Todos, “todo mundo”. Pan o que? - A arte da vida. Apon HP

Bom estar com você aqui no A ARTE DA VIDA. APON HP!


Siga-nos

Dê um toque. Leia um escrito especialmente sorteado para você. Clique na figura abaixo.
Clique aqui, para ler um texto aleatoriamente selecionado pelo sistema.

Todos, “todo mundo”. Pan o que?

Publicado em sábado, 11 de julho de 2020


Mãos dadas. #PraCegoVer

Quando conveniente, costuma-se usar a expressão: “todo mundo”. Não no sentido literal de o mundo todo, mas referindo-se a um grande número de pessoas que diz ou faz algo. Porém, quando o “todo mundo”, não se adéqua a determinados interesses, aí vem o “cada um por si e Deus por todos”. O sujeito se inclui fora do bolo, enfraquecendo a amizade, como se alguém pudesse de fato se por à parte do todo, do grande conjunto da humanidade. E daí?! Esopo, na fábula que versa sobre o feixe de varas, demonstra a tibiez de cada um, quando apartado do “todo mundo”:

“Era uma vez um pai cujos filhos viviam brigando entre si. Tentou ensiná-los a evitar aquelas discussões , mas em vão. Um dia, chamou-os todos e mostrou-lhes um feixe de varas. Disse-lhes:

- Dou um prêmio a quem conseguir quebrar este feixe de varas.

Cada um dos filhos tentou, curvando o feixe nos joelhos, no pescoço, sem conseguir quebrá-lo. Por fim, o pai desamarrou o feixe e partiu as varas, uma a uma. Ele lhes falou:

- Se vocês se mantiverem unidos, ninguém ousará lutar contra vocês. Se se separarem estão perdidos.”

Moral da História: "A união faz a força."


Assistimos a noção de coletivo ser usada e abusada em favor dos caprichos do ego, da alienação individualista, fazendo com que ninguém ganhe verdadeiramente e “todo mundo” perca. Improvisando-se à parte, quem precisa fazer parte das soluções. Negacionista, o egocentrismo egoísta e ignorante, divide, no lugar de somar e multiplicar; enfraquece, invés de fortalecer e otimizar. Ilude e engana, desirmana a desenganar.

Sem uma concepção legítima, honesta e sincera de “todo mundo”. Aberta a caixa de Pandora, no pandemônio da pandemia, há quem delire, apostando numa panaceia miraculosa, intentando minimizar o prefixo Pan, que dá a ideia de: todo, inteiro. O eu, sem nós, é miragem; movediça areia, onde se debate a razão e afunda o coração. Enquanto não perdemos nossa humanidade. Nossos, são os problemas de cada ser humano. Onde a indiferença enxerga números, a negligência vê estatísticas, a perversidade admira gráficos; gente, sente por quem também é gente. Todos, “todo mundo”.

Antonio Pereira Apon.

Siga-nos

Dê uma espiadinha em nossas postagens mais recentes:



6 comentários:

  1. Bom dia:- Por acaso também costumo usar essa expressão " Para todo o mun do", lol
    Sem dúvida alguma que a união faz a força. Como sempre gostei de passar por aqui e ler
    .
    Bom fim de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Todo mundo", não deve ser retórica, mas uma vivência. Unidos somos mais fortes para tudo enfrentar e vencer, derrotar a má vontade e a maldade dos egoístas, hipócritas, desumanos...

      Um abraço. Tudo de bom.
      A ARTE DA VIDA. APON HP 💗 Textos para sentir e pensar.

      Excluir
  2. Antonio,
    Grande verdade esse seu texto.
    Quem deveria estar junto, está
    separado e quem n~~ao podia se juntar
    está se fortalecendo.
    Infelizmente, essa é a realidade.
    Bjins entre sonhos e delírios
    CatiahoAlc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Império dos desvalores, subvertendo os reais valores da sociedade. Separando, dividindo, isolando, iludindo para melhor manipular. Eis o que temos e muitos dizendo amém para os algozes do povo, da humanidade.

      Um abraço. Tudo de bom.
      A ARTE DA VIDA. APON HP 💗 Textos para sentir e pensar.

      Excluir
  3. Boa noite de sábado, amigo Antonio!
    Dá uma desolação profunda ver muitos ainda agindo individualmente, sem fazer renúncias, sacrifícios pelo social.
    Eu fico assim, preocupada com tanto individualismo no meio a tudo e a todos, sobretudo tantos abatidos já...
    Tenha um domingo abençoado!
    Abraços fraternos de paz e bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A vida ensina, queira ou não, quem vive, um dia aprende. Muitos teimam na ilusão de se bastarem, mas um dia, desiludidos, acordarão para o coletivo, para a solidariedade e a empatia. O vírus do egoísmo há de ser vencido.

      Um abraço. Tudo de bom.
      A ARTE DA VIDA. APON HP 💗 Textos para sentir e pensar.

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.





Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Troféu rosa da amizade/Afeto.


Rosa da amizade/Afeto do Poetizando e encantando da Professora Lourdes..



|Siga-nos|Livros|Clima e cotações|Faça uma doação|



Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira Apon. E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Fale conosco.





Follow
View My Stats

DMCA.com Protection Status


@INSTAGRAM