"Independence day" - Apon na arte da vida

Bom estar com você aqui no APON NA ARTE DA VIDA!



Leitura sorteada - Nossos vídeos

Postagem em destaque

Por onde anda você?

Você, que vaga em meus sonhos, qual a brisa de outrora; acordando sentidos, acarinhando sentimentos; exumando lembranças, memórias ...

"Independence day"

Publicado em domingo, 12 de agosto de 2018


Estátua da liberdade (EUA).

Não, não estou falando do 4 de julho. Me refiro mesmo ao 7 de setembro! Diz a lenda, que em 1822, nessa data, nos libertamos do domínio de Portugal. Dos lusitanos, até podemos nos ter libertado no 2 de julho de 1823 (a verdadeira data dessa tal independência). Mas nos libertamos, ou trocamos de dominadores?


Nossa alta tecnologia é “made in”: China, Taiwan, USA, Japan... Consumimos no “shopping center”, comemos “fast food”, o “rock” não sai do “hit parade”, nossa seleção musical é “playlist”, dançamos “pop”, “funk”, “hip hop”... Meditamos com “new age”, o louvor é “gospel”, lemos “best seller”, nosso “personal computer” é desktop ou laptop, telefonamos num “smart phone” com “bluetooth”, a TV é “high definition”, usamos o “home banking”, a geladeira é “frost free”, trocamos o fim de semana pelo “weekend”, depois do trabalho é o “happy hour”, o carro tem “air bag”, pão com molho e salsicha é “hot dog”, entrega em domicílio é “delivery”, no aeroporto fazemos “check in” e embarcamos quando não há “over booking”...


Até “los hermanos”: Bolívia, Equador, Paraguai... Andam falando grosso, e o Brasil só afinando... E para terminar, querem oferecer título de cidadão soteropolitano a Michael Jackson e talvez algum dia queiram dar o mesmo título ou alguma outra honraria nacional a Edward Cullen, Bella Swan ou a sua autora, Stephenie Meyer.


Peço desculpas ao caro leitor, por qualquer erro de grafia. É que, “Purtuguês nós já sabe”. Tamo precisano aprender inglês.


Grito da independência.
Viva a independência!(?)



Postado aqui em 07 de setembro de 2009.


Antonio Pereira Apon.

Siga-nos

Dê uma espiadinha em nossas postagens mais recentes:


2 comentários:

  1. YES! WE CAN!!!
    Rindo pelo seu humor refinadíssimo, com uma certa dose ácida, só posso lhe dar o "coments" acima...
    [ ] Célia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Célia.

      No país da "piada pronta", temos que rir para não chorar.

      Um abração.

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

@INSTAGRAM