O que diz, o que quer dizer e o que vem a ser - A arte da vida. Apon HP


Obrigado por sua visita. Boa leitura!



Clique para exibir/ocultar os posts mais recentes e mais opções do Site.

quinta-feira, 27 de março de 2014

 

                    O que diz, o que quer dizer e o que vem a ser              

     

... Comemorar tem uma significância que vai bem além dos festejos, efemérides, eventos e solenidades. É o compartilhar boas lembranças, o dividir memórias difíceis; é a equação dos momentos que nos fazem...


Antonio Pereira Apon.



Modelando o barro.


Muitas palavras possuem mais de um significado, algumas são usadas apenas num sentido, o que termina escondendo ou empobrecendo outras de suas possibilidades. Um exemplo disso é o vocábulo comemorar. Comumente usado para designar: Festa, celebração... Comemorar, possui uma infrequente acepção mais rica e mais profunda. A de memorar com, lembrar com... Uma exortação ao exercício, à construção de uma memória coletiva. Lembrar, serve para não repetir erros e para ratificar acertos.


Comemorar tem uma significância que vai bem além dos festejos, efemérides, eventos e solenidades. É o compartilhar boas lembranças, o dividir memórias difíceis; é a equação dos momentos que nos fazem quem somos.


Comemorar a “sexta-feira santa”, não é festejar o assassinato de Jesus. É rememorar conjuntamente, como a estupidez humana, dividiu dolorosamente a História.


Comemorar no Brasil o 31 de março/1º de abril. Precisa ser um despertar da memória cidadã, um levantar desse “berço esplêndido” as lembranças que não permitirão novos “anos de chumbo” e imunizarão contra a farsa de falsos salvadores da pátria; contra verdadeiras ditaduras e falsas democracias onde inimigos e muitos dos “mocinhos” de ontem, se acumpliciam no banditismo político de hoje.


Necessitamos aprender a comemorar de verdade, celebrar a lembrança, festejar a memória, que resgata do passado as lições que podem subsidiar a construção de um futuro fabuloso. Não na forma de lendas, fábulas, mitos... Mas na sua expressão de excepcional, extraordinário, fenomenal, sensacional...


Palavras podem dizer bem mais do que se costuma imaginar.


Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

   
 
 

10 comentários:

  1. Bom dia amigo Antonio, bom texto, sim palavras precisam ser bem entendidas para poder se expressar exatamente aquilo que se deseja!
    Concordo contigo, comemorar é relembrar, celebrar a lembrança!
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Usar as palavras com consciência, dando real significado às lembranças, comemorações e tudo que fazemos. Palavras são bem mais que palavras.

      Um abração.

      Excluir
  2. Lendo seu artigo, me reporto à maioria que, infelizmente, apenas quer saber de emendar dias de folga, e muitas vezes nem sabe o significado das datas. Pessoas sem memória. Evidentemente que uma atitude dessas invalida o significado da nossa história. Tornamo-nos ocos sem conteúdo. Falamos palavras. Pensamos palavras. Escrevemos palavras. Nos momentos mais importantes de nossas vidas, são elas as palavras, que constroem ou destroem toda uma ação, uma decisão que tomamos. Palavras têm enorme peso de valor.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem gente que parece apenas vomitar palavras. Sem consciência, significado, conhecimento... Adestradas para não pensar, repetem o que ouvem. Palavras que vão dos ouvidos à boca, sem experimentar o filtro da cerebração.

      Um abração e um bom fim de semana.

      Excluir
  3. Olá, amigo. Bom dia!! Obrigada por partilhar. A palavra é o meio de se comunicar, más com ponderação e saber expressar de forma correta e objetiva. Um ótimo fim de semana! Grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A palavra é um instrumento que precisamos saber tocar. Senão, desafina.

      Um abração e um bom fim de semana.

      Excluir
  4. Oi Antonio!
    Adoro estudar palavras! Os significados, por vezes tão óbvios!
    Gostei do texto!
    Felicidades para você!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Palavras são lagos profundos, disfarçados numa rasa aparência.

      Um abração e um bom fim de semana.

      Excluir
  5. Olá, querido António!

    Tudo bem?

    Agradeço sua visita e comentário tão elogioso, mas a Luz, é mesmo assim.

    Li, os comentários, que antecedem esse meu, e adorei a resposta, que você deu à nossa amiga comum, Jossara Bes.

    Li, seu texto, com tanta atenção, e simultaneamente com um brilhozinho no olhar, porque você estava só falando a verdade, e além disso, esmiuçou palavras, como "COMEMORAR".

    Nunca me tinha debruçado sobre essa palavra, francamente. Então, Sr. "Professor", comemorar é memorar, com dignidade, com alegria, com excecionalidade e com grandeza. É ISSO?

    BOM DOMINGO!

    Aquele abraço,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não há o que agradecer.

      Com perdão da imodéstia. também gostei da minha resposta para Jossara. Talvez até eu a desenvolva num poema ou crônica.

      Eu antes não tinha me tocado dessa diversidade de sentidos de certas palavras. Mas, essa semana, ouvindo um comentário no rádio, falando das comemorações dos 50 anos do golpe militar(que uns apelidam de revolução), me chamou a atenção para os tantos significados de comemorar, além da acepção vulgar de festejar. Agora você me traz uma nova faceta do comemorar. Memorar além de com as pessoas, memorar com bons, edificantes e transformadores sentires.

      Certo estava Sócrates: "Só sei que nada sei". O resto é orgulho e vaidade.

      Um abração e uma comemorativa semana.

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.



Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira Apon. E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Fale conosco.



Clique na imagem para ler um texto sorteado pelo sistema:
Textos para todos os dias. Curta a arte da vida!




Fique mais um pouquinho. Leia também...



Livros e vídeos:


Capa da segunda edição de : Essência.

>

Esse livro propõe uma incursão na alma humana, garimpando sentimentos e emoções, revelando-os em versos que retratam o homem moderno em sua incansável procura de si mesmo; seu contexto social, político e cultural em um mundo em transição.


Depois de 14 anos, atendendo a pedidos, estamos republicando Essência. Nessa segunda edição, incluímos o subtítulo: O livro do poema: A pedra. O distraído nela tropeçou... Numa referência ao nosso poema integrante dessa publicação, que, absurdamente, tem aparecido na internet com o nome de autores famosos: Fernando Pessoa, Renato Russo, Chaplin... Ou plagiadores. No endereço: (http://aponarte.com.br/apedra), o amigo leitor encontra todos os esclarecimentos, inclusive algumas das formas de como o plágio tem se apresentado.

Capa da segunda edição da : Coleção
                            Graziela.

>

Aqui, pais e professores encontram uma forma prazerosa e divertida, de abordar temas como: Cidadania, comportamento, respeito ao outro e à natureza... Em sete contos, compondo um jogo de arte e educação, onde lúdica e naturalmente aos pequeninos são apresentados conceitos de: Ecologia, solidariedade, diversidade, coletividade, tempo, responsabilidade, motivação, interatividade, participação...


Textos que parecem se renovar a cada dia, conservando impressionante atualidade e sintonia. Espero que gostem.

Capa de Um dedo de prosa e poesia. A arte da
                vida.

São 125 páginas com 89 títulos em verso e prosa de Literatura Nacional, num livro prefaciado pelo professor, escritor, poeta e trovador Orlando Carvalho. Crônicas, mensagens, poesias... amor, humor, reflexão, arte, cotidiano, atualidades, auto-ajuda, espiritualidade...