A arte da vida. Apon HP


Obrigado por sua visita. Boa leitura!


Clicando na imagem, você lê uma postagem sorteada pelo sistema.



Pensata. Apon HP - Pense nisso...>

Nossos escritos mais recentes:



quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Máximas (e mínimas) políticas





O bom humor nos ajuda a engolir os sapos e rir das tantas piadas prontas desse país. Só na sátira, no deboche para contrapor as desditas politiqueiras.

Antonio Pereira Apon.


Cavalo de Tróia.

Fidel Castro nos olhos dos cubanos é refresco.


Todo político é honesto. Até que a cueca, a meia, a pasta preta, o panetone... Prove o contrário.


Mensalão, caixa 2, maracutaia, recursos não contabilizados, superfaturamento, licitações fraudadas... São como chifres. Coisas que colocam em sua cabeça.


Político não rouba. Toma empréstimo a fundo perdido.


"Errar é humano". Acreditar em promessa

de político, é jeguice mesmo.

Tem candidato que é como produto pirata. Se engana quem quer.


Tem eleitor que age como corno manso. Acostumou-se a fazer de conta que nada está acontecendo.


Político não mente. O povo é que se acostumou a desconsiderar a realidade.


Para os amigos, tudo. Para os inimigos, CPI.


Conchavo político é como coração de mãe. Tem lugar para todos.


As verbas públicas justificam os meios.


Um político engana muita gente, uma coligação engana muito mais.


Horário eleitoral, parece novela mexicana dublada. Não convence.


Leia também:


Acorda eleitor!

Dia da mentira e dos...

Ditados políticos

Eleição é coisa séria

Educação pra que? criar cobra pra me morder?

Eis a questão

Erro político

Horário polí tico eleitoral

Isso é político




Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

Compartilhe:

0 Comentários::

Postar um comentário

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.