Escola e alforria


Ilustração oficial do blog - Uma rosa vermelha na diagonal, sobe um fractal do por do sol, com o nome Apon em relevo, na parte inferior da imagem. #PraCegoVer

Precisamos de escola,

mas escola de verdade!

Onde não se finja ensinar,

nem se dissimule o aprender.

Sem pacotes de improviso,

invenções, malabarismos...

Nem projetos mirabolantes,

para o destino da verba explicar.

Precisamos de escola,

onde o profissional da educação,

não seja um "sacerdote",

mas jamais esqueça de ser professor.

Onde o ensino seja realidade,

e a metodologia da qualidade,

ensine o aluno a aprender.

Sem estelionato didático,

nem devaneios pedagógicos.

A escola e seu contexto,

contextualizando o saber,

saber sem fronteiras, sem barreiras,

conhecimento a transcender.

Se o "sistema" é perverso,

a escola Não deve jogar o seu jogo,

o deseducar o povo,

para sempre mal votar.

A escola e seu possível,

semeando vontade, aspiração,

sem instrução morre a liberdade,

educar, é alforriar a nação.



Postado aqui em 19 mar. 2010.


Leia mais:
O professor e o ensineiro
Trovas de uma greve de professor
Professor de ponta
Desempregando o plural. Os livro e os peixe
Educação pra que? criar cobra pra me morder?
Educação é a senha
Educação. Viva o professor!


Antonio Pereira Apon.

Siga-nos

Dê uma espiadinha em nossas postagens mais recentes:


Antonio Pereira Apon

Autor do poema: A pedra. O distraído nela tropeçou... Procurando escrever em prosa e verso com a arte da vida.

8 Comentários

Obrigado por sua visita. Agora que terminou a leitura, que tal deixar seu comentário na caixa de comentários abaixo? Sua interação é muito importante. Obrigado.

  1. olá meu amigo! passando só pra dizer que estou de volta...
    Agradeço mt o seu carinho e a sua presnça sempre constante apesar dos meus silêncios...
    mas agora que regressei vou continuar sua fiel seguidora
    beijo amigo

    ResponderExcluir
  2. Estimado, Antonio
    Na verdade, o que falta no Brazil, é seriedade. A dissimulação, é tamanha, que, até as escolas, fingem a ensinar. Tudo errado, elas deveriam ensinar aos alunos ou estudantes, seja lá qual fôr a nomeclatura a: Pensar, imaginar, enfim...
    No mais aproveito para lhe desejar um fim de semana, Harmonioso e agradavel
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É como dizem Zé: O governo finge que paga, a escola finge que ensina, o aluno faz de conta que aprende e nossa educação vai descendo a ribanceira.

      Um abração e bom fim de semana para ti também.

      Excluir
  3. Antonio, se as escolas não fossem tão engessadas em sistemas de ensino pré estabelecidos, e os professores fossem comprometidos a formação do cidadão, teríamos um país diferente.
    Tanta se fala e se prega uma educação melhor, mas ninguém dá o primeiro passo.

    Um abraço, querido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É assim mesmo Paty. Um eterno "empurrar com a barriga", esperar que alguém faça um milagre, que governante vire gente... E a educação, como uma vaca de fartas tetas (nas quais se fartam os politiqueiros), indo pro brejo.

      Um abração e bom fim de semana.

      Excluir
  4. É verdade! Educar é alforriar a nação!
    Mas infelizmente, vai demorar muito! Nosso povo,
    na grande maioria ainda se "vende" por tão pouco!
    A educação não tem "patrocinio", pois faz parte do
    "grande jogo".
    Quando o povo descobrir a "força" que tem...então
    viveremos num lindo país!
    Tenha um lindo fim de semana!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Jossara.

      Por enquanto, o povo segue bem adestrado para jogar o jogo sujo da política do pouco pão e patético circo. Mas um dia aprende que pode e vale muito mais que qualquer "bolsa miséria".

      Lindo fim de semana para ti também. Um abração.

      Excluir
Postagem Anterior Próxima Postagem

Pular para comentários.


Clique na imagem acima para ler uma postagem sorteada especialmente para você.


Clique para ler: A pedra.            Poema de Antonio Pereira Apon.

Clique na imagem do escultor para ler: A pedra. Nosso poema que tem sido plagiado.




Fale conosco.


No Youtube, se ainda não se inscreveu, inscreva-se em nosso canal Apon na arte do viver., clique no sininho para escolher receber nossas notificações, ser avisado(a) dos vídeos novos. E não esqueça de dar seus likes. Conto com você! Obrigado.


Esse e muitos outros vídeos, você também encontra em nosso canal no Dailymotion.