempo, apenas no calendário (a criança está adormecida-rs), embora os dias sejam bem mais pequenos e o sol esteja baixo e bem intenso.

      Abracinho, menino!

      Excluir
    5. Calma, vai chegar já já o outono desfolhando a paisagem, aqui, primavera com calor de verão em alguns dias...

      Excluir
    6. Pois vai, infelizmente, mas por enquanto está bem agradável.

      Ah, aí tu vais "fritar" (RISOS) e teu sono vai ficar desnorteado ou talvez não.

      Inté!

      Excluir
  5. Oi, Tonico!

    Retificando no comentário acima na canção de Emílio Santiago: Clip e não clique.

    Beijinho.

    ResponderExcluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

Fale conosco:






Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira Apon. E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Fale conosco.



Clique na imagem para ler um texto sorteado pelo sistema:
Textos para todos os dias. Curta a arte da vida!




Fique mais um pouquinho. Leia também...



Livros e vídeos:


Capa da segunda edição de : Essência.

>

Esse livro propõe uma incursão na alma humana, garimpando sentimentos e emoções, revelando-os em versos que retratam o homem moderno em sua incansável procura de si mesmo; seu contexto social, político e cultural em um mundo em transição.


Depois de 14 anos, atendendo a pedidos, estamos republicando Essência. Nessa segunda edição, incluímos o subtítulo: O livro do poema: A pedra. O distraído nela tropeçou... Numa referência ao nosso poema integrante dessa publicação, que, absurdamente, tem aparecido na internet com o nome de autores famosos: Fernando Pessoa, Renato Russo, Chaplin... Ou plagiadores. No endereço: (http://aponarte.com.br/apedra), o amigo leitor encontra todos os esclarecimentos, inclusive algumas das formas de como o plágio tem se apresentado.

Capa da segunda edição da : Coleção
                            Graziela.

>

Aqui, pais e professores encontram uma forma prazerosa e divertida, de abordar temas como: Cidadania, comportamento, respeito ao outro e à natureza... Em sete contos, compondo um jogo de arte e educação, onde lúdica e naturalmente aos pequeninos são apresentados conceitos de: Ecologia, solidariedade, diversidade, coletividade, tempo, responsabilidade, motivação, interatividade, participação...


Textos que parecem se renovar a cada dia, conservando impressionante atualidade e sintonia. Espero que gostem.

Capa de Um dedo de prosa e poesia. A arte da
                vida.

São 125 páginas com 89 títulos em verso e prosa de Literatura Nacional, num livro prefaciado pelo professor, escritor, poeta e trovador Orlando Carvalho. Crônicas, mensagens, poesias... amor, humor, reflexão, arte, cotidiano, atualidades, auto-ajuda, espiritualidade...