O que é o tempo? - A arte da vida. Apon HP

Bom estar com você aqui no A ARTE DA VIDA. APON HP!


Dê um toque. Leia um escrito especialmente sorteado para você. Clique na figura abaixo.
Clique aqui, para ler um texto aleatoriamente selecionado pelo sistema.

O que é o tempo?

Publicado em terça-feira, 29 de outubro de 2019



... Compreender essa face do tempo, é não ser objeto, levado pelo aluvião dos acontecimentos, sobrevivendo sem viver. Entender a temporalidade real, é ser sujeito de uma realidade singular, pessoal e intransferível. Tempo é a oportunidade aproveitada e bem vivida, pois...




#PraCegoVer: Ampulheta.

O que é verdadeiramente o tempo, além dessa coisa apressada e tão apreçada, devoradora de tudo e todos? Esse “ente” fugidio e fugaz, contado em segundos, minutos, dias, semanas, meses, anos... É um conceito caricato que alcunhamos de tempo. Tempo, o de verdade, não cabe nessas caixinhas tiranas que penduramos no pulso, nem no determinismo das folhinhas que desfolhamos mês à mês; não está no fatalismo das agendas nem encarcerado nos calendários, enclausurados em nossas carteiras e bolsas. Diverso dessa desumanização cronológica, linear e antropofágica. O tempo de verdade, é feito de vivências, de sentimentos, da concretização dos pensamentos e sonhos; imponderável, incomensurável e transcendente à qualquer conceito; é coisa de gente, feita por gente, para gente.

Compreender essa face do tempo, é não ser objeto, levado pelo aluvião dos acontecimentos, sobrevivendo sem viver. Entender a temporalidade real, é ser sujeito de uma realidade singular, pessoal e intransferível. Tempo é a oportunidade aproveitada e bem vivida, pois o resto, não passará de um “se...” Se eu tivesse feito, se eu tivesse dito, se eu tivesse aprendido… “Ses” indelevelmente gravados na alma atemporal, então entulhada desse tempo desperdiçado. Tempo é a vida manifesta nos momentos que entesouram o ser. É o que conta. O resto… Tempo perdido...

O presente é literalmente isso; um presente. Precisamos buscar lhe dar sentido e razão, convertê-lo em realidade existencial.

Hoje é dia de que. Página de datas comemorativas do A arte da vida. Apon HP.



Esse texto nasceu de um sonho: Nessa madrugada de 29 de outubro de 2019, sonhei que estava num lugar amplo, entupido de gente. Repentinamente, estourava uma confusão generalizada, uma coisa aterradora com jeitão de desastre. Nesse instante, me vi transportado para a sala da casa de minha avó materna, onde eu começava a declamar sobre o tempo. Conseguia observar através das paredes tudo que acontecia fora e vice-versa. À medida que eu ia falando mais e mais pessoas paravam para ouvir e a coisa ia se acalmando. Eu ria comigo mesmo, porque o texto não estava escrito, foi saindo na hora, era muito grande e profundo, mas, se “perderia” ali. Nesse momento, Alice, a cachorrinha aqui de casa, entrou no quarto arrastando um saco plástico e me acordou. Corri para o computador e dos fragmentos lembrados, escrevi essa crônica.

19 comentários:

  1. Um bom ponto de vista, sem duvida. Boa semana, beijinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assim vamos desvendando e lidando com os "enigmas" do tempo.

      Te convido para ler: 😎 Devaneio de poeta, desvaneio de alguém.
      Um abraço. Tudo de bom.

      Excluir
  2. Amigo Antonio, que maravilha o aproveitamento do seu sonho, adoro isso de tentar, nem sempre se consegue, se lembrar dos sonhos e os interpretar, interpretastes muito bem!
    Imagino que sua alma se sentiu muito bem, pois li e até senti a energia, essa que não tem barreiras, tempo, espaço, somente o sentir, que lindo, amei ler aqui!
    Bem sabes disso, das coisas que nem sempre conseguimos expressar, mas com a sensação de alma se consegue!
    Abraços bem apertados querido amigo, o tempo é mesmo o que pode nos libertar e/ou nos escravizar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pena que ao retornarmos ao corpo, parte das lembranças se perdem, o cérebro não dá conta de registrar tudo.

      Te convido para ler: 😎 Demônios à solta: ignorância, preconceito, fanatismo…
      Um abraço. Tudo de bom.

      Excluir
    2. Antonio,também acho que é uma pena o cérebro não poder registrar tudo,mas acho que se registrasse e a gente se lembrasse,teríamos de trabalhar muito bem o cérebro pra viver " as duas experiências, a vida aqui e lá"!
      Já tive incríveis experiências quase reais,amei, até brinco com os meus entes queridos, digo que quando estou em sonhos assim, revejo minha outra família, tão boa quanto a daqui.
      Abraços apertados!

      Excluir
    3. Bem assim... As coisas são como precisam ser e nós devemos buscar tirar o melhor de cada vivência.

      Te convido: 😎 Leia uma postagem sorteada para você.
      Um abração. Tudo de bom.

      Excluir
  3. Olá, Amigo.
    Gostei da sua definição de tempo e apreciei bastante o seu texto que que nos conta como de um sonho seu, se tornou numa ideia e postagem bem interessantes.

    Cuidado com os sacos plásticos, podem asfixiar crianças e cachorros.

    Desejo que seja abençoado por tempo bem profícuo e prolífero.
    Abraço
    ~~~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nos sonhos, podemos rascunhar realidades. Sim, é preciso cuidado, mas, minha filha, apesar de ser veterinária, facilita com essas coisas...

      Te convido: 😎 Leia uma postagem sorteada para você.
      Um abraço. Tudo de bom.

      Excluir
    2. Nos sonhos, podemos rascunhar realidades. Sim, é preciso cuidado, mas, minha filha, apesar de ser veterinária, facilita com essas coisas...

      Te convido: 😎 Leia uma postagem sorteada para você.
      Um abraço. Tudo de bom.

      Excluir
  4. Que experiência mais fantástica! O tempo é um tema que sempre me inquieta! Estou quase concluindo um livro com poemas sobre o tema! Já sobre os sonhos, quase nunca consigo me lembrar nem mesmo dos fragmentos! srsr

    Adorando conhecer teu blog!
    Até breve!

    Pensamentos Valem Ouro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O tempo e os sonhos acordam a poesia que dorme no ser. Basta querer despertar a inspiração.

      Te convido: 😎 Leia uma postagem sorteada para você.
      Um abraço. Tudo de bom.

      Excluir
  5. Antonio!
    quem dera pudéssemos controlar o tempo e quem sabe pudéssemos retardá-lo em algum momento...
    Feliz novembro.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  6. Apon, extremamente interessante o sonho e o que saiu dele. A palavra como apaziguadora aliada à segurança e aconchego da casa de vó. Esses dias assistindo um vídeo do astrônomo Marcelo Gleiser ele dizia que na verdade, o tempo presente é o tempo 0. Bem impalpável! Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O tempo e os sonhos, são instigantes convites à reflexão. Imponderáveis, transcendentes...

      Te convido: 😎 Leia uma postagem sorteada para você.
      Um abraço. Tudo de bom.

      Excluir
  7. Bom dia!

    Em primeiro lugar parabenizo a minha amiga Lourdes Duarte por este projeto chegar tão longe e com tanto sucesso, a festa das 100 edições belíssima e bem merecida a todos os participantes, assim como você prestaram lindas homenagens a ela. Parabéns a você e a ela. Não foi possível participar deste evento lindo com meus alunos, mas a semente plantada pela Lourdes na nossa escola germinou amiga. Editamos um livro, e lançamos na culminância do projeto POETIZANDO E ENCANTANDO da nossa biblioteca com as produções dos alunos leitores e escritores que participavam desta maravilhosa BC.

    Fiz uma postagem, aguardo você nos visitar. Estou tentando voltar com o blog, mesmo ainda sendo aprendiz.

    Parabéns a todos pela linda coletânea, um livro fantástico! Em especial a você !
    A Lourdes não poedeira ter ideia mais louvável.

    Abraços da amiga Elza Interaminese.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! As sementes vão dando flores e frutos poéticos. Parabéns, Elza e seus meninos e meninas.

      Te convido para ler: 😎 Ratoeira do egoísmo, cilada da indiferença.
      Um abraço. Tudo de bom.

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.





Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Troféu rosa da amizade/Afeto.


Rosa da amizade/Afeto do Poetizando e encantando da Professora Lourdes..



Follow
View My Stats

DMCA.com Protection Status


@INSTAGRAM