Todos, o mesmo mar, a vida - A arte da vida. Apon HP

Bom estar com você aqui no A ARTE DA VIDA. APON HP!


Siga-nos

Dê um toque. Leia um escrito especialmente sorteado para você. Clique na figura abaixo.
Clique aqui, para ler um texto aleatoriamente selecionado pelo sistema.

Todos, o mesmo mar, a vida

Publicado em quarta-feira, 17 de junho de 2020



... navegamos todos nós no mesmo mar, na diversidade de nossas embarcações e, independente de onde estejamos embarcados, temos que infrentar tempestades e calmarias; queiramos ou não, adentrar o alto mar do viver...



Impressão, nascer do sol (do francês: Impression, soleil levant), pintura impressionista de Claude Monet. #PraCegoVer

Vida, o grande mar de todos nós, que se expande para além do horizonte do tempo; dá nos mares de além-mar, nalgum lugar aquém do olhar.

Canoas, jangadas, barcas, barcaças, escunas, saveiros, lanchas, iates, transatlânticos, cargueiros, veleiros, fragatas, rebocadores... Embarcações impulsionadas pelo vento, remos, motores ou pelos braços que não desistem, insistem sobre uma tábua de salvação.

Assim, navegamos todos nós no mesmo mar, na diversidade de nossas embarcações e, independente de onde estejamos embarcados, temos que enfrentar tempestades e calmarias; queiramos ou não, adentrar o alto mar do viver. Na refrega com as incrementes ondas do existir, no açoite dos ventos das adversidades, atirados sobre as pedras dos imprevistos… Vão à pique as naus mais frágeis, desesperam os navegantes menos hábeis e náufragos se multiplicam, reclamando a fraterna solidariedade, que deve e precisa inspirar a quem navega o marzão da vida. Qual um Titanic, muitas vezes, a maior e mais bem equipada fortaleza náutica, é surpreendida pelo destino, acidenta e afunda, não prescindindo de pequeninos botes para salvar seus ricos passageiros.

Ninguém está imune aos dissabores da travessia, nenhuma nave é suficientemente inexpugnável, para imprimir certeza ao seu desiderato. E, só a empatia, em preciosos momentos, consegue verdadeiramente, salvar.

“Navegar é preciso, viver não é preciso”, conforme o infante D. Henrique, no lema da "Escola de Sagres". Imortalizada por Fernando Pessoa; a lendária frase foi de fato, dita pelo general romano, Pompeu: "Navegar neceasse; viver e non est neceasse". “Preciso”, como um Homônimo perfeito: a mesma grafia e o mesmo som, mas, com significados diferentes. Primeiro no sentido de necessidade, depois referindo-se à precisão, exatidão. Portanto, é necessário navegar no mar da vida, enfrentar as tormentas, afrontar as dificuldades, aproveitar o hoje, o instante presente; pois o momento seguinte, o amanhã é impreciso...


Dê uma espiadinha em nossas postagens mais recentes:



8 comentários:

  1. Bom dia, Apon!
    Mais um texto muito interessante! Gostei de ler...Obrigada:)
    -
    Mergulhada nas águas do desejo.

    Beijos e um excelente dia! :)

    ResponderExcluir
  2. A vida já é toda ela um Mar de emoções... em que muitas vezes no "afogamos"
    .
    Um dia feliz
    Cumprimentos poéticos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desafogar, socorrer, salvar, lançar a boia da poesia, o bote da prosa; para acolher os náufragos do existir.

      Um abraço. Tudo de bom.
      A ARTE DA VIDA. APON HP 💗 Textos para sentir e pensar.

      Excluir
  3. Boa noite amigo Antonio,

    Um texto que expressa as subidas, descidas, idas e vindas nesse mar chamado vida onde somos os navegantes vulneráveis as tempestades e que delas não podemos fugir. Obrigada apela partilha .
    Genuínas inspirações e talento, encontramos aqui.

    Abração e boa noite.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viver é navegar e aprender a superar superando-se, consolidando em nosso barco a segurança de quem bem sabe o que quer da vida.

      Um abraço. Tudo de bom.
      A ARTE DA VIDA. APON HP 💗 Textos para sentir e pensar.

      Excluir
  4. Já cá estive e perdi o comentário...

    Devo dizer que quem imortalizou a frase foi o autor, o general Pompeu no sec I AC.
    Fernando Pessoa apenas a citou e deu-a a conhecer, eis as suas palavras:
    «Quero para mim o espírito desta frase...»

    Ótima inspiração por analogia.
    E vamos navegando, ora conduzindo a bom porto, ora ao sabor de ventos tempestuosos...

    Bom fim de semana.
    Tudo pelo melhor.
    Abraço amigo
    ~~~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade, Pessoa popularizou o dito, fez eco com sua poética. Mas, o importante mesmo pé o navegar sempre, avante! Buscando o possível melhor, rumar para um porto seguro.

      Um abraço. Tudo de bom.
      A ARTE DA VIDA. APON HP 💗 Textos para sentir e pensar.

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.




Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Troféu rosa da amizade/Afeto.


Rosa da amizade/Afeto do Poetizando e encantando da Professora Lourdes..



|Siga-nos|Livros|Clima e cotações|Faça uma doação|



Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira Apon. E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Fale conosco.





Follow
View My Stats

DMCA.com Protection Status


@INSTAGRAM